Pular para o conteúdo

Witzel é afastado do Governo e sua esposa é implicada como laranja.

28/08/2020

Depósitos na conta da primeira dama do RJ embasaram decisão da Justiça. Esposa e laranja. Sim, nós soubemos como funciona.

A decisão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) que levou ao afastamento do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, conta em detalhes como Helena Witzel, primeira-dama, atuava como laranja do marido nos esquemas de corrupção levados adiante pelo governo.

Segundo informações de Robson Bonin, da coluna Radar (revista Veja), na denúncia de mais de 400 páginas oferecida pela PGR ao STJ, os investigadores afirmam que as quatro empresas que contratam o escritório de Helena ”são ligadas a membros da organização criminosa”.

Foram encontrados “na nuvem”, dois e-mails enviados pelo próprio Witzel para Helena. O conteúdo demonstraria que ele “pessoalmente participou” da tratativa de honorários advocatícios com o Hospital Jardim Amália.

“Na sequência, WILSON JOSÉ WITZEL encaminhou a minuta de contrato para si próprio, às 11h20min do mesmo dia, mais uma vez”, diz a peça. “Demonstrado que era ele próprio quem cuidava do contrato, mantendo uma cópia consigo”.

Ainda de acordo com informações da PGR, os elementos com relação a cada uma das empresas, “apontam a forma pela qual o escritório da primeira-dama Helena Witzel, casada em regime de comunhão universal de bens com o Governador Wilson Witzel, foi utilizado para receber dinheiro oriundo de corrupção e lavar ativos provenientes da organização criminosa”.

Da redemocratização do País, em 1987, até hoje, só dois governadores não foram afastados do Governo do Rio de Janeiro: Benedita da Silva e Leonel Brizola. O afastamento de Witzel é uma vitória de Bolsonaro, mas a derrota da maioria dos seus apoiadores, entre eles o famoso presidente do PSC, pastor Everaldo, envolvido até a cintura na roubalheira. 

Após decisão monocrática de hoje, o pleno do STJ vai analisar o afastamento de Witzel na quarta-feira. Enquanto isso, Bolsonaro, o justo, condiciona sua volta ao PSL à expulsão de deputados e senador que o abandonaram na dissensão do Partido.

One Comment leave one →
  1. josé de oliveira permalink
    28/08/2020 14:46

    A PGR está dando o maior apoio à família bolsonaro ao pedir o afastamento do governador do Rio, com isso, as investigações de rachadinhas e rachadões perdem forças, ai o Rio de Janeiro passa a ser não só uma cidade maravilhosa, mas um Estado maravilhoso para a família bolsonaro cantar e cantar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: