Skip to content

23/02/2018

920x180 O EXPRESSO (2)

 

 

 

biruta 23 1

biruta 23 2

maraba 23 3


 

 

 

 

 

 

 

Aneel mantém bandeira tarifária verde para as contas de luz em março

23/02/2018

Da Agência Brasil

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou hoje (23) que a bandeira tarifária de março continuará na cor verde, o que significa que não haverá cobrança extra nas contas de luz. Com isso, nos três primeiros meses do ano, não terá havido cobrança adicional nas contas de energia.

Em janeiro, a bandeira já havia ficado na cor verde. Em fevereiro a Aneel decidiu manter a tarifa no mesmo patamar. A manutenção dela em março significa que a situação nos reservatórios das hidrelétricas continua a melhorar, devido à volta das chuvas.

Nos últimos meses de 2017, por causa do baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas, houve cobrança extra nas contas de luz via bandeira tarifária. Isso ocorre para arrecadar recursos necessários para cobrir custos extras com a produção de energia mais cara, gerada por termelétricas.

Em outubro e novembro vigorou a bandeira vermelha no patamar 2, a mais alta prevista pela agência. Em outubro, o acréscimo foi de R$ 3,50 a cada 100 kWh consumidos no mês. Em novembro, como a Aneel antecipou a revisão dos valores que seriam aplicados a partir de janeiro de 2018, o valor adicional passou para R$ 5,00 a cada 100 kWh.

Já em dezembro, em razão do início do período chuvoso, a agência reguladora determinou a cobrança da bandeira vermelha, mas no patamar 1, com cobrança extra de R$ 3,00 a cada 100 kWh.

Reservatório de Sobradinho deve ultrapassar 20% da capacidade até segunda-feira

23/02/2018

O reservatório de Sobradinho, no rio São Francisco, alcançou, no dia de ontem, 19,25%, o que indica que na leitura da próxima segunda-feira poderá ter ultrapassado a emblemática taxa de 20% da capacidade.

O lago da Hidrelétrica de Sobradinho é importante na regulação da água disponível para as duas transposições do São Francisco, pelo fornecimento de água para mais de uma centena de municípios e para a pequena irrigação, que só em Petrolina e Juazeiro alcançam 120 mil hectares.

A vazão controlada da hidrelétrica é responsável pelo acumulo do reservatório depois de quase 90 dias de chuvas. Espera-se que o reservatório ultrapasse a cota de 30%, obtida depois do final das chuvas de 2017, que resultou, no final da seca, em novembro, em apenas 2% restantes no fundo da barragem.

Nota de repúdio aos gestores da Educação em Luís Eduardo Magalhães

23/02/2018

O SINPROLEM- Sindicato dos Professores de Luís Eduardo Magalhães posiciona-se contrário a forma pela qual a Gestão Municipal esta realizando as demissões dos Professores que fizeram O Processo Seletivo 09/2017. Durante todo o ano de 2017 essa diretoria tentou de todas as formas o diálogo com o Gestor Municipal, buscando entender como seria a realizado o aditivo da contratação desses professores, visto que o edital da Seletiva deixa claro que a vigência da seletiva é de 02 (dois anos) podendo ser prorrogado para mais 02 (dois) anos, mas mesmo com essa determinação em edital, os contratos foram feitos com apenas 01 ano de validade, mesmo com esse diálogo em reunião realizada no dia 31 de janeiro de 2018 com o Prefeito Oziel Oliveira, até essa data não tinha uma resposta concreta a respeito do assunto, após essa reunião procuramos diversas vezes o Secretário Municipal de Educação, que assim como o prefeito, não tinha resposta para esse questionamento.

Ontem dia 22 de fevereiro, os professores, assim como essa Diretoria foram pegos de surpresa com a publicação de dois Editais de “Convocação” com uma lista de 32 professores que tiveram os seus contratos encerrados sem nenhuma justificativa, e com a desculpa de termino da vigência de seus contratos, sendo que a seletiva têm prazo de 02 anos, professores esses que estavam em sala de aula nas escolas e creches municipais no exercício pleno de suas obrigações enquanto educadores tiveram que abandonar suas turmas para se apresentar nos Recursos Humanos da Prefeitura, causando desordem e desespero nas escolas, já que não houve uma organização prévia por meio da Secretaria de Educação para substituição dos mesmos.

Assim, após análise dos Editais de “Convocação”, esse Sindicato repudia veementes os critérios que estão sendo utilizados para escolha dos professores desligados, sem obedecer à ordem classificatória da Seletiva, e reafirma o seu compromisso em relação à defesa da Classe, e tomará as providencias cabíveis para que os Professores e a Educação de Luis Eduardo Magalhães não seja prejudicada, por ações que minimizam a qualidade da educação.

DIRETORIA EXECUTIVA

Luis Eduardo Magalhães, 23 de fevereiro de 2018

Polícia Civil de Goiás conclui laudo sobre acidente com Expresso Guanabara na BR-020

23/02/2018

Do Correio Braziliense

Os peritos da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) concluíram o laudo sobre a colisão na BR-020, em 15 de fevereiro. O documento confirma que o ônibus invadiu a faixa contrária e causou a batida. Agora, os investigadores vão escutar o motorista da carreta Volvo Scania atingida no acidente, Edson Guedes Besssa, 43 anos, para concluir o inquérito.

O delegado responsável pelo caso, Jandson Bernardo da Silva, da 2ª Delegacia Distrital de Formosa, acrescenta que o exame toxicológico do condutor do ônibus, Edson Lopes Lima, 47 anos, que morreu no acidente, deverá ficar pronto nos próximos dias. “O laudo ficou pronto nesta quinta-feira (22/2), mas essa análise é feita em Goiânia e ainda está pendente”, reforça.

 

A perícia apontou que a carreta que tombou seguia a 90 km/h, na via onde a velocidade permitida é 80 km/h. No entanto, o delegado pondera que essa não foi a causa determinante do acidente. “Mesmo que haja excesso de velocidade, isso não vai caracterizar uma questão penal. O que define isso é quem causou o acidente”, explica. Jandson afirma que não foi possível realizar a análise do tacógrafo do ônibus, que poderia indicar a velocidade que trafegava no momento do acidente, porque estava com excesso de danos.

Leia mais sobre o assunto no link de abertura da matéria. 

Motociclista ultrapassa na BR 242 e bate de frente com carro

23/02/2018

Foto de Jadiel Luiz, para Sigi Vilares e G1.

Um motociclista morreu na manhã desta sexta-feira (23), após bater de frente com um carro, na BR-242, entre as cidades de Luís Eduardo Magalhães e Barreiras, no oeste da Bahia.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 7h30, no momento em que a vítima tentava fazer uma ultrapassagem, no KM-858 da rodovia.

Após a batida, a motocicleta pegou fogo e foi carbonizada. Já o carro, ficou com a parte da frente destruída. Os veículos ficaram no acostamento da rodovia.

Conforme a PRF, o condutor do carro não sofreu ferimentos. O homem foi encaminhado para a Delegacia de Barreiras, onde prestou depoimento. Em seguida, ele foi liberado. O corpo do motociclista foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Barreiras.

Caminhão tomba e sangue de gado escorre pelo Rio Vermelho, em Goiás

23/02/2018

Do Correio Braziliense

Um acidente em uma rodovia de Goiás, na manhã desta sexta-feira (23/2), deixou as águas do Rio Vermelho, na Cidade de Goiás, repletas de uma espuma espessa e grande volume de sangue. O caso assustou os moradores da antiga capital goiana. Segundo o Corpo de Bombeiros do estado, o caso ocorreu após um caminhão que levava sangue de gado tombar na região.

Segundo a corporação, o veículo seguia pela GO-070, por volta das 4h, quando o motorista perdeu o controle da direção, saiu da pista, e o caminhão caiu em uma ribanceira. Com o veículo tombado, a carga de sangue escorreu pelo leito do rio. O motorista teve ferimentos leves e foi levado consciente a um hospital do município, apenas com uma fratura na perna.

O sangue de boi é usado para fabricar a ração de outros animais. Ainda não há informações da quantidade de sangue que o motorista transportada. A Secretaria de Meio Ambiente da Cidade de Goiás foi acionada e deve trabalhar na descontaminação do rio junto aos bombeiros nesta tarde.

 

Roubalheira: apesar dos preços altíssimos, 40% dos postos são flagrados com gasolina adulterada

23/02/2018

Gasolina batizada com 74% de álcool.

O sindicato que representa mais de 7 mil postos de combustíveis no estado de São Paulo diz que 40% dos estabelecimentos vendem gasolina fora dos padrões, com etanol a mais que o permitido ou com solvente. Em alguns postos, foi constatado em teste que a gasolina tinha 74% de etanol e solvente. Em outros, veio menos gasolina no tanque do que foi registrado na bomba.

O portal G1 visitou 21 postos nas 4 regiões da cidade entre os dias 5 e 19 para coletar gasolina e fazer testes. Mais da metade das amostras estavam com mais de 50% de etanol. O permitido é, no máximo, de 27%.

Em um dos testes em um posto da Avenida M’Boi Mirim, a amostra deu 64% de etanol. A concentração da composição química indicou que o produto não era gasolina, mas um solvente com mistura de etanol, segundo constatou o técnico em química do Sincopetro, José Reis Alves.

Em outro teste, a gasolina testada tinha 74% de etanol além de uma substância similar a solvente. “Não tem cheiro nem cor de gasolina”, constatou o técnico.