Pular para o conteúdo

Fome pode matar mais que a pandemia ainda neste ano de 2020

31/08/2020

O número de pessoas que passam fome em 2020 pode ser até 132 milhões maior do que se estimava anteriormente, segundo algumas projeções. Devido a pandemia, há dificuldade na cadeia de abastecimento de alimentos, economias debilitadas e menor poder de compra do consumidor.

A tendência é que até o fim do ano, a Covid-19 cause um número maior de mortes diárias devido a fome, do que pela infecção do vírus. Isso acontece em uma época de enormes superávits globais de alimentos. As projeções são alarmantes até mesmo para países que tinham relativa estabilidade nos indicadores de segurança alimentar.

Em Nova York, por exemplo, as pessoas estão aguardando em média oito horas na fila de espera por uma cesta básica, enquanto agricultores destroem plantações de alface na Califórnia e deixam frutas apodrecendo nas árvores no estado de Washington.

Na Uganda, bananas e tomates estão se acumulando nas feiras livres. Mesmo reduzindo os preços, não há estímulo suficiente para as vendas, devido ao alto número de desempregados. Filipinas, China e Nigéria sofrem com os congestionamentos logísticos, que já fizeram os países a deixarem cargas de arroz e carne em portos no início do ano.

Na América do Sul, a Venezuela sofre com a fome generalizada. A situação também é grave na Argentina, região rica em agricultura e que exporta alimentos para o mundo, lidera o aumento da fome neste ano, de acordo com o Programa Mundial de Alimentos da ONU.

De acordo com as estimativas da Oxfam Internacional, ao final do ano, até 12.000 pessoas podem morrer diariamente de fome causada pela Covid-19, potencialmente mais do que o número de mortes causadas pelo próprio vírus. O cálculo é baseado em um salto de mais de 80% na população sujeita a fome crítica.

5 Comentários leave one →
  1. silvano leal neto permalink
    31/08/2020 15:47

    É só devolver o dinheiro que um bando de ladrões receberam do Governo Federal para enfrentar a Covid-19 , que o povo recebe, se alimenta e agradece, sem prejuízo da cadeia para os corruptos. Porque não publicam assim?

  2. George permalink
    01/09/2020 10:23

    O governo do PT deixou 300 bilhões de dólares de reservas em caixa. Dinheiro esse que nosso governo atual, além de torrar pra não deixar que que o dolar chegue a 10 reais, tá “generosamente” dando a quem mais precisa: Os bancos.

    Estamos de volta aos anos 80. Que tragédia, meu Deus.

    Nota da Redação:
    Na verdade, quase 400 bilhões de dólares de reserva. Tanto dinheiro que o Banco Central enviou à Secretaria do Tesouro 300 milhões de reais, advindos da valorização do dolar, recentemente. Uns 50 bilhões o Jegues gastou tentando segurar a cotação do dólar, sem sucesso. Em contrapartida a dívida pública cresceu muito nos anos de Dilma e explodiu nos últimos quatro anos. Ciro Gomes diz que esse dinheiro das reservas deveria ser usado para um projeto de desenvolvimento, ancorado na geração de emprego e renda. E a bem da verdade, com o PIB caindo quase 10% nos últimos meses de pandemia, não existe alternativa. O PIB caiu 11,4 % na comparação com o segundo trimestre de 2019. Ou queimamos as reservas ou entramos na mais profunda recessão.

  3. Ronaldão permalink
    01/09/2020 15:31

    Qualquer um pode ir ao Google e pesquisar. Os governos do PT triplicaram o tamanho da economia nacional. Portanto, quem quebrou o país foi o golpe de estado com os governos que vieram depois. E só não estamos no mais profundo abismo por causa justamente dessa reserva de quase 400 bilhões. Ainda bem que ainda temos cabeças pensantes nesse país.

  4. Agda permalink
    01/09/2020 15:47

    A dívida pública cresceu mesmo foi no horrendo governo fhc. Em 1995 era de 43 bilhões de reais e no fim do governo dele era de 987 bilhões. Segundo Ciro, fhc quebrou o país 3 vezes. Agora o governo atual quer terminar o serviço que fhc não conseguiu. Uma pesquisa rápida no Google tras a verdade bem clara pra quem quiser ver.

Trackbacks

  1. A fome ronda 20,7 milhões de brasileiros, segundo IBOPE e UNICEF | Jornal O Expresso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: