Pular para o conteúdo

O fiasco de Brasília, a convocação para o golpe e o celular de Bebianno.

21/06/2020

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) passou vergonha com a manifestação desmilinguida em seu apoio, neste domingo (21), em Brasília. Convocada por organizações bolsonaristas, como o obscuro “Movimento Deus, Pátria, Família”, era para ser uma “megamanifestação” contra a Globo, Folha, STF e Congresso.

Apesar de convocação de golpe em cerimônia fúnebre no Rio de Janeiro, Bolsonaro tem motivos para aumentar a dose do calmante: o celular do ex-ministro Gustavo Bebianno, morto em março passado, já está no Brasil. O aparelho viajou dos Estados Unidos para o Brasil em primeira classe, em total segurança, revela a colunista do UOL Thaís Oyama.

O celular de Gustavo Bebianno é mais um ingrediente para a novela policialesca envolvendo o presidente Bolsonaro, seus filhos, advogados e cupinchas. A colunista lembra que o ex-ministro disse numa entrevista na Jovem Pan, antes de morrer, que tinha deixado “um material, inclusive fora do Brasil” caso lhe acontecesse algo.

Bebianno morreu subitamente de infarto, em março, após iniciar uma jornada de entrevistas. Ele era pré-candidato à Prefeitura do Rio pelo PSDB.

O que tinha no celular do ex-ministro Bebianno? Segundo ele próprio, muitos áudios comprometedores com diálogos potencialmente destruidores para o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e “questões muito pesadas”.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: