Pular para o conteúdo

O Sal da Semana: notícias daqui, dali e de acolá.

17/10/2020

Barreiras e o Hospital

Zito ocupou o horário eleitoral para dizer que, se reeleito, vai construir um hospital e uma maternidade. Um recurso para evitar as pancadas que está levando na área da Saúde. Seus adversários acusam-no de fazer muito asfalto e deixar a Saúde dos barreirenses meio de banda. Não sei onde, mas já ouvi essas promessas de construção de hospital em outras paragens.

Barreiras: uma sinuca de bico.

O candidato a prefeito de Barreiras, Marcos Pires, apresentou antes de ontem, Dia do Professor, uma proposta não só arrojada como inovadora aos seus concorrentes, Zito Barbosa e Carlos Tito.

Trata-se da criação de um fundo soberano, com o saldo restante dos R$200 milhões dos precatórios do FUNDEB recebidos pela Prefeitura de Barreiras no início da gestão de Zito Barbosa.

Segundo afirmações do próprio candidato, depois das reformas das escolas e da aquisição de uma frota de ônibus escolares, os rendimentos do fundo soberano deveriam ser aplicados na formação e melhoria das condições dos quadros do magistério municipal.

“A infraestrutura da Educação em Barreiras está resolvida. Por isso proponho aos candidatos Zito Barbosa e Carlos Tito que assinemos, conjuntamente, uma Carta Pública em Defesa da Educação. Proponho, igualmente, a criação de um Fundo Soberano, no valor de 100 milhões de reais, com resgate mínimo em 10 anos, cujo rendimento será destinado ao pagamento de gratificação aos profissionais em Educação no período. Seria, assim, assinado o termo de compromisso, prevendo a concessão do regime de dedicação exclusiva ao professorado e a adoção do sistema de educação integral, garantindo o acesso de 100% das crianças na próxima década”.

Luís Eduardo Magalhães

O candidato a Prefeito, Rangel, gosta de ler revistas velhas e ver filmes antigos. É o que se denota pela veiculação de out door elogiando Bolsonaro, segundo ele seu cabo eleitoral. A Justiça determinou a retirada do cartaz de rua, pois isso não é permitido em campanhas eleitorais. Rangel acertou na mídia, mas errou no ano da eleição. Em 2018 quase tudo foi permitido. Até fazer cartazes elogiosos a Bolsonaro.

Temporada de caça ao eleitor

Ontem foi dia sem internet para a maioria dos usuários de Luís Eduardo Magalhães e Barreiras. Uma fibra ótica da Vivo foi danificada e até o início da madrugada deste sábado ainda não havia sido recuperada. Talvez seja esse o motivo para não se ter visto nenhuma notinha explicativa, tanto do Presidente da Câmara como da Prefeitura Municipal sobre a troca de cestas básicas por votos, operada por uma funcionária do legislativo, em um carro da Prefeitura. Se normalizar, não vai dar nada. O ato é objeto de apreciação da Justiça Eleitoral.

Formosa do Rio Preto: ultrapassagem, por fora, da curva

O candidato Bira Lisboa, que correu em segundo durante algum tempo na raia da campanha eleitoral de Formosa, parece que retardou a frenagem e ultrapassou o primeiro colocado no fim da reta, segundo pesquisas de um importante e certeiro Instituto de Opinião de Barreiras. Agora, de cara para o vento, sem as turbulências do concorrente, Bira prometeu aumentar a diferença para ocupar a posição mais alta do pódio.

Brasil x Malacheia.

Do pastor Silas Malacheia, uma paródia do pastor Malafaia, polêmico puxa-saco de Bolsonaro, o qual anda meio enrolado com a Justiça:

“De todas as coisas mais loucas que eu já vi, a maior delas foi ver a Direita fazer o cara fica mais pobre e acreditar que é rico, da elite!”

Pois é, Malacheia: tem sujeito lutando só com o toco da espada, mas resistindo e afirmando em todo o lado que Mr. Borsalino está certo, que a economia melhorou; que o Queiroz e o dinheiro na cueca são invenções; que Paulo Guedes é um gênio, que não está cometendo as maiores maracutaias em favor de banqueiros; que o Meio Ambiente é invenção de comunistas, etc e tal.

Aprenda de uma vez por todas, Malacheia: rachadinha não é corrupção; vice-líder do Governo não é Governo; depósitos na conta da terceira dama não são corrupção; a corrupção acabou, porra!

Brasil, dívida interna

Uma fatura de R$643 bilhões em dívidas do Governo Federal vence entre janeiro e abril. O valor é mais que o dobro da média registrada nos últimos cinco anos. Em quatro meses, o Tesouro terá que pagar à banca exatos 15,4% da dívida interna brasileira. Vai rolar a promissória? Isso depende do nível de confiança da banca. O Banco Central já deu até o nome ao nó que deverá ajudar a desatar: Choque Fiscal. Até o final do ano a dívida pública deve chegar ao equivalente a 100% do PIB. E isso é motivo de desconfiança para os donos do dinheiro. Abril vai ser a data do desespero: R$315 bilhões milhões do papagaio oficial estarão vencendo. Quem esperava medidas populistas do Governo e investimentos em obras públicas, pode dobrar a dose do sonífero e continuar dormindo.

Heleno não perde as manias

O general Heleno, que tem em seu currículo o trabalho de ajudante de ordens do General Frota, ultra-direitista demitido pelo “comunista” Ernesto Geisel, além de uma passagem desastrada pelo comando dos Boinas Azuis da ONU no Haiti, admitiu que mandou gente da ABIN monitorar “maus brasileiros” na Conferência do Clima da ONU. Bons brasileiros são aqueles que desmatam e incendeiam a Amazônia e o Pantanal, grilam e garimpam em terras indígenas e querem acabar com os mangues e restingas. Vai vendo!

Batom na cueca

Mais sujo que o dinheiro que estava na cueca do Senador, aquele que manteve uma “relação estável” com Mr. Borsalino, foi o fato do sobrinho do Presidente exercer o cargo de assessor parlamentar do dito cujo indigitado Chico, ganhando 23 mil lascas por mês. Bota relação estável nisso. Bolsonaro, em contrapartida, andou dando emprego para um parente em primeiro grau do Senador, também com um alto salário. A corrupção acabou, porra!

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: