Pular para o conteúdo

Bolsonaro lidera pesquisa para o primeiro turno, mas perde para quase todos no segundo.

29/01/2021

Jair Bolsonaro perderia contra quatro possíveis candidato a presidente da República em um eventual segundo turno em 2022, revela pesquisa do instituto Atlas Político divulgado nesta sexta-feira (29).

Numa disputa contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o petista venceria por 40,9% a 37,8%, e 21,3% votariam em branco/nulo ou não souberam responder. A pesquisa foi publicada pelo site O Antagonista.

Bolsonaro perderia também para o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, do PT (42% x 38%). Neste cenário, 20,0% seriam nulos, brancos ou não saberiam responder.

Na disputa contra Ciro Gomes (PDT-CE), o ex-ministro ganharia por 41,1% a 38,9% – 20,0% seria o percentual referente a branco/nulo/não soube responder.

No confronto contra Sérgio Moro, o ex-juiz venceria por 34,0% x 33,6%, e 32,4% seriam brancos, nulos ou não saberiam responder.

Na disputa contra Luiz Henrique Mandetta, o ex-ministro da Saúde de Bolsonaro venceria por 39,9% a 39,6% (20,5% de branco/nulo/não soube responder).

De acordo com a pesquisa, Bolsonaro sairia vencedor contra a ex-ministra Marina Silva (Rede-AC) por 37,1% x 34,8%, e 28,1% seriam referentes a branco/nulo/não soube responder.

Bolsonaro também teria uma vitória contra o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa por 36,1% a 32,2% e 31,7% não dariam seus votos ou não souberam responder.

Os dados mostraram que Bolsonaro venceria o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), por 39,3% x 34,3%. Neste caso, 26,4% não saberiam responder ou votariam em branco.

No confronto contra Luciano Huck, Bolsonaro venceria o apresentador por 39,4% x 34,1% – 26,5% seria um percentual referente a branco/nulo/não soube responder.

É bom relembrar que outro episódio como a fakeada de Juiz de Fora dificilmente se repetirá em 2022. Se Bolsonaro participar de debates, onde não poderá mandar os outros candidatos a PQP, será jantado em bocados grandes.

Se existe algo limitado no País é a inteligência e a oralidade do Presidente. Ele só sabe esbravejar, geralmente resguardado pelos seguranças.

Segundo o Instituto Paraná Pesquisas, no primeiro turno Bolsonaro leva vantagem sobre todos os candidatos:

O presidente Jair Bolsonaro sai na frente nas intenções de voto na eleição presidencial de 2022 em cenários em que compete com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com o ex-ministro da Justiça Sergio Moro (sem partido) e Ciro Gomes (PDT).

É compreensível a informação de que as oposições não desejem o impeachment de Bolsonaro, até porque ele está comprando bem mais que a metade do Congresso, os “300 picaretas” designados por Lula. As oposições desejam que Bolsonaro siga sangrado até as eleições, cada vez mais fragilizado.

Só que ninguém está levando em conta que esse calvário de Bolsonaro, com sua estupidez e negacionismo, pode resultar em algo como mais 400 mil mortes na pandemia, pela fome de 20 milhões de brasileiros, pela falta progressiva de assistência social, pelo aumento do desemprego e do favorecimento às grandes corporações, quem realmente manda no País.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: