Pular para o conteúdo

Internacional e Fluminense ganham no primeiro dia do Campeonato Brasileiro

19/04/2014

et

Apesar do ET que o Vitória contrato e chileno Aránguiz abriu o placar no Beira-Rio, aos 5 m. Quando se imaginou que o Internacional poderia golear ( aos 13 m os atacantes do Inter jogaram duas bolas seguidas na trave), o Vitória se reorganizou e enfrentou os colorados de igual pra igual. No Rio, o Fluminense goleou o Figueirense por 3×0. Dorme na liderança. Para quem foi virtualmente desclassificado e voltou à série A no tapetão, não deixa de ser um bom começo. Chapecoense e Coritiba estão jogando agora, 22h, em Chapecó. Amanhã mais sete jogos.

Aroeira, genial!

19/04/2014
Clique na imagem para ampliar

Clique na imagem para ampliar

O censor da cueca cheia de dólares: “Contra Lula, não”

19/04/2014

 

O relator do projeto do Marco Civil da Internet na Câmara, deputado federal Alessandro Molon (PT-RJ), disse nesta sexta (18) que a oposição ao governo no Senado não pode ser “mesquinha” e que o texto deve ser aprovado na terça-feira.

A fala ocorreu no evento Camping Digital, que faz parte da campanha de Alexandre Padilha ao governo paulista e é dirigido à militância petista na internet.

A presidente Dilma Rousseff participará da conferência NetMundial, na quarta e na quinta-feira (23 e 24) em São Paulo, na qual a Icann -órgão atualmente ligado ao governo dos EUA que regulamenta os domínios da internet- discutirá um novo formato de governança para a web no mundo.

Dilma espera apresentar o Marco Civil, se aprovado no Senado, como exemplo de legislação sobre internet no mundo. No evento do PT, Molon adotou o discurso de que a lei “não é o melhor dos mundos, mas é a melhor do mundo”.

Aprovado em duas comissões temáticas da Casa, o texto precisa passar por mais uma comissão antes de ir a plenário do Senado. A matéria é da Folha de São Paulo.

Que se invoque novamente a Lei de Proteção dos Animais

19/04/2014
Sobral Pinto

Sobral Pinto

Mais de 70 presos, mantidos ilegalmente na Delegacia de Polícia Judiciária de Luís Eduardo Magalhães, estão sofrendo com processo de desidratação, com vômitos e diarreia. Enfermeiros da UPA estiveram no local nesta manhã para selecionar aqueles com os sintomas agravados, para atendimento no local e internamento dos casos mais agudos. A masmorra infecta onde os presos são contidos, responsabilidade direta do Governo do Estado, tem problemas com fornecimento de água potável, o local é insalubre, a comida é de má qualidade e não se entende, porque, depois de tantas denuncias a Vigilância Sanitária ainda não procedeu a uma vistoria no local onde é produzida.

Algumas pessoas vão argumentar que as vítimas dos criminosos que lá estão presos, um bom número deles assassinos, não tiveram também assistência do Estado e que animais ferozes devem receber tratamento de animais. Nunca é demais lembrar, no caso, o Habeas Corpus impetrado por Sobral Pinto em favor do líder comunista Harry Berger, em 1937. Durante o Estado Novo (1937-1945), Sobral Pinto foi designado advogado ex-ofício dos presos políticos Luís Carlos Prestes e Arthur Ewert (Harry Berger) – acusados de subversão política pelo Tribunal de Segurança Nacional – e defendeu com brilhantismo esses homens ao impetrar Habeas Corpus no qual ele evoca a Lei de Proteção aos Animais em prol de assegurar a integridade física de seus clientes, em um caso único na História do Direito.

O próprio Sobral Pinto depõe, em documentário, que a construção da democracia se dá no pleno estado de direito, sem exceções. A violência que esses presos cometeram não justifica outra violência contra seus direitos, mesmo que seja com base na Lei de Proteção aos Animais. Não são inocentes, mas também não podem sofrer a violência do Estado, que por lei precisa guardar a sua integridade física para que venham a cumprir a pena prevista na legislação.

É obrigação do Ministério Público denunciar o Estado e seus representantes legais pela manutenção dos presos nessas masmorras, onde grassam doenças graves como tuberculose e AIDS. É obrigação da Justiça julgar com celeridade e providenciar defensores públicos para aqueles que não os tem. É obrigação da Secretaria de Execuções Penais fornecer presídios para os condenados e carcereiros. É obrigação de quem cuida de animais fornecer água limpa, comida saudável e assistência de um veterinário quando necessária. Que se faça, então!

MPF esclarece os fatos acerca da medida requerida à Justiça Federal

19/04/2014

A respeito da prisão preventiva de Marco Prisco Caldas, o Ministério Público Federal presta os seguintes esclarecimentos:

A medida foi requerida pelo MPF e decretada pela Justiça Federal na Bahia para a garantia da ordem pública.

Marco Prisco responde a ação penal por crimes previstos na Lei de Segurança Nacional, em processo que está em curso na 17ª Vara Federal da Seção Judiciária da Bahia. Mesmo denunciado pela prática de crimes contra a segurança nacional, continuou ostensivamente a instigar o uso da violência e da desordem e a liderar movimentos grevistas expressamente proibidos pela Constituição Federal, não só no Estado da Bahia, como em outras unidades da federação, apostando na política do terror.

O denunciado liderou a realização de três greves ilegais de policiais militares no Estado da Bahia e de consequências nefastas para os cidadãos baianos. Apenas entre os dias 16 e 18 deste mês de abril, período em que os policiais militares interromperam suas atividades, mais de cem pessoas foram assassinadas em Salvador, além de terem sido praticados saques, “arrastões”, roubos e a restrição ao direito de ir e vir dos cidadãos. Enfim, instalou-se entre a população baiana verdadeiro estado de pânico generalizado.

Entre as hipóteses legais para a decretação da prisão preventiva estão a garantia da ordem pública e a necessidade de preservar a sociedade contra a possibilidade de que o réu continue a reincidir em práticas delitivas. Todos os elementos, portanto, para o pedido de prisão preventiva e seu deferimento pela Justiça Federal estão presentes em relação a Marco Prisco.

O Ministério Público Federal, que tem entre suas missões assegurar a ordem pública e os direitos fundamentais de todos os cidadãos à segurança pública, à liberdade e à vida, promoverá todas as medidas necessárias para a proteção do Estado Democrático de Direito e da sociedade.

Começa hoje o maior campeonato de futebol do mundo

19/04/2014
Tabela Fácil para Lancenet

Tabela Fácil para Lancenet

Eliana Calmon pede que PMs não reiniciem greve

19/04/2014

Ex-ministra Eliana Calmon estaria ajudando no documento pedindo que tropa não paralise de novo
Do Politicalivre
Apesar do recado do líder grevista Marcos Prisco para que os colegas PMs não retomem a greve em resposta à sua prisão a pedido do Ministério Público Federal, grande parte da tropa permanece aquartelada, conforme relatos do comandante da PM, coronel Alfredo Castro, e do deputado estadual Capitão Tadeu (PSB), que assumiu o comando do movimento com a detenção do policial, ontem à tarde, quando se encontrava com a família num resort no Litoral Norte.
Nesta madrugada, Tadeu, que no início da noite defendeu o aquartelamento em represália à prisão de Prisco, voltou atrás e preparava um documento junto com o comandante da PM para tentar convencer os PMs a não pararem as atividades. Ele admitiu que o aquartelamento predominava, dizendo à Folha de S. Paulo que predominava na maioria do Estado. “Não há polícia nas ruas”, disse ao jornal paulista.
Representante da Aspra, associação liderada por Prisco, o soldado Ivan Leite disse que não há uma manifestação das seis entidades que representam o PM contra a greve, mas também não há pelo retorno ao trabalho. Ele também previu, em entrevista à Folha, que 100% dos policiais estão parados diante da indefinição do quadro, inclusive aqueles das unidades especiais.
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 119 outros seguidores