Pular para o conteúdo

Coronavírus: casos suspeitos no Brasil são 132. Mas podem passar de 300.

28/02/2020

Chegou a 132 o número de casos suspeitos de infecção pelo novo coronavírus no Brasil. Até o momento, foi confirmado 1 caso de Covid-19 – nome científico atribuído à doença transmitida pelo vírus que se espalhou a partir da China–, em São Paulo.

Destes casos suspeitos, 121 têm histórico de viagem para países com incidência da doença, 8 são de contatos com casos suspeitos e 3 foram de contatos com o caso confirmado. Os dados são do boletim do Ministério da Saúde, atualizado às 12h desta 5ª feira (27.fev.2020).

Os pacientes monitorados pelas autoridades de saúde estão espalhados por 14 Estados, mais o Distrito Federal.

A pasta informou que há ainda 213 notificações de casos que não foram analisados se estão entre os critérios para diagnóstico do Covid-19. A estimativa é que o número de suspeitos possa chegar a 300.

O Ministério da Saúde informou também que decidiu antecipar em 23 dias a campanha nacional de vacinação contra a gripe devido ao temor provocado pelo Covid-19. Agora, a campanha terá início em 23 de março.

“Por que fazer a campanha? Por que recomendar a vacina? Se essa vacina, ela me dá cobertura, ela deixa o sistema imunológico do indivíduo de 80%, daqueles que tomam a vacina, protegidos contra essas cepas de influência, essas cepas virais que estão circulando que são milhares de vezes mais comuns que o corona vírus, para 1 eventual profissional de saúde, 1 médico, na hora que 1 indivíduo 1 mês depois, 2 meses depois, se ele tem 1 quadro gripal ele informa que foi vacinado ele auxilia muito o raciocínio desse profissional para pensar na possibilidade de outras viroses, que não aquelas que são cobertas pela vacina”, explicou.

Brasil e OMS

Mandetta afirma que os governos federal, estadual e municipal têm seguido todas as orientações da Organização Mundial da Saúde. No entanto, cobrou que a organização classifique o Covid-19 como uma “pandemia”, reconhecendo que o novo coronavírus afeta pessoas ao redor do mundo.

“Vamos nos concentrar em 3 medidas: testes rápidos a disposição dos ambulatórios; procura de 1 retroviral; e objetivar uma vacina”, disse o ministro ao falar sobre as ações do governo federal em sequência da OMS.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: