Pular para o conteúdo

Pesquisa diz que número de contaminados é 7 vezes superior.

26/05/2020

Os Estados Unidos tem oficialmente 1.706.226 casos positivos. O Brasil tem 374.000. Mas se for multiplicado por 7 teremos 2.618.000 contaminados. Quase um milhão a mais que nos EUA.

Pela taxa de mortalidade dos norte-americanos, teríamos aqui 156.765 mortes. Até fim de julho ou início de agosto, observando as curvas de disseminação também dos EUA.

E aí ficará muito difícil provar uma boa gestão da crise sanitária para qualquer autoridade da áreas, nos três níveis federativos, municípios, estados e Governo central. Da redação.

A pesquisa realizada pelo Universidade Federal de Pelotas em 133 cidades brasileiras concluiu que o País tem sete vezes mais contaminados por Covid-19 do que mostram as estatísticas oficiais.

Levantamento fez 25.025 entrevistas em 133 municípios, entre eles Barreiras, aqui na Bahia. Entre as conclusões está que 1,4% da população tem anticorpos para a doença.

O levantamento foi realizado durante uma semana, entre 14 e 21 de maio, para testar a presença da doença na população.

Isso quer dizer que em um grupo de sete pessoas com o coronavírus, apenas uma sabe que está infectada.

No Nordeste, Fortaleza Recife têm os maiores índices de infectados.

Em São Paulo, 3% foram infectados. No Rio de Janeiro, 2%. Na região Sul, apenas Florianópolis apresentou prevalência superior a 0,5%.

Na região Centro-Oeste, a pesquisa não encontrou caso positivo nas 9 cidades estudadas, apesar de já existir casos e mortes confirmados.

Das cidades visitadas, 21 eram capitais. Os domicílios e as pessoas testadas foram escolhidos por sorteio. Os pesquisadores também analisaram a proporção da população que se contaminou em cada região do país.

Como é feita a pesquisa

O levantamento já teve três etapas concluídas no Rio Grande do Sul. Pesquisadores do Ibope, participantes do projeto, com equipamentos de proteção individual, foram a campo e fizeram 25.025 entrevistas. Aplicaram também testes rápidos para o coronavírus em 133 municípios de todos os estados do país, incluindo o Distrito Federal.

Em 90 cidades, conseguiram testar pelo menos 200 pessoas. Essa amostragem representa pouco mais de um quarto da população brasileira, com 54 milhões de habitantes.

A pesquisa mostra ainda que nas 90 cidades, a proporção de pessoas com anticorpos foi estimada em 1,4%, podendo variar de 1,3% a 1,6% pela margem de erro da pesquisa.

A partir dos resultados dos testes, os pesquisadores calculam que um total de 760 mil brasileiros nestas áreas foram infectados. Na véspera da pesquisa, os números oficiais apontavam, nestas 90 cidades, 104.792 casos confirmados do coronavírus, e 7,6 mil mortes.

Para o coordenador da pesquisa e reitor da UFPel, Pedro Curi Hallal, o número é “preocupante”. “Essas outras pessoas que têm o coronavírus e não sabem involuntariamente podem transmitir para outras pessoas. E isso faz com que a epidemia continue crescendo nesse ritmo preocupante que tem ocorrido no Brasil”, disse.

O reitor ainda reforça as recomendações de isolamento social, devido às taxas crescentes da doença.

“Enquanto as curvas no Brasil não estiverem na descedente ou enquanto a taxa de transmissão brasileira for recordista mundial, nossa recomendação dos cientistas para a população é ficar em casa o máximo possível não há nenhuma recomendação científica que justifique a flexibilização das medidas de distanciamento social nesse momento “, afirma.

Do G1 e RBS TV, editado por O Expresso.

O isolamento social continua sendo o único remédio para evitar a contaminação. O exemplo da Suécia, citado pelo presidente Bolsonaro como exemplo para não fazer o isolamento, hoje tem o maior índice de contaminação da Europa.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: