Pular para o conteúdo

Ciclone no Sul: 7 mortes, 1 desaparecido e dezenas de feridos.

01/07/2020

Ciclone extra-tropical deixou um rastro de destruição, sete mortos, um desaparecido e dezenas de feridos com maior ou menor gravidade. Foram registrados ventos de até 120 km/hora.

Ao menos sete pessoas morreram durante a passagem de um “ciclone bomba” na região Sul do País.

Em Santa Catarina, três mortes foram registradas em Tijucas, uma em Santo Amaro da Imperatriz, uma em Chapecó e uma em Ilhota. No Rio Grande do Sul, uma morte também foi registrada.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina (CBMSC), uma pessoa segue desaparecida em Brusque. O forte temporal também provocou diversos estragos.

Os principais registros recebidos pelo CBMSC foram de queda de árvore e destelhamento. Os fortes ventos dificultam também a comunicação, já que muitas cidades estão sem sinal de telefone e internet ou sem luz.

O “ciclone bomba” deve continuar nesta quarta a provocar forte ventania na região Sul.  As rajadas de vento podem chegar a 130 km/h em algumas cidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, de acordo com a MetSul Meteorologia.

Assim como ontem, há possibilidade de queda de árvores, postes, destelhamentos e colapso de estruturas hoje. O fenômeno deve começar a perder força a partir da tarde.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: