Pular para o conteúdo

Barreiras e Luís Eduardo Magalhães recebem menos vacinas, na proporção dos habitantes, que outros municípios.

30/04/2021

Segundo observações do jornalista Fernando Machado, do site ZDA, Barreiras e Luís Eduardo Magalhães estão recebendo menos vacinas que outros municípios do Estado, na proporção de suas populações.

Tudo se deve às vacinações incompletas, que não atingiram 70% do público-alvo, da vacina H1N1, nas gestões do prefeito Zito Barbosa e Oziel Oliveira, respectivamente.

Este Editor mesmo serve de exemplo: com 72 anos, procurei o posto de Saúde 4 vezes e sempre os funcionários repetiam que as vacinas tinham acabado. Acabei ficando sem a vacina contra a gripe depois de vários anos repetindo-a.

Fernando cita alguns exemplos, com base nas informações do Estado.

Jequié anuncia que já vacinou 45 pessoas, contando primeira e segunda dose.

Jequié, que tem um pouco mais de 110 mil habitantes, recebeu 32 mil doses, enquanto Barreiras, que beira os 160 mil, recebeu apenas 18 mil vacinas e hoje encontra uma das suas mais graves crises na Saúde (veja abaixo).

Luís Eduardo Magalhães, que beira os 90 mil habitantes, segundo estimativa do IBGE, recebeu menos de 6 mil vacinas, enquanto o município de Candeias, com quase a mesma população, recebeu 18 mil doses, quase 4 vezes mais.

Colapso absoluto nos hospitais.

No Oeste da Bahia, onde a segunda onda chegou mais tarde, estamos no pico da contaminação. Só em Barreiras, ontem, quatro UTIs aéreas decolaram e hoje também foi grande o movimento de aviões particulares e do Estado. O mês de abril fechou com 53 óbitos e 1.895 novos casos de Covid-19.

No Hospital Eurico Dutra, que só possui leitos clínicos, para tratamento e observação, mesmo assim foram feitas mais de 15 intubações esta semana, algumas delas de pacientes jovens que tiveram o estado agravado.

Em Luís Eduardo Magalhães, os leitos clínicos e um pequeno número de leitos de UTI estão lotados e as transferências são difíceis pois existe uma fila enorme na Regulação do Estado.

Quem tem posses, toma uma UTI aérea e vai para hospitais particulares de Brasília e São Paulo.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: