Skip to content

27/08/2016

75338

Top Park 600x300

faahf junho 2016 2

fontana blog

60771

câmara de barreiras

ago_22_buriti_banner_blog_moitinho

 

Leia a Edição 107 de O Expresso

29/08/2016

Print edição 107

Clique aqui para ler a edição na íntegra.

Prefeitura amplia integração do CCO com órgãos de fiscalização e segurança

29/08/2016

 

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação Marçal Tsukamoto durante treinamento com a SUTRANS, GM e Meio Ambiente no CCO

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marçal Tsukamoto, durante treinamento com a SUTRANS, GM e Meio Ambiente no CCO

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação realizou na última quinta e sexta-feira, 25 e 26, ações visando a integração do Centro de Controle e Operações (CCO) com os demais órgãos de fiscalização e segurança.

Na quinta-feira, 25, o trabalho foi realizado com a equipe da Superintendência de Trânsito (SUTRANS) e Guarda Municipal. Na sexta-feira, 26, além da SUTRANS e GM, os fiscais da Secretaria de Meio Ambiente e Economia Solidária (SEMAES) realizaram ações de conscientização. A ação teve por objetivo a fiscalização em locais onde foram flagradas irregularidades de trânsito e ambientais.

Equipe da SUTRANS em tempo real acompanha flagrante em veículo estacionado em local proibido

Equipe da SUTRANS em tempo real acompanha flagrante em veículo estacionado em local proibido

“O objetivo destas ações é utilizar as imagens captadas pelas câmaras de vídeo-monitoramento para realização de ações preventivas, de orientação e fiscalização, de forma contínua, 24 horas por dia, 7 dias da semana”, observou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marçal Tsukamoto, destacando que neste primeiro momento, as ações têm por finalidade a orientação a respeito do vídeo-monitoramento da cidade, seja de veículos estacionados em cima da faixa de segurança, ou de estabelecimentos despejando dejetos na via pública de maneira irregular.

O secretário acrescenta que este trabalho conjunto será estendido para outros órgãos e instituições, como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Polícia Militar, CIPE Cerrado e Policia Civil.

“Importante que a população saiba que as câmeras de vídeo-monitoramento, além de uma ferramenta de prevenção, funcionam como um agente inibidor de infrações e um importante aliado para a segurança pública de nossa cidade” finalizou Tsukamoto.

Abrapa inicia missão compradores para promover o algodão brasileiro

29/08/2016

 

algodao-fazenda-portal-agron

Onze empresas asiáticas visitarão fazendas produtoras e algodoeiras no oeste da Bahia

A Abrapa – Associação Brasileira dos Produtores de Algodão está recebendo a partir de hoje, até o dia 3 de setembro, 11 representantes de empresas asiáticas grandes consumidoras de algodão. O objetivo da visita é promover o algodão brasileiro para o mercado externo, evidenciando suas características de rastreabilidade, qualidade e sustentabilidade. Os visitantes passarão pelos três maiores estados produtores: Mato Grosso, Bahia e Goiás. Na ocasião, os asiáticos visitarão as principais fazendas e algodoeiras responsáveis pela cotonicultura baiana e conhecerão o Centro de Análises de Fibras, localizado em Luis Eduardo Magalhães, nos dias 31 de agosto e 01 de setembro.

Vindos da Bangladesh, China, Coreia do Sul, Índia, Tailândia e Vietnam, as empresas representam um potencial de compra equivalente a mais de 70% de toda a exportação brasileira de algodão em um ano. Já os países representados por esses compradores estão entre os 10 maiores importadores desta commodity do Brasil, e responderam, em 2015, por quase 50% da exportação nacional da fibra. “As missões de compradores ao Brasil têm se mostrado uma excelente estratégia de aproximação e desenvolvimento de negócios. E será especialmente importante nesta safra que tem previsão de superar em 19% o volume de exportação em relação à safra anterior”, afirma João Carlos Jacobsen, presidente da Abrapa. De acordo com o International Cotton Advisory Committee (ICAC), as exportações brasileiras de algodão para a safra 2015/2016 devem totalizar um milhão de toneladas. O Brasil é o terceiro maior país exportador de algodão do mundo, atrás apenas de Estados Unidos e Índia.

A competitividade do algodão brasileiro

A cotonicultura brasileira tornou-se, ao longo dos anos, um modelo de negócio. Produzido em escala empresarial e dentro dos mais altos padrões de tecnologia, utiliza mecanização total do plantio à colheita e adota métodos de ponta em beneficiamento e armazenagem. Realiza análise e classificação de acordo com padrões internacionais e utiliza sistema de identificação e rastreamento de fardos. O Brasil destaca-se como líder mundial na produção de algodão sustentável. Na safra 2015/2016, mais de 70% da produção receberam a certificação do programa Algodão Brasileiro Responsável (ABR) e 67% receberam a licença de comercialização Better Cotton Initiative (BCI), confirmando o País como o maior fornecedor de Better Cotton para o mercado mundial. A missão  compradores é promovida pela Abrapa em parceria com as tradings ECOM, Louis Dreyfus Commodities, Reinhart e Cargil Cotton.

Bahia

Com maior extensão territorial, a Bahia é o mais importante estado algodoeiro da região Nordeste com uma produção de 278.900 toneladas de pluma, exportando mais de 230 mil toneladas no ano passado. Na última safra o Centro de Análise de Fibras da Abapa, que será visitado no dia 01 de setembro, realizou mais 60 mil amostras das safras 2014/2015 e 2015/2016.

Fonte: Ascom Abrapa

Três vítimas, duas fatais, na travessia de Luís Eduardo Magalhães

29/08/2016
Motocicleta pegou fogo após colisão (Foto: Blog do Sigi Vilares)Motocicleta pegou fogo após colisão com carro e outra moto (Foto: Blog do Sigi Vilares)

Um acidente entre duas motocicletas e um carro deixou duas pessoas mortas e um ferido na BR-020, próximo à cidade de Luís Eduardo Magalhães, na noite de domingo (28). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um homem e um adolescente que estavam em uma das motos morreram no local.

Acidente ocorre na noite de domingo (28) (Foto: Blog do Sigi Vilares)Acidente ocorreu na noite de domingo (28)
(Foto: Blog do Sigi Vilares)

O acidente ocorreu por volta das 21h, no km 178. Uma das motocicletas pegou fogo com a colisão.

Segundo a polícia, testemunhas afirmaram que havia uma carreta envolvida no acidente, mas o veículo não foi localizado. Não há informações sobre o motivo da colisão.

Um homem ficou ferido com a colisão, mas a polícia não soube informar se ele era pedestre ou estava a bordo de uma das motocicletas. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Luís Eduardo Magalhães. Com a batida, o carro ficou com a parte da frente destruída, mas o motorista do veículo não teve ferimentos.

Mortos estavam em motocicleta, segundo polícia (Foto: Blog do Sigi Vilares)Mortos estavam em motocicleta, segundo polícia (Foto: Blog do Sigi Vilares), com edição do G1.globo/bahia/.

 

Lotes à venda no Projeto Riacho Grande – Riachão das Neves

29/08/2016

Projeto 1

Projeto 2

Vendem-se 02 lotes com 7,5 hectares cada um, no Perímetro irrigado da CODEVASF – Projeto Riacho Grande – no município de Riachão das Neves, contendo:

        – Casa sede (com 02 quartos, sala, cozinha, banheiro e varanda);
        – Galpão para máquinas.
        – Galpão para defensivos.
        – Conjunto de irrigação por micro-aspersão para 05 ha.
        – Conjunto de irrigação por canhão para 05 ha.
        – Todo cercado com tela pecuária, com três divisões.
        – Pomar ao redor da sede com frutíferas diversas.
        – Sem Dívidas.

        PREÇO: R$ 250.000,00 cada.

Tratar pelo fone: 077 99971-3150.

Definidos os campeões do futsal em Luís Eduardo Magalhães

29/08/2016


A Udinese, grande campeã da categoria adulto, recebendo o trófeu das mãos do prefeito e da secretária Leni Rosales


Terra Agrícola, campeã da categoria feminino do Campeonato Municipal de Futsal

Três jogos definiram os campeões do Campeonato Municipal de Futsal 2016 de Luís Eduardo Magalhães, na tarde do último sábado, 27, no Ginásio Dioclécio Severino Ramos. Na decisão da categoria Sub-20 a equipe da Juventus derrotou Rabisk pelo placar de 3 a 0. No feminino, Terra Agrícola venceu Real Santa Cruz por 2 a 0 e na decisão adulto, após empate por 5 a 5 no tempo regulamentar, a Udinese venceu Maclarem na decisão por pênaltis por 2 a 0. O prefeito Humberto Santa Cruz e a secretária da Juventude, Esporte e Lazer, Leni Rosales Pelissari, participaram da entrega da premiação para os vencedores.

Fonte:ASCOM, Prefeitura de LEM

Dilma: “cassar meu mandato é como me submeter a uma pena de morte política”

29/08/2016
Karine Melo e Carolina Gonçalves – Repórteres da Agência Brasil
Brasília - A presidenta afastada Dilma Rousseff faz sua defesa diante dos Senadores durante sessão de julgamento do impeachment. ( Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Dilma Rousseff disse, no Senado, que jamais renunciaria “porque tenho compromisso inarredável com o Estado de Direito”  Marcelo Camargo/Agência Brasil

Emocionando-se por mais de uma vez durante o discurso diante de senadores na sessão de julgamento do processo de impeachment, a presidente afastada Dilma Rousseff afirmou hoje (29) que jamais renunciaria ao mandato, mesmo sob a forte pressão feita por seus adversários políticos.

“Jamais o faria porque tenho compromisso inarredável com o Estado de Direito. Confesso que a traição e as agressões verbais me assombraram e, em alguns momentos, muito me magoaram, mas sempre foram superadas pela solidariedade de milhões de brasileiros pelas ruas”, afirmou.

Dilma falou por mais de 40 minutos na abertura do quarto dia de julgamento e exaltou a força recebida das mulheres. “Nosso povo esbanjou criatividade e disposição para a luta contra o golpe. As mulheres me cobriram de flores e me protegeram com solidariedade”, disse.

agencia Senado Federal

Foto Edilson Rodrigues/Agência Senado

A petista afirmou que respeitará qualquer posicionamento, agradeceu o esforço de seus aliados no Senado e direcionou um apelo aos indecisos. “Cassar meu mandato é como me submeter a uma pena de morte política”, afirmou, lembrando que, por mais de uma vez, encarou de frente a morte, como no período em que enfrentou um câncer. “Hoje, eu só temo a morte da democracia pela qual muitos de nós aqui lutamos. Não nutro rancor pelos que votarão pela minha destituição”, afirmou.

Ao final da fala da petista, apesar dos apelos do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, Dilma foi bastante aplaudida por seus apoiadores que acompanham a sessão nas galerias dentro do plenário do Senado. Foi necessário suspender o julgamento por alguns minutos para que a ordem fosse restabelecida.

Acusações

Em seu pronunciamento, Dilma afirmou que os decretos [de créditos suplementares] na área econômica não afetaram a meta fiscal, foram editados de acordo com as regras e “apenas ofereceram alternativas para uso de recursos”. Segundo ela, diferentemente do que adversários políticos afirmam ao atribuir aos decretos os atuais problemas fiscais do país, eles ignoram a forte queda de receita e contingenciamento de recursos feito em 2015, “o maior contingenciamento da nossa história”.

Dilma repetiu argumentos defendidos em seu nome ao longo do processo, afirmando que a orientação dada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) sobre a edição dos decretos de crédito suplementar foi alterada em outubro de 2015, meses depois de serem publicados.

“Os decretos foram editados em julho e agosto de 2015 e somente em outubro o TCU aprovou nova interpretação. Querem me condenar a assinar decretos que atendiam demandas da população e do próprio Judiciário? Decretos que somados não implicaram em nenhum centavo de gasto a mais que comprometeria a meta fiscal”, afirmou.

Golpe

Na parte final do discurso, Dilma Rousseff fez um apelo ao senadores. “Não aceitem um golpe que, em vez de solucionar, agravará a crise brasileira”, disse.

“Peço que façam justiça a uma presidenta honesta, que jamais cometeu qualquer ato ilegal. Votem, sem ressentimento, o que cada senador sente por mim e o que nós sentimos uns pelos outros importa menos neste momento do que aquilo que todos nós sentimos pelo país e pelo povo brasileiro”, afirmou. “Peço que votem contra o impeachment e pela democracia”, concluiu.

Ao rebater as acusações sobre atrasos no repasse de recursos aos bancos públicos responsáveis pelo pagamento de benefícios de programas sociais como o Plano Safra, Dilma afirmou que a lei atribui ao Ministério da Fazenda a competência sobre esta política. Segundo ela, novamente o TCU expediu uma orientação posterior a seu ato.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 173 outros seguidores