Pular para o conteúdo

Bolsonaro festeja “Carreata da Morte”, chama a Oposição para o confronto com apoio do “povo e dos militares”.

03/05/2020

A cadela do fascismo está sempre no cio.

A bestialização – fruto da ignorância – sintetiza sua negação ao diálogo e às primícias essenciais do processo civilizatório.

Remonta-nos à barbárie e à descrença nas instituições democráticas.

Um dia após depoimento do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, à Polícia Federal, Jair Bolsonaro recebe apoio em um ato em Brasília. De manhã, o Distrito Federal amanheceu com um acampamento em defesa de Bolsonaro e contra o Congresso – com ataques explícitos ao presidente da Câmara de Deputados, Rodrigo Maia – e com uma carreata com os mesmos objetivos.

Bolsonaro encontrou os manifestantes no Palácio do Planalto e, novamente, defendeu o fim da quarentena com o pretexto de que não se pode deixar os efeitos colaterais do combate ao coronavírus serem mais prejudiciais que o próprio vírus.

“Infelizmente, muitos serão infectados e perderão suas vidas, mas é uma realidade”, disse.

Bolsonaro também aproveitou para atacar os governadores estaduais, colocando a culpa neles pelo desemprego de milhares de trabalhadores durante a pandemia.

Em frente ao ato com bandeiras do Brasil, Israel e Estados Unidos, ele também declarou:

“Nós temos o povo ao nosso lado e as Forças Armadas ao lado do povo”.

A declaração é feita em momento de grande crise do Planalto com setores do Judiciário e do Legislativo. Além disso, muitas faixas pela intervenção militar, religiosas e contra os outros poderes podem ser vistas carregadas pelos manifestantes.

Com 247, editado.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: