Pular para o conteúdo

Pense num absurdo: no Brasil de hoje, tem precedentes.

29/07/2020

Sede do Banco do Brasil: um negócio muito estranho pode ter sido uma tremenda negociata.

O Banco do Brasil distribuiu uma nota à imprensa nesta terça-feira (28), negando irregularidades numa operação com o banco BTG Pactual. O BB está sendo criticado por partidos políticos e sindicatos por supostamente vender barato demais uma carteira de crédito.

A carteira tem R$ 2,9 bilhões em dívidas vencidas e foi vendida por R$ 371 milhões. Uma carteira de crédito com dívidas vencidas reúne um grupo de devedores (pessoas ou empresas) que não pagam seus débitos já há algum tempo. O banco original, cansado de não receber, pode querer se livrar disso. Um banco pode comprar esses créditos para tentar receber essa dívida, com lucro.

Mesmo esquecendo que o ministro da Economia, Paulo Guedes, foi fundador do Banco BTG; esquecendo também que o Presidente do Banco do Brasil pediu sua demissão e saiu dizendo que todo mundo “tem rabo preso” em Brasília; fazendo de conta que o BB deu como vantajosa a venda por apenas 12,4% do seu valor de face, sem contar com a possibilidade de juros e correção monetária; e esquecendo, outrossim, que é controversa a transparência da licitação dessa venda de ativos, é bom lembrar que, neste governo, a palavra “patético” está ganhando todo o dia uma nova conotação.

Parodiando o governador Otávio Mangabeira e pedindo escusas à sua memória, poderíamos citá-lo:

“Pense num absurdo. No Brasil de hoje tem precedentes.” 

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: