Pular para o conteúdo

Escritório do Crime, no Rio de Janeiro, sofre ação do MP e Polícia Civil.

30/06/2020

Um dos maiores problemas de segurança pública do Rio de Janeiro, a ação de milicianos, a maioria deles policiais expulsos, aposentados ou ainda ativos na PM, está sofrendo um forte abalo na manhã de hoje.

Ministério Público e a Polícia Civil do Rio de Janeiro deflagraram, na manhã desta terça-feira (30/06), uma operação para cumprir quatro mandados de prisão e 20 de busca e apreensão contra o chamado “escritório do crime“.

O grupo, formado por milicianos, é investigado por uma série de crimes, incluindo o assassinato da vereadora Marielle Franco e do seu motorista, Anderson Gomes, ocorrida em março de 2018.

De acordo com informações do site G1 e do Metrópoles, o primeiro alvo a ser preso nesta manhã foi Leonardo Gouveia da Silva, o Mad ou Paraíba, que estava em uma mansão em Vila Valqueire, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O escritório do crime é alvo de investigações há mais de 10 anos pela prática de crimes como assassinatos e execuções por encomenda.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: