Skip to content

20/11/2017

pablo barrozo

06_nov_Buriti_Post_Blog01_moitinho

07_nov_Buriti_POst_Blog03_moitinho

mar 1.jpeg

mar 2

mar 3

mar

Requião avisa a Shell: a negociata com Michel Temer vai cair.

20/11/2017

 

“Negociar com o petróleo brasileiro é melhor do que vender cocaína!”

Presos tomam armas dos guardas e fogem no Mato Grosso

20/11/2017

No Mato Grosso, 34 presos fazem um “cavalo doido” em cima de agentes prisionais, tomando suas armas e aprisionando-os em suas próprias celas.

 

 

Atenção: estão preparando o golpe parlamentarista como evolução do Golpe de 2016

20/11/2017

Em nota conjunta, os presidentes de quatro partidos – Carlos Lupi, do PDT; Carlos Siqueira, do PSB; Gleisi Hoffmann, do PT; e Luciana Santos, do PCdoB – protestam contra a mais recente manobra para aprofundar o golpe de 2016, que é a colocação em pauta, pelo ministro Alexandre de Moraes, de uma discussão sobre uma eventual emenda parlamentarista no Supremo Tribunal Federal.

Enquanto isso, no país da piada pronta, Doria recebe o troféu “Raça Negra”

20/11/2017

O rei do casuísmo, grande fabricante de bolinhas de sabão, João Dólar, o Menino Malufinho, recebeu hoje o troféu “Raça Negra” da própria Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura a qual comanda.

O troféu foi dado certamente em reconhecimento a grandes serviços prestados na área de direitos humanos, como mandar água gelada em mendigos; criar uma ração de restos de alimentos para os pobres; derrubar casas no centro velho de São Paulo com pessoas dentro e jogar gás lacrimogênio nos doentes da cracolândia; além, claro, de extinguir a Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial  e criar dificuldades para a realização da passeata do Dia da Consciência Negra.

Viva o Brasil sem nenhuma compostura. Essa direitinha namastê me mata de vergonha.

A marcha da Consciência Negra acabou saindo sem autorização da CET – Companhia de Engenharia e Tráfego da Prefeitura de São Paulo.

Está difícil de Geddel passar o final do ano em casa

20/11/2017

A Procuradoria-Geral da República (PGR) atribui ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) “sucessividade de práticas delituosas, todas muito atuais e contrárias ao êxito da persecução criminal”, ao se manifestar pela manutenção da prisão do peemedebista.

Subscrita pelo vice-procurador-geral da República, Luciano Mariz Maia, a peça encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF) rebate argumentos da defesa do baiano, preso desde o último dia 5 de setembro, após a apreensão de R$ 51 milhões atribuídos a ele em um apartamento no bairro da Graça, em Salvador.

Segundo o Ministério Público Federal, a manutenção de Geddel na Papuda é “é necessária para preservar a ordem pública e assegurar o cumprimento da lei penal”.

O vice-procurador aponta “a existência de provas segundo as quais, o ex-ministro manteve práticas delitivas até o dia 27 de outubro”.

Em solenidade, o 10º BEIC faz a queima de bandeiras inservíveis

20/11/2017

Neste domingo (19), Dia da Bandeira, o 10º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação – 10º BEIC, realizou na sede da corporação, a tradicional cerimônia de incineração das bandeiras inservíveis conduzida pelo comandante do Batalhão, Ten. Cel. Camilo Uzêda. A chefe de gabinete da Prefeitura de Barreiras, Marileide Carvalho participou da solenidade representando o prefeito Zito Barbosa.

Na ocasião as bandeiras desgastadas foram depositadas em uma pira de metal e queimadas, sendo uma nova hasteada com a execução do Hino Nacional Brasileiro. 
A cerimônia que é prevista em lei, determina que a Bandeira Nacional seja incinerada, pois não pode ser armazenada, mas sim substituída a cada ano.

História – A atual bandeira nacional é a segunda republicana e o terceiro estandarte oficial do Brasil desde sua Independência. Desenhada por Décio Vilares, suas cores representam as belezas e riquezas do país. Popularmente, o verde representa as florestas; o amarelo, o ouro presente, na época, principalmente em Minas Gerais e o azul, céu, rio e mares.

As estrelas representam cada um dos estados, além do Distrito Federal. Acima da faixa, com as letras “Ordem e Progresso”, está apenas a estrela do Pará, conhecida como Spica – Alfa da Virgem. Além dela, estão representadas as constelações do Cruzeiro do Sul, representado estados como São Paulo e Rio de Janeiro, o Escorpião, com Paraíba, Sergipe e outros.  A Bahia é representada pela Gama do Cruzeiro do Sul.

O Ministério Público não deve ficar à margem dos graves problemas ambientais de LEM

20/11/2017

Luís Eduardo Magalhães, assentada sobre o grande aquífero Urucuia, tem responsabilidade dobrada pela manutenção da sanidade do grande lago subterrâneo.

A Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães está realizando uma audiência pública para falar de aterro sanitário, abastecimento d’água, esgotamento sanitário, captação de águas pluviais e, principalmente, da instalação do aterro sanitário em substituição ao vergonhoso lixão, hoje em área urbana da cidade.

O Município tem fornecimento d’água com falhas grosseiras, a área com esgotamento sanitário é pequena e a grande maioria está nos novos loteamentos. A captação de macro e micro drenagem pluvial é inexistente. E o lixão é um problema que, conforme promessas de campanha eleitoral, seria resolvido em 6 meses.

Audiências públicas são apenas meio de “empurrar com a barriga” os sérios problemas ambientais da cidade. Os procuradores de Justiça do Meio Ambiente precisam comprometer, através de termos de ajuste de conduta, denunciar e manifestar-se pela responsabilização dos gestores públicos, através da instauração de processo investigativo. É obrigação inalienável do Parquet, o chamado Quarto Poder.

As sucessivas interrupções no fornecimento de água, a transferência da responsabilidade de reservação ao consumidor, a cobrança de tarifas absurdas por entrada de ar nas tubulações vazias são assuntos sérios e fazem parte do direito difuso da população.