Pular para o conteúdo

12/06/2021

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é g7-net.jpg

uniasselvi

Aprochama envia nota à imprensa sobre o assassinato ocorrido ontem.

12/06/2021

CNJ intima Tribunal de Justiça da Bahia para anular portaria sobre terras  da Coaceral – Mais Oeste

A Associação dos Produtores Rurais da Chapada das Mangabeiras (Aprochama) vem a público denunciar, mais uma vez, o grave clima de violência instaurado na região Oeste da Bahia. A triste situação foi evidenciada esta semana pelo brutal assassinato, em Barreiras, do agricultor Paulo Antônio Ribas Grendene.

No fim do ano passado, ele havia denunciado às autoridades, segundo relatos na imprensa, que suas terras estariam sendo invadidas por pessoas ligadas à organização criminosa investigada pela Operação Faroeste.

A Aprochama vem alertando constantemente as autoridades sobre a crescente tensão na região. Agricultores, que ajudaram a transformar o Oeste em uma das áreas mais prósperas do país, são constantemente ameaçados por bandos armados a abandonar suas terras.

A Aprochama já levou denúncia formal ao Ministério Público sobre esse tipo de situação. Na próxima semana, o assassinato de Paulo Antônio Ribas Grendene será levado ao conhecimento do ministro Og Fernandes, relator no Superior Tribunal de Justiça da ação criminal relativa à Operação Faroeste.

A instabilidade é agravada pelo fato de que, até hoje, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) não concedeu formalmente a posse das terras aos agricultores – mesmo já tendo se passado quase dois anos desde que a Operação Faroeste revelou as gravíssimas fraudes e extorsões praticadas por grupos interessados em tomar ilegalmente essas propriedades. Pedidos da Aprochama ao TJBA para garantir a posse de uma vez por todas não têm sido considerados.

Como consequência, permanece um grave clima de instabilidade e insegurança jurídica na região. Esse cenário atrapalha a produção, prejudica os investimentos e afeta psicologicamente agricultores e familiares, que vivem sob o risco de uma tragédia iminente.

Pedimos à Justiça que, além de apurar rigorosamente o crime cometido contra o senhor Paulo Antônio Ribas Grendene, pacifique de uma vez por todas nossa região, assegurando aos agricultores a posse de suas terras de forma definitiva.

Associação dos Produtores Rurais da Chapada das Mangabeiras (Aprochama)

Prefeito sanciona Lei do vereador Nei Vilares, que reconhece serviços da educação como essenciais

12/06/2021

O prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Junior Marabá sancionou nesta quinta-feira (10), a Lei nº 953 de 2021, de autoria do vereador Nei Vilares, que reconhece os serviços e as atividades da educação como essenciais, por meio da oferta de aulas presenciais, inclusive aquelas de formação continuada. Um ponto importante da lei, é que condiciona a essencialidade dos serviços educacionais, ao contexto da pandemia da COVID-19.

“Colocamos no papel uma atividade que nós consideramos essencial há muito tempo, apenas oficializamos através da lei”, disse o vereador Nei Vilares.

Vale ressaltar que mesmo antes da aprovação da Lei nº 953 de 2021, o prefeito Junior Marabá já havia publicado, no dia 08 de junho, o Decreto nº 397/2021 onde afirmava que “as unidades particulares de educação infantil, creches, pré-escolas e ensino fundamental I, estabelecidas no Município de Luís Eduardo Magalhães/BA, poderão manter as atividades de forma presencial, devendo atender os protocolos de medidas sanitárias”, assim como “os cursos técnicos, cursos profissionalizantes e cursos de idiomas estabelecidos no Município de Luís Eduardo Magalhães/BA poderão retomar suas atividades, respeitando-se os protocolos de medidas sanitárias”.

Escolas públicas

A rede pública de ensino já deverá encontrar maiores dificuldades em seu funcionamento, pois conta com cerca de 20 mil alunos e que enfrenta obstáculos desde o transporte, onde se aglomera cerca de 30 alunos por ônibus, até na logística de distribuição da merenda.

O município, em concordância com o Conselho Municipal de Educação, deverá estabelecer restrições, com as normas sanitárias e os protocolos a serem seguidos, inclusive quanto à ocupação máxima dos estabelecimentos.

De acordo com a lei, as instituições de ensino, deverão ofertar a possibilidade de educação à distância, cabendo aos pais ou responsável, fazer a opção pela modalidade que melhor entenderem, sem qualquer prejuízo pedagógico ao aluno.

Caberá ao poder executivo municipal, identificar os professores, alunos e demais servidores que pertençam aos grupos de risco, que estarão dispensados do comparecimento presencial nas unidades de educação, até que estejam vacinados, permanecendo com as atividades de forma remota.

Escolas Particulares
As Instituições de Ensino da rede privada deverão de pronto manter suas atividades presenciais, com a possibilidade de educação à distância.

Caberá às diretorias das escolas da rede privada de ensino, por meio de seu departamento de recursos humanos, identificar os professores, alunos e demais servidores que pertençam aos grupos de risco, que estarão dispensados do comparecimento presencial nas unidades de educação, até que estejam vacinados, permanecendo com as atividades de forma remota.

A mitologia grega e a mitologia moderna

12/06/2021

Minotauro - Origem da lenda e a história da criatura mitológica

Minotauro é um dos personagens mais conhecidos da mitologia grega. Segundo o mito, o Minotauro era um ser com cabeça e cauda de touro e corpo de homem que habitou um labirinto na ilha de Creta. O Minotauro teria nascido quando seu pai, futuro rei de Creta, fez um pedido ao deus dos mares, Poseidon.

Existem muitas estórias mitológicas sobre o interesse do trono cretense após a morte do rei Astério. Todavia, foi nesse contexto mitológico que o nasceu o Minotauro. Então, Minos intercedeu ao deus do oceano, Poseidon, para que tirasse dos seus caminhos todo empecilho e o tornasse rei de Creta.

Entre os mitos modernos, as feras das cavernas de Minos continuam com corpo de homem, cascos de satãs e as cabeças ornadas por perigosos chifres.

Marco Maciel, ex-vice presidente do Brasil, morre aos 80 anos.

12/06/2021

O velório de Maciel será no dia 15 de junho, às 17h, no cemitério Campo da Esperança, na capital federal.

 (crédito: Geraldo Magela/Senado )

(crédito: Geraldo Magela/Senado )

O ex-vice presidente do Brasil, Marco Maciel, morreu aos 80 anos, na madrugada desta sábado (12/6), em um hospital em Basília. A morte foi em decorrência do mal de Alzheimer, doença que o acometia desde 2014. O pernambucano deixa esposa e três filhos.

Ele também recebeu diagnóstico positivo para a covid-19 em março deste ano.

Marco foi vice de Fernando Henrique Cardoso por dois mandatos e assumiu diversos cargos públicos em sua trajetória política, deputado estadual (1967-1971) e federal (1971-1979) por Pernambuco, presidente da Câmara dos deputados (1977-1979), governador de Pernambuco (1979-1982), ministro da educação (1985-1986) e da casa civil (1986-1987), senador (2003-2011) e finalmente vice presidente da república (1995-2003).

Do Correio Braziliense

Combustíveis explodem preços, aqui no Oeste e ao longo do litoral brasileiro

12/06/2021

gasolina - preço - etanol - diesel - gnv - gnc - biogás - combustível - consumidor - motorista - taxista

Preço do etanol e gasolina continuam disparando, GNV bate recorde e atinge R$ 5 nos postos de combustível do litoral e motoristas de aplicativo, taxistas e trabalhadores entram em desespero. A saída econômica para o consumidor será o uso, em futuro próximo, do GNC, gás metano, obtido a partir da fermentação de material orgânico. Suinocultura e bovinocultura intensivas, aterros sanitários e usinas de fermentação de resíduos industriais orgânicos serão aproveitadas na transição entre o carro movido a petróleo e o movido a eletricidade e célula de hidrogênio.

Pesquisa realizada entre os dias 30 de maio e 5 de junho, pela a Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), mostram que o preço dos combustíveis voltou a sofrer alta no Brasil e o consumidor não tem para onde correr.

O preço da gasolina comum bateu R$5,89 (R$5,80 em Luís Eduardo Magalhães)e a aditivada chegou a R$6,29. Já o preço do etanol tem alta expressiva na usina e paridade com a gasolina passou dos 70%, sem contar o GNV, o combustível amplamente usado por motoristas de aplicativos e de táxi superou a marca de R$ 5,00 por metro cúbico, um recorde!

Para se ter uma ideia, sem frete, sem ICMS e sem PIS/Cofins, o preço litro do etanol hidratado fechou a semana em R$ 2,9983 nas usinas e destilarias paulistas, um expressivo disparate de 4,17%.

O biocombustível mais vendido no Brasil perdeu a competitividade, sob a paridade com o preço da gasolina passando dos 70%, a depender do ritmo de repasse das distribuidoras aos postos, além dos 2,14% que variou a majoração nas bases de Paulínia também nesta semana.

A cada dia que passa, aumenta o preço da gasolina, etanol e diesel,e, com isso, os brasileiros que trabalham com transporte de passageiros, como taxistas e motoristas de aplicativos, que recorriam ao Gás Natural Veicular (GNV), estão migrando para o combustível GNC, uma vez que o GNV também está começando a pesar no bolso. O biogás (GNC) pode ser usado sem problemas nos veículos que têm kit-gás.

Gás gerado a partir do lixo vira energia no Rio Grande do Sul | GZH

Usina de Gás Metano em São Paulo

A Petrobras fez um novo reajuste no preço do GNV, aumentando 39% para as distribuidoras. Segundo o levantamento feito pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), na última semana de maio, o preço do gás veicular ao consumidor final, já chegava a R$ 5,00 em alguns pontos da cidade do Rio de Janeiro. Diante disso, apesar de não se uma solução nova, o biogás tem se popularizado por render mais e ser mais barato.

De acordo com Jorge Mathuiy, diretor comercial da indústria de cilindros MAT, o GNV (gás metano) pode ser retirado de fontes associadas ao petróleo, por exemplo, o biogás tem características similares, mas é extraído de matérias orgânicas — aterros sanitários, compostagens e bagaços de cana de açúcar, entre outros. Por isso, é conhecido também como gás verde.

Atualmente, apenas dez postos de combustível no Rio de Janeiro oferecem o GNC, mas, de acordo com Mathuiy, até o fim do ano, esse número deve aumentar bastante, já que o biometano tem um custo de aquisição mais barato e é completamente seguro.

A grande vantagem do uso do GNC é que, além da maior autonomia, o combustível oferece maior segurança, por ser mais leve do que o ar, em caso de vazamento, o que faz com que o gás se dissipe rapidamente, o que reduz o risco de explosões e incêndios. Enquanto o álcool se inflama a 200ºC, e a gasolina a 300ºC, para que o biogás se inflame, é preciso que seja submetido a uma temperatura superior a 620ºC.

#useMascara Não seja trouxa e não ouça quem tem compromisso com a morte.

12/06/2021

 

Ofertas para o Dia dos Namorados nos Supermercados Marabá

12/06/2021




 

Fazendeiro é morto a tiros no bairro Bandeirantes, em Barreiras.

11/06/2021

No início da noite desta sexta-feira, 11, por volta das 18h, um fazendeiro foi morto a tiros, na Rua João Pereira de Souza, no bairro Bandeirantes, em Barreiras.

Segundo informações, dois indivíduos encapuzados efetuaram vários tiros na direção de Paulo Antônio Ribas Grendene, de 62 anos, natural de Nova Londrina-PR, que estava no interior de um veículo Renault Sandero fazendo uma visita no bairro, já que ele morava no bairro Morada Nobre. O empresário morreu no local.

Nas proximidades existem câmeras de segurança que poderão ajudar a polícia a elucidar o crime.

A vítima tinha negócios em terras na Coaceral, era produtor rural no município de Formosa do Rio Preto e mantinha posse sobre terras que eram disputadas com pessoas envolvidas na Operação Faroeste.

Esta reportagem do portal Política Livre poderá explicar a morte de Paulo Antonio. 

Madame Almerinda rides again! Meio deprimida, mas cheia de coceirinhas.

11/06/2021

Madame Almerinda é caso suspeito do Coronga Vírus? | Jornal O Expresso

Muitos dos meus 16 eleitores – cabem todos numa kombi – me perguntam sobre Madame Almerinda. Fico sem resposta. Depois da campanha de Oziel à reeleição, onde a cafetina dos espíritos exerceu papel preponderante, nunca mais vi, nem falei.

Hoje resolvi telefonar. Atendeu, falando baixinho, quase sussurrando, com aquele seu tom roufenho de quem entregou a alma a Jesus e os pulmões à Souza Cruz.

-Meu prezado periodista. Que prazer em ouvi-lo. Há quanto tempo?

-Gostaria de saber como está passando, minha prezada. Preciso de uma consulta, quero trazer de volta um velho amor, uma loira de fechar o comércio, mas espero que volte, em três dias conforme o prometido, sem Covid e sem SIDA.

-Difícil, meu caro! Apesar da conexão super rápida da G7Net, minha bola de cristal está com problemas de imagem. Desde que Oziel perdeu com aquela diferença e o “Nosso Presidento” se afundou nas pesquisas, perdi minha conexão com o Além. A Lua entra em Câncer, se une a Vênus e recebe um ótimo aspecto de Júpiter em Peixes indicando um dia de boas novidades em seus amores, meu prezado newspaperman. É o que estou vendo aqui no seu horóscopo.

-Que bom ouvi-la. Mas quero deixar claro que a Senhora tem dedo podre pra política, viu? Primeiro apoia o genocida. Depois apoia o Oziel. Vixe! Pelo amor da Nossa Senhora da Bicicletinha do Pneu Murcho! A Senhora é um atraso de vida para qualquer político. Me diga: o que está achando da gestão do Juninho Marabá?

-Não conheço o Julinho. Será que você poderia me apresentar a ele. Estou precisando de uma ajuda pra reformar o terreiro aqui em casa. E de uma verbinha especial para adquirir um plantel de galo preto. Com essa crise vou ter que voltar aos tempos da encruzilhada. 

-Rapaz! Não sei não. Juninho é duro com a tal de grana. E tem um tio, Divino Gustavin, que é um canguinha de marca e sinal. Desses mão fechada mesmo. Que atravessa o rio São Francisco, a nado, com um sonrisal na mão e o comprimido não ferve. E a vacina, já tomou, minha tia?

-Tomei. Aquela AstraZeneca. O Presidento diz que as pessoas viram Jacaré com ela. Mas fora umas carepas na bunda não me deu nada. 

-Carepas?

-Isso, carepas cocentas.

-Não esquenta, Madame. Essas coceiras no setor de diversões públicas tem outro motivo. É a tal de abstinência da pandemia. Tenha uma boa noite, caríssima.

-Que Deus te abençoe, periodista!

Presidente entra em avião de passageiros pra confraternizar e é vaiado.

11/06/2021

Em um novo vídeo que circula nas redes sociais, passageiros do voo da Azul Linhas Aéreas “visitado” por Jair Bolsonaro, na manhã desta sexta-feira, 11, hostilizam, fazem gestos obscenos e gritam “fora, Bolsonaro” e “genocida” ao presidente da República.

Diferentemente do divulgado por canais e apoiadores do presidente, gravado da parte posterior, o vídeo de pouco mais de 40 segundos com os ataques ao chefe do Executivo é capturado por um celular de um passageiro não identificado a partir da metade da aeronave.

Ao entrar no avião, Bolsonaro fez fotos com tripulantes e passageiros. “Vocês estão bem hoje, hein? Quem fala ‘fora, Bolsonaro’ devia estar viajando de jegue, não de avião. É o ou não é? Para ser solidário ao candidato deles”, afirmou o presidente, após retirar a máscara que utilizou no restante do tempo dentro da aeronave.

Procurada por meio da assessoria, a Azul Linhas Aéreas ainda não se manifestou.

Bahia Farm Show Experience, quinta, dia 17, às 19h30m.

11/06/2021

A contagem regressiva começou! Na próxima quinta-feira, dia 17, a Bahia Farm Show Experience reunirá especialistas e produtores para debater sobre sustentabilidade, boas práticas e alta produtividade do agronegócio no cenário regional e nacional. Você não pode perder!

A partir das 19:30h, assista no Canal Rural e em suas redes sociais: Youtube e Facebook.

Pasternak diz que cloroquina é uma mentira orquestrada pelo Governo.

11/06/2021

“Três de cada quatro mortes teriam sido evitadas, se o Brasil estivesse na média mundial de controle da pandemia, ou seja, quando atingirmos 500 mil mortes, isso quer dizer que 375 mil mortes poderiam ter sido evitadas com o melhor controle da pandemia”

Jovem protesta silenciosa em Vitória e “pobres de direita” quase a massacram.

11/06/2021

Jovem foi alvo de xingamentos e agressões

O Ogro do Vale da Ribeira tem seguidores enlouquecidos. Se merecem mutuamente.

Durante a chegada do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao Aeroporto de Vitória (ES), nesta sexta-feira (11/6), uma jovem foi hostilizada e agredida por apoiadores do presidente. O grupo gritou xingamentos como “lixo”, “vagabunda” e “merda” para Maria Clara Gama, de 27 anos, que fazia um protesto sozinha.

A estudante de direito vestia preto e segurava um cartaz com a mensagem “Bem-vindo. 500.000”, em referência ao número de mortes pela Covid-19 no país que deve ser atingido ainda neste mês. Além dos xingamentos, os apoiadores do presidente gritavam “mito” e ameaçaram pular a cerca que separava os separava da jovem diversas vezes.

Em um determinado momento, um homem com a camisa da seleção brasileira foi até a mulher e puxou o cartaz de suas mãos. O homem parou apenas quando um fotógrafo que estava no local foi até a jovem e a defendeu. No entanto, um outro grupo de apoiadores perseguiu o fotógrafo para destruir o cartaz.

O momento foi capturado pelo repórter da TV Educativa, Robson Maia. Veja o momento abaixo:

Redigido pelo Metrópoles.

São Mateus tem protesto contra a visita de Jair Bolsonaro ao ES | A Gazeta

Protesto em São Matheus – ES

Prefeito de Luís Eduardo se transfere para o PP – Progressistas.

11/06/2021

Ondumar Borges Júnior é o mais novo filiado ao Partido Progressista. Ele assinou sua filiação ao Partido no Diretório Municipal, cujo presidente é seu irmão Jader Marabá.

Hoje pela manhã, Júnior já participou da recepção ao líder do Partido na Bahia, João Leão e ao governador Rui Costa.

Em Luís Eduardo, Prefeitura muda sentido de ruas no Centro

11/06/2021

A Superintendência de Trânsito de Luís Eduardo Magalhães concluiu na tarde desta quinta-feira (10), as sinalizações das ruas Castro Alves e Rui Barbosa, mudando o sentido de circulação, nas últimas quadras que dão acesso à Avenida Brasília.

“A Avenida Barreiras mudou o sentido de circulação em toda a sua extensão e as ruas Castro Alves e Rui Barbosa, apenas as quadras que dão acesso à Avenida Brasília”, explicou o superintendente de Trânsito, Adê Cerrado.

A Sutrans pede que os motoristas que utilizam diariamente essas vias, fiquem atentos às modificações viárias.

Hoje Luís Eduardo vacina grávidas e mães recentes com comorbidades

11/06/2021

O município de Luís Eduardo Magalhães inicia nesta sexta-feira (11), a vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades, a partir dos 18 anos de idade, com a vacina da Pfizer.

Das 8h30 às 12h e das 14h às 16h, na sede do Sindicato dos Produtores Rurais, localizado na Rua Sergipe, nº 985, Mimoso 1.

O governo do Estado liberou 348 doses para a cidade. A imunização com a vacina da Pfizer foi liberada pelo Ministério da Saúde, através da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Para receber a vacina, será necessária a apresentação de um laudo médico, comprovando a comorbidade.

Prefeito participa de reunião com a equipe técnica da Secretaria de Planejamento.

11/06/2021

O prefeito Junior Marabá se reuniu nesta quinta-feira (10), com a equipe técnica da Secretaria de Planejamento de Luís Eduardo Magalhães, na sede da pasta.

No encontro, foi discutido o Código de Obras e Postura do município.

“Essa é uma demanda histórica do nosso município, de profissionais da construção civil, engenharia, arquitetura e urbanismo. Para que haja uma revisão de uma legislação defasada, que não reflete mais a realidade de LEM”, pontuou o secretario de Planejamento, Paulo Souza.

A Lei 68 é de 2001, um ano após a emancipação do município.

“Nós entendemos a importância da construção civil em nosso município, por isse motivo, vamos tratar desse assunto com a maior serenidade e responsabilidade, ouvindo representantes do setor”, concluiu o prefeito

O Ogro do Vale da Ribeira repete Jim Jones com sucesso.

11/06/2021

Os vestígios brasileiros no suicídio coletivo mais famoso da história - BBC News Brasil

“Bolsonaro quer o Brasil exposto ao vírus. Temos um Jim Jones na presidência. A diferença é que o louco americano induziu ao suicídio, e o brasileiro quer também o assassinato em massa”.

A frase foi proferida hoje por Renan Calheiros, senador, relator da CPI da Covid-19.

La historia de Jim Jones y la Iglesia del Templo del Pueblo: ¿suicidio colectivo o asesinato en masa?

Há mais de 40 anos um suicídio coletivo chocou o mundo inteiro. Cerca de 918 pessoas tomaram veneno em prol da libertação revolucionária, tendo como líder o pastor americano Jim Jones.

A tragédia ocorreu em uma comunidade que existia em meio a Floresta Amazônica, no território que pertencia a Guiana. Esse é o maior suicídio coletivo que a história moderna já registrou.

Ofertas para o Dia dos Namorados nos Supermercados Marabá

11/06/2021




 

Trabalhadores da Eletrobras entram em estado de greve para obstar a privatização.

11/06/2021

Proposta de venda da estatal ao capital privado representa risco de aumento nas tarifas e racionamento de energia

Os sindicatos de trabalhadores da Eletrobras preparam uma greve de 72 horas, caso o projeto do governo Jair Bolsonaro de privatização da companhia entre na pauta de votações do Senado.

A venda da estatal ao capital privado representa risco de perda da soberania energética e fragilização do sistema integrado de distribuição.

A Medida Provisória 1.031/2021, que trata da privatização da Eletrobras, foi aprovada pela Câmara dos Deputados em maio. Para não perder a validade deverá ser deliberada pelos senadores até 22 de junho.

Na quarta-feira (9), o relator da MP sobre a privatização da estatal no Senado, Marcos Rogério (DEM-RO), que faz parte da base governista, disse que pretende colocar o tema para discussão na próxima semana.

Trabalhadores da Eletrobras entram em estado de greve contra privatização

À Reuters, o diretor do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Energia do Rio de Janeiro e Região (Sintergia-RJ), Emanuel Mendes Torres, disse que os trabalhadores já decidiram entrar em estado de greve. “Nós já deliberamos em assembleia, em todas as bases, por uma greve de 72 horas caso o Congresso, o Senado Federal, coloque em pauta a MP 1031 na próxima semana.”

Privatização da Eletrobras

Representações de trabalhadores afirmam, entre outras consequências negativas, que a privatização da Eletrobras ameaça os investimentos necessários em infraestrutura energética para minimizar efeitos de sucessivas crises hídricas que vêm ameaçando os reservatórios de cinco das maiores hidrelétricas do Brasil.

No final de maio, pela primeira vez em 111 anos, o Sistema Nacional de Meteorologia (SNM) confirmou que a população do país poderá ficar sem energia diante da “situação crítica” dos reservatórios de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná.

O risco iminente de apagão poderia ser controlado com investimentos em fontes alternativas, como a eólica e a solar fotovoltaica. Mas o governo de Jair Bolsonaro deve abrir mão dessa possibilidade no pacote que prevê a venda das ações da Eletrobras.

Torres disse à agência que a paralisação não vai afetar serviços de geração e transmissão de energia prestados pela estatal, mas não haverá troca de turno das equipes responsáveis por essas atividades durante a greve.

Porém, o protesto deve tirar da rua equipes de manutenção. “A princípio, uma greve dessas não afeta o sistema. Mas a gente sabe que, num sistema tão complexo e gigantesco como a Eletrobras, basicamente, quando você não troca o turno e não deixa o pessoal sair para fazer manutenção, é sempre um risco para o sistema”, explicou.

Além da greve, os sindicatos também querem realizar, nesta sexta-feira (11), uma manifestação em frente à sede da estatal, no Rio de Janeiro, aproveitando o aniversário de 59 anos de criação da companhia.

Da Redação Urbs Magna, editado.

Vida livre para os perdigotos contaminados, né meu Presidento?

11/06/2021

BOLSONARO DIZ QUE FARÁ NOVO TESTE PARA COVID-19 | Gazeta de Alagoas

Pois, creiam, o Presidento condecorou com a Ordem do Mérito da Defesa a própria mulher, Michelle de Paula Firmo Reinaldo Bolsonaro, em cerimônia do 22º aniversário de criação do Ministério da Defesa, nesta quinta-feira.

A decisão já havia sido publicada no Diário Oficial da União da última segunda-feira (7/6). (A informação é do Estado de Minas e do jornalista Ricardo Noblat).

Qual seria o mérito? Aguentar uma personalidade como o indigitado dito cujo já é um grande mérito, ora pois!

Conheça Camerite, monitoramento colaborativo.

11/06/2021

 

ZDA dá em primeira mão: Tribunal Eleitoral devolve os cargos aos vereadores de Angical.

11/06/2021

Dario Coité

Edimar Vieira

Nizaldo de Souza

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia julgou por volta das 21h desta quinta-feira (10|jun), pedido de liminar assinado pela defesa dos vereadores Nizaldo de Souza, Dario Coité e Edmar Vieira, de Angical, afastados do mandato por decisão da Justiça Eleitoral no município, conforme noticiado anteriormente no ZDA.

De acordo com a decisão do juiz Ávio Mozar José Ferraz de Novaes, a inexpressividade dos recursos auferidos para campanha, a pequena votação obtida e a tímida movimentação política de uma postulante ao cargo pelo DEM, tese defendida para a cassação dos edis, “são apenas indícios, como o próprio magistrado reconheceu, não podendo servir de albergue para fundamentar um decreto de condenação tão gravoso quanto a cassação de um mandato eletivo conferido pela legítima vontade popular”.

Mozart entendeu as alegações do advogado dos parlamentares, Ítalo Passos de Almeida, e suspendeu a decisão até que o processo seja apreciado pelo colegiado do TRE. Com isso, Dario, Nizaldo e Edimar, que juntos obtiveram mais de 15% dos votos válidos na última eleição, seguem no mandato.

O diversionismo oficial e pessoal do Presidente da República na sua forma mais aguda

11/06/2021

O Presidente da República não está governando o País. Está dedicado à sua campanha à reeleição desde o primeiro dia de mandato, mais preocupado em afastar companheiros que possam competir com ele, como mentir sobre a vida de seus adversários.

Bolsonarista usa fama do TCU para mentir

O auditor Alexandre Figueiredo Costa e Silva Marques foi imediatamente afastado das suas funções, pela Presidência do Tribunal de Contas da União, mas o seu relatório mentiroso foi usado nas redes sociais e nos próprios pronunciamentos do Presidente da República.

O site do ex-presidente Lula publicou uma matéria sob o título “Bolsonaro solta a boiada das fake news contra Lula para confundir população – Segurem-se nas cadeiras porque o presidente, ao invés de estar cuidando da população brasileira, passa o dia espalhando mentiras“. Leia o texto a seguir:

Como o ex-presidente Lula disse na entrevista desta semana à Rede Meio Norte (PI): “O povo está cansado. Liga a televisão, tá lá o Bolsonaro mentindo. Vai ver o jornal, tá lá o filho dele inventando uma fake news. Não há uma única mensagem de paz. É só ódio. Se for necessário pra tirar o Bolsonaro que eu seja candidato, não tenham dúvida que serei”.

É, parece que o desespero chegou na família Bolsonaro e as fábrica de mentiras estão funcionando sem parar.

Mentira oficial pode?

O presidente Jair Bolsonaro governa sempre sobre meia verdades. Promove e espalha mentiras como política oficial e essa semana nós tivemos mais um caso que comprova essa prática: o caso do “relatório do TCU”.

Um auditor do Tribunal de Contas da União (TCU), bolsonarista e próximo à família, produziu um “relatório” dizendo que metade dos mortos registrados como vítimas de Covid morreu de outras causas. Como recompensa, seu pai foi nomeado para um alto cargo na Petrobras.

Bolsonaro, então, declara que o TCU preparou um relatório dizendo que “em torno de 50% dos óbitos de 2020 por Covid não foram por Covid”.  O relatório falso não foi elaborado pelo TCU e foi colocado no site da instituição irregularmente. A Presidência do Tribunal se apressou em desmentir o auditor e o Presidente.

Quando Bolsonaro é pego na mentira, ele pede desculpas, mas o faz de maneira a confundir ainda mais, misturando informações para lançar uma nova mentira.

E o Lula hein?

O cardápio de fake news contra Lula e sua família sempre foi muito vasto.  Aqui a gente reuniu as principais mentiras que já falaram contra o Lula e o PT desde 1989.

Bahia: 130 mortes em 24 horas, um recorde desde meados de abril.

10/06/2021

Todos os municípios da Bahia registraram ao menos uma morte por Covid

A Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) confirmou, nesta quinta-feira (10), 130 novas mortes em decorrência da Covid-19 nas últimas 24 horas na Bahia, conforme dados do boletim epidemiológico. É o maior número registrado no estado desde o dia 16 de abril, quando 134 óbitos pela doença foram notificados.

Também nas últimas 24 horas, a Bahia registrou 4.947 novas contaminações pelo novo coronavírus. Com os dados desta quinta, o estado acumula agora, desde o início da pandemia, 1.053.031 casos confirmados da Covid-19 e 22.194 mortes pela doença.

De acordo com o boletim, a taxa de ocupação das unidades de terapia intensiva (UTIs) para adultos no estado é de 84%, enquanto nos leitos pediátricos de UTI o percentual é mais baixo, com 69% de vagas preenchidas. No total, 1.365 pacientes encontram-se internados com casos graves da Covid-19 na Bahia.

Às 12h desta quinta, a Central Estadual de Regulação registrava 124 pacientes adultos esperando transferência para leitos de UTI na Bahia. Outros 78 esperavam internação em enfermarias. Segundo a Sesab, os números são dinâmicos, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Casos ativos

Neste momento, o governo do estado contabiliza 14.057 casos ativos da Covid-19 na Bahia. Os 10 municípios com mais contaminados são Salvador (1.858), Feira de Santana (460), Paulo Afonso (394), Vitória da Conquista (384), Guanambi (359), Barreiras (324), Itabuna (273), Lauro de Freitas (235), Ribeira do Pombal (225) e Porto Seguro (198).

Safra baiana de grãos e fibras deve ter incremento de 4% este ano.

10/06/2021

Oeste da Bahia: terra que há 30 anos valia 1 maço de cigarros | Brasilagro

A safra de grãos e fibras na Bahia deve alcançar 10,4 milhões de toneladas em 2021. O resultado, se confirmado, representa um aumento de 4,1% na comparação com a safra 2020, que foi o melhor resultado da série histórica da pesquisa. Em relação ao levantamento do mês anterior, a estimativa apresentou uma alta de 4,1 pontos percentuais.

Os números integram o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de maio, divulgada pelo pelo IBGE e sistematizada na Bahia pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI),da Secretaria do Planejamento (Seplan).

Destaque para a lavoura da soja, cuja produção deve alcançar a máxima histórica.

Para o vice-governador e secretário do Planejamento, João Leão, “com o nível de profissionalismo que atingimos na produção de grãos, que adota o que há de mais moderno no que se refere à técnica e ferramentas de produção, o segmento ainda contribuirá muito com o crescimento econômico da Bahia”.

A soja teve sua estimativa revisada para 6,8 milhões de toneladas – alta de 12,6%. A estimativa da área plantada soma 1,7 milhão hectare, que supera em 4,9% a de 2020.

Por outro lado, as demais lavouras dos principais grãos deverão ter níveis de produção inferiores aos de 2020, em razão de fatores climáticos e de mercado. A safra deste ano será resultado de uma área plantada de 3,18 milhões de hectares, 2,2% acima da de 2020. A produtividade, porem, ficará em 3,28 toneladas/hectare, 1,9% inferior à do ano passado.

No algodão (caroço e pluma), o IBGE projeta uma colheita em torno de 1,2 milhão de toneladas – retração de 16,5% na comparação anual.

A maior retração é esperada no cultivo de feijão, que deve somar 202 mil toneladas – 30,3% menor. A má distribuição de chuvas, conforme a SEI, é o principal determinante deste resultado. A lavoura é predominantemente feita em área não irrigada (sequeiro).

A expectativa para as duas safras anuais de milho totalizou 2,5 milhões de toneladas, uma queda de 3,1% na comparação anual. A estimativa deste ano para o café ficou em 218,2 mil toneladas, 11,3% abaixo da produção verificada no ano passado

Barreiras informa a ocorrência de mais 3 óbitos resultantes de infecção de Covid

10/06/2021

A Secretaria Municipal de Saúde informa o 268º, 269° e o 270° óbitos decorrentes da Covid-19, ocorridos no dia 31 de maio e nessa quarta e quinta-feira (09 e 10). Mesmo com o empenho dos profissionais de saúde das unidades, os pacientes não resistiram ao avanço da Covid-19. A Secretaria de Saúde esclarece ainda, que o comunicado do óbito do dia 31 de maio aconteceu nesta quinta-feira, pela necessidade de confirmação do caso, endereço e quadro clínico do paciente.

O 268º óbito se refere a uma paciente de 49 anos, que fazia tratamento de hipertensão e obesidade. O 269° óbito trata-se de um paciente de 56 anos, ambos ocorridos no Hospital do Oeste. Já o 270° óbito se refere a um paciente também de 45 anos, ocorrido no Instituto Couto Maia em Salvador, no dia 31 de maio.

Assista o vídeo se tiver estômago forte: deputado defendendo supremacistas.

10/06/2021

Estado de São Paulo aumenta casos em 35% e Governo prorroga toque de recolher.

10/06/2021

Com aumento de 35,1% de novos casos de coronavírus na última semana, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), decidiu prorrogar a fase de transição do Plano São Paulo, mantendo as atuais medidas e horários de funcionamento do comércio até 30 de junho. “Com o aumento dos índices da pandemia, sobretudo em algumas áreas localizadas do Estado, o centro de contingência recomendou prorrogar por mais duas semanas”, disse o governador. “É uma medida de cautela, para proteger a vida das pessoas.”

As restrições atuais determinam toque de recolher das 21 às 5 horas. Assim, comércios, restaurantes, salões de beleza, atividades culturais e academias de esportes podem funcionar das 6 às 21 horas, com no máximo 40% da capacidade. “O toque de recolher tem sido fundamental para contenção e redução da aceleração da pandemia neste momento que ainda requer cautela”, afirmou a secretária Patricia Ellen, de Desenvolvimento Econômico.

Além da prorrogação, a gestão Doria vai recomendar que cidades com o sistema de saúde pressionado pela pandemia adotem medidas ainda mais restritivas do que as previstas no Plano São Paulo. A decisão final, no entanto, caberia às prefeituras. “A sugestão será feita a todos os municípios com mais de 90% na ocupação de leitos de UTI”, disse João Gabbardo, coordenador executivo do Centro de Contingência Covid-19. Entre as medidas recomendadas está reduzir o intervalo de funcionamento do comércio.

Como o Estadão mostrou ontem, pela primeira vez depois de ter conseguido reduzir os números da pandemia com o fechamento total das atividades, a cidade de Araraquara, no interior de São Paulo, voltou a atingir nesta terça-feira índice de covid-19 suficiente para a decretação de um novo lockdown. De 563 amostras analisadas, 21,13% deram positivo para o coronavírus. Em Presidente Prudente, também no interior paulista, o Ministério Público Estadual já recomendou que a prefeitura decrete lockdown.

De acordo com dados da Secretaria da Saúde, a taxa de ocupação de leitos de UTI está em 82,1% no Estado e 79,4% na Grande São Paulo. Ao todo, há 11.189 pacientes nas UTIs e as internações hospitalares têm crescido 0,5% ao dia. Desde o início da pandemia, foram registrados 3.382.448 casos e 115.960 mortes por coronavírus.

Manifestações

Por causa do cenário epidemiológico, o governo demonstrou preocupação com as manifestações de grupos pró e contra Bolsonaro, marcadas para os próximos dias. “O comitê recomenda que não ocorra, porque isso aumenta o risco de contaminação e, com certeza, prorroga o período da pandemia”, afirmou Gabbardo. “Somos absolutamente contrários a qualquer tipo de manifestação, seja do lado A ou lado B.”

Doria declarou, ainda, que o Estado vai multar o presidente Jair Bolsonaro, caso a determinação para uso obrigatório de máscara seja desrespeitada. “É lei”, disse. “Se o presidente Jair Bolsonaro imagina que, pelo fato de ser presidente, pode vir a São Paulo participar de um movimento de rua, seja qual for a razão ou o motivo, e não usar máscara, ele será multado como qualquer outro cidadão.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais de 1.300 laudos médicos de eduardenses aguardam resultado da Policlínica Regional de Barreiras.

10/06/2021

Estado rompe contrato com empresa que realiza laudos na Policlínica Regional de Barreiras, e afeta pacientes de Luís Eduardo Magalhães. Foram dois meses com exames de tomografia, ressonância, Raio X e mamografia aguardando resultados de laudos.

Já foi realizado o contrato com a nova empresa, mas existe uma demanda represada de mais de 18 municípios da região, que estão consorciados.

Apenas de Luís Eduardo Magalhães, são mais de 1.300 pacientes que aguardam esses resultados.

“O que pode ser feito pela regulação do município, nós temos realizado, que é o acompanhamento desses pacientes, inclusive solicitando a antecipação de resultados de pacientes graves, com câncer de mama, por exemplo. Mas mesmo esses pedidos têm demorado”, explicou a secretária de Saúde, Maria Gabriela Izoton.

A secretária de Saúde, a diretora e o gerente de Regulação do município estiveram na Policlínica Regional, na última segunda-feira (07), cobrando uma aceleração desse processo, para que os pacientes não sejam ainda mais prejudicados.

“Essa é uma parceria do município com o estado, através de uma pactuação. Além de Luís Eduardo Magalhaes, são mais 17 cidades. Pedimos paciência às pessoas, porque não é um problema que a nossa secretaria pode resolver. Nós dependemos do Estado”, disse.

Gestantes e puérperas com comorbidades serão vacinadas contra o Covid-19 a partir da próxima sexta-feira em LEM (11)

10/06/2021

O município de Luís Eduardo Magalhães inicia na próxima sexta-feira (11), a vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades, a partir dos 18 anos de idade, com a vacina da Pfizer.

Das 8h30 às 12h e das 14h às 16h, na sede do Sindicato dos Produtores Rurais, localizado na Rua Sergipe, nº 985, Mimoso 1.

O governo do Estado liberou 348 doses para a cidade. A imunização com a vacina da Pfizer foi liberada pelo Ministério da Saúde, através da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Para receber a vacina, será necessária a apresentação de um laudo médico, comprovando a comorbidade.

Começa a cair a casinha dos cloroquiners do Governo Central.

10/06/2021

Confira legenda vencedora de concurso sobre foto de Pazuello na CPI - 19/05/2021 - Painel do Leitor - Folha

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid votou e aprovou, nesta quinta-feira (10/6), a quebra dos sigilos telemático e telefônico dos ex-ministros Ernesto Araújo, das Relações Exteriores, e Eduardo Pazuello, da Saúde. Senadores também estenderam a aplicação da medida ao assessor Filipe Martins, ao empresário Carlos Wizard e ao virologista Paolo Zanotto.

Os requerimentos miram a atuação do governo federal no processo de aquisição de vacinas e tentam identificar como operava e quem integrava o chamado “gabinete paralelo” — grupo que prestava assessoramento alternativo ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

Parte dos requerimentos de quebra de sigilo aprovados pela comissão nesta sessão tem, como alvos, depoentes do colegiado ou pessoas que foram citadas durante as oitivas com participação em episódios investigados pela Comissão Parlamentar de Inquérito.

Ao todo, o colegiado aprovou a quebra de sigilos de 13 pessoas. Confira a lista:

  • Assessor especial da Presidência da República, Filipe Martins;

  • Ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo;

  • Ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello;

  • Carlos Wizard, empresário;

  • Paolo Zanotto, virologista;

  • Túlio Silveira, representante da Precisa Medicamentos;

  • Marcellus Campelo, secretário de Saúde do Governo do Amazonas;

  • Luciano Dias Azevedo, tenente-médico da Marinha do Brasil

  • Hélio Angotti Neto, secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde do Ministério da Saúde;

  • Francisco Ferreira Filho, coordenador do Comitê da Crise do Amazonas;

  • Francieli Fontinato, coordenadora do Plano Nacional de Imunização (PNI);

  • Antônio Elcio Franco, ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde.

Do portal Metrópoles, editado.

Ontem foi constatado que o líder dos cloroquiners, interviu várias vezes, junto aos fornecedores indianos, pela liberação dos insumos para a fabricação da Cloroquina no Brasil, em proveito de terceiros fornecedores do medicamento.

Barreiras: em 31 dias, 73 mortes, cinco a cada dois dias.

10/06/2021

Há 31 dias – lembrando que o mês de maio é de 31 dias – Barreiras, com 100% dos leitos clínicos e de UTIs lotados, além de uma demanda reprimida na regulação, informava 189 óbitos e 1.278 casos ativos. Era o auge da 2ª onda na Capital do Oeste.

Com o boletim de terça-feira , pode se ver o resultado da grave crise:

Os casos ativos caíram para a metade. A pressão sobre a ocupação hospitalar amainou. Mas o número de mortes é uma clara demonstração da gravidade da crise sanitária: 73 óbitos, uma média de 2,35 mortes por dia. O relato macabro segue: num ciclo de 3 dias, foram registradas 15 mortes.

No momento, o litoral baiano enfrenta um recrudescimento da contaminação, o que deve se refletir no Oeste entre 30 e 45 dias, como ocorreram nas duas primeiras ondas.

Mas tem a vacina, não tem? A vacina está sendo fornecida a conta-gotas pelo Governo do Estado, que também as recebe no mesmo ritmo.

Previsão de safra 2021 recua depois da falta de chuvas no Centro-Oeste e Sul do País

10/06/2021

Safra de grãos 2021 deve atingir 262,2 milhões de toneladas, diz IBGE -  Sindicato Rural de Bela Vista

Conab verifica influência de clima nas culturas de 2ª safra e produção deve chegar a 262,13 milhões de toneladas

As condições climáticas adversas registradas durante o cultivo da segunda safra afetaram as estimativas de produtividade nas lavouras. Com isso, a expectativa é que a produção atinja 262,13 milhões de toneladas no período 2020/2021, segundo o 9º Levantamento da Safra de Grãos, divulgado nesta quinta-feira (10), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Apesar da queda de 9,57 milhões de toneladas comparada à estimativa do mês anterior, o volume total a ser colhido ainda é superior à safra passada.

Principal cultura cultivada na segunda safra, o milho deve apresentar uma redução na produtividade impactado pela baixa ocorrência de chuvas entre os meses de abril e maio. Com isso, a estimativa é que a produção total do cereal chegue a 96,4 milhões de toneladas, sendo 24,7 milhões de toneladas na primeira safra, 69,9 milhões na segunda e 1,7 milhão na terceira, uma redução de 6% sobre a produção de 2019/20. A queda esperada se deve, sobretudo, ao retardamento da colheita da soja e, em consequência, o plantio de uma grande parte da área do milho segunda safra fora da janela indicada.

A soja é outro produto de destaque na produção nacional. Com a colheita da oleaginosa encerrada, a produção é um novo recorde estimado em 135,86 milhões de toneladas, 8,8% superior à produção da safra 2019/20, o que representa um acréscimo de 11 milhões de toneladas. O resultado garante o Brasil na posição de maior produtor mundial da leguminosa.

Para o feijão, a Conab espera que a colheita se mantenha próxima a 3 milhões de toneladas. Com a produção de 3 safras ao longo do período analisado, apenas a primeira foi encerrada. A segunda ainda está sendo colhida e a terceira está em fase de semeadura. Outro importante produto para os brasileiros, o arroz tem produção estimada em 11,6 milhões de toneladas, aumento de 4% frente ao volume produzido na safra anterior.

No caso das culturas de inverno, o plantio foi iniciado em abril e intensificado em maio. Destaque para o trigo, produto no qual as estimativas preliminares indicam uma área plantada de 2,5 milhões de hectares e uma produção de 6,94 milhões de toneladas.

Área

De acordo com o levantamento da Conab, a área plantada deve apresentar um crescimento de 4,2% em comparação com a safra anterior, chegando a 68,7 milhões de hectares. Destaque para a soja, com aumento de 1,6 milhão de hectares, e para o milho segunda safra com ganho de 8,4%, o que corresponde a 1,15 milhão de ha.

Mercado

O balanço mensal do levantamento da Conab indica uma nova redução dos estoques finais de algodão, feijão e milho em relação à última estimativa de maio de 2021, enquanto que há a previsão de estabilidade nos estoques finais de trigo para o ano safra que se encerra em julho.

No âmbito externo, o algodão em pluma segue com cenário positivo no mercado internacional. As exportações no acumulado de janeiro a maio de 2021 aumentaram 65% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Já para o milho a expectativa de exportações foi reduzida de 35 milhões de toneladas para 29 milhões de toneladas na safra atual, queda de 15% em relação à última estimativa. Diante deste cenário, a estimativa é que o estoque de passagem do cereal fique próximo a 7,6 milhões de toneladas.

Quanto à soja, a Conab estima a venda de 86,6 milhões de toneladas para o mercado externo. Confirmada a previsão, será um recorde da série histórica. Por fim, para o arroz, as exportações em abril estão em ritmo 20% menor quando comparado com o mesmo mês do ano passado.

No acumulado até maio também observa-se a queda de 68% no volume exportado, o que corrobora com a previsão de redução de 28% das exportações de arroz este ano estimadas pela Companhia.

Acesse a íntegra do Boletim do 9º Levantamento – Safra 2020/21.

Amarildo flagra um momento muito “família” no Brasil

10/06/2021

Pátria amarga, Brasil!

10/06/2021

A CPI da Covid ou do Genocídio continua colhendo provas óbvias contra o Regime. Na verdade, era só necessário levar à Mesa da Câmara a coleção de pronunciamentos do Presidento para provar que não houve interesse político em aprovar medidas de controle da pandemia.

Mas o Senador Randolphe afirmou hoje que foram 81 tentativas da Pfizer em entrar em negociação com o Ministério da Saúde e com o Governo da República, as últimas delas oferecendo a vacina pela metade do preço pelo qual vendeu aos Estados Unidos, US$10,00.

A par disso, a Fundação Oswaldo Cruz anunciou hoje que quase sem exceções, todos os estados do País estão muito próximos de uma terceira e grave onda de contaminações. Diante desse cenário, os pesquisadores da Fiocruz reforçam a necessidade da adoção de um conjunto de medidas de enfrentamento à pandemia, enquanto a maior parte da população não foi vacinada.

“É muito importante a utilização de medidas não-farmacológicas, que têm como objetivo reduzir a propagação do vírus e o contínuo crescimento de casos, o que sobrecarrega as capacidades para o atendimento de casos críticos e graves e contribui para o crescimento de óbitos”, destaca o boletim da Fiocruz.

Acima, a representação gráfica do Observatório Covid-19 da Fiocruz e a taxa de ocupação de leitos dedicados à Covid-19 em todos os estados. Como se pode ver, nesta última segunda-feira, com exceção de Pará, Amapá, Rondonia, Amazonas e Acre, todos os estados estavam em situação crítica na ocupação dos seus hospitais.

Combine essa situação de proliferação da doença, com a chegada das novas cepas, o desemprego, a desnutrição e a maior inflação mensal dos últimos 25 anos (principalmente de alimentos e serviços básicos) e teremos uma prova de quão amarga essa Pátria tem sido aos brasileiros.

 

Confira o público que será vacinado contra o Covid-19 nesta quinta (10) em Luís Eduardo

10/06/2021

Continua nesta quinta-feira (10), a vacinação contra o Covid-19, para pessoas acima dos 55, profissionais da educação maiores de 30 anos e pacientes com comorbidades, acima dos 30 anos de idade.

Estão disponíveis apenas 120 doses da Astrazeneca/Oxford no município. A vacinação segue no sistema Drive-Thru, no bairro Santa Cruz, ao lado do PROMATI, das 8h da manhã, até o encerramento das doses.

A vacinação será escalonada, seguindo determinação da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), para evitar aglomeração.

Novo aumento de combustíveis é resultado da “subordinação do país e da sua maior empresa aos interesses financeiros estrangeiros”

09/06/2021

Petrobras acelera desmonte da bacia de Campos e mira o pré-sal | VEJA

Mito da Pe­tro­brás que­brada, criado desde 2014, não foi com­ba­tido e des­qua­li­fi­cado pelas di­re­ções da Pe­tro­brás desde então. É lógico que o esfacelamento da Estatal em favorecimento das estrangeiras rende muito dinheiro aos donos do poder. O mesmo ocorre com a Eletrobras. Propinodutos fartos e de alta vazão. Nenhum lavajatista é inocente.

Em me­ados de abril, a di­reção da Pe­tro­brás anun­ciou o sexto au­mento do preço dos com­bus­tí­veis e seus de­ri­vados apenas em 2021, a des­peito do de­sem­prego e da ca­restia que voltam a as­solar o país. Nesta en­tre­vista ao Cor­reio Ci­da­dania, Fe­lipe Cou­tinho, en­ge­nheiro da Pe­tro­bras, ex­plica o ar­ranjo po­lí­tico e ide­o­ló­gico que tomou conta da em­presa desde 2015 e, a partir da po­lí­tica de de­sin­ves­ti­mentos e da pa­ri­dade aos preços de im­por­tação, pro­duziu a per­ma­nente alta de preços.

“O maior plano de pri­va­ti­zação da his­tória da com­pa­nhia foi apre­sen­tado em 2015. O mito da Pe­tro­brás que­brada, criado desde 2014, não foi com­ba­tido e des­qua­li­fi­cado pelas di­re­ções da Pe­tro­brás desde então. Apesar de a di­reção da com­pa­nhia dispor de todas as evi­dên­cias con­tá­beis ne­ces­sá­rias para fazê-lo”.

Dessa forma, Cou­tinho afirma que poucos se­tores, parte deles se­quer se­diada no país, têm a ga­nhar. Perde o con­su­midor, perde a com­pa­nhia e, acima de tudo, perde a nação, cada vez mais es­va­ziada em suas ca­deias pro­du­tivas. Tudo isso num mundo onde a pro­pri­e­dade es­tatal do pe­tróleo é ten­dência do­mi­nante.

“As mai­ores com­pa­nhias de pe­tróleo do mundo são es­ta­tais; das cinco mai­ores, são quatro es­ta­tais. En­quanto das 25 mai­ores, as es­ta­tais são 19. Con­trolam mais de 90% das re­servas e cerca de 75% da pro­dução de pe­tróleo. As pe­tro­lí­feras es­ta­tais são com­pa­nhias in­te­gradas ver­ti­cal­mente e que au­mentam sua im­por­tância re­la­tiva ao longo do tempo”.

Se os re­flexos já se veem na de­sin­te­gração so­cial pela qual passa o país, com seus ele­va­dís­simos ín­dices de de­sem­prego, pre­ca­ri­zação do tra­balho e em­po­bre­ci­mento, é cada vez mais ur­gente re­tomar o papel do Es­tado e da Pe­tro­brás.

“O fim do pe­tróleo ba­rato de se pro­duzir e a re­dução do ex­ce­dente ener­gé­tico e econô­mico da in­dús­tria pe­tro­leira estão trans­for­mando, ace­le­ra­da­mente, a so­ci­e­dade. É ne­ces­sário ga­rantir a pro­pri­e­dade do pe­tróleo e ficar com seu valor de uso. Atender as ne­ces­si­dades dos bra­si­leiros e er­guer a in­fra­es­tru­tura dos re­no­vá­veis para uma nova or­ga­ni­zação so­cial”, sin­te­tizou.

A en­tre­vista com­pleta com Fe­lipe Cou­tinho a se­guir.

Cor­reio da Ci­da­dania: Como ana­lisa os au­mentos de R$ 0,10 (3,7%) no preço do di­esel e de R$ 0,05 (1,9%) no da ga­so­lina, anun­ci­ados pela Pe­tro­brás em 15 de abril? Quais as causas que le­varam a mais este re­a­juste?

Leia mais…

Fiocruz aponta 12 estados com mais de 90% de ocupação de UTIs.

09/06/2021

 (crédito: Breno Esaki/Divulgação/Agência Saúde)

A última edição do boletim do Observatório Covid-19, produzido por pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgada nesta quarta-feira (9/6), aponta que o atual cenário da pandemia da covid-19 é de alto risco, já que as pequenas oscilações no número de casos confirmados nas última semanas epidemiológicas “demonstram a permanência de transmissão do vírus”.

O documento ainda mostra que a taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes adultos com covid-19 no Sistema Único de Saúde (SUS) continua alta em muitos estados.

Ao todo, 12 unidades da federação possuem taxas de ocupação iguais ou superiores a 90%. São elas: Alagoas (91%), Ceará (93%), Distrito Federal (90%), Goiás (90%), Maranhão (90%), Mato Grosso do Sul (107%), Paraná (96%), Pernambuco (97%), Rio Grande do Norte (94%), Santa Catarina (97%), Sergipe (99%) e Tocantins (94%).

Outros nove estados apresentam taxas de ocupação de entre 80% e 89%.

Com a análise, os pesquisadores afirmam que há uma “persistência de quadro grave de sobrecarga no sistema de saúde pela covid-19”. Desde o final de fevereiro, o país observa a maioria dos estados permanecerem com taxas altas de ocupação de UTI.

A combinação desse indicador junto com um número alto de casos e pequena queda de óbitos demanda “atenção e prudência”, segundo os pesquisadores. Ele consideram prematuro tanto considerar que há uma queda sustentável de casos e óbitos, quanto afirmar que o país entra em uma “terceira onda”.

Conteúdo do Correio Braziliense, editado.