Pular para o conteúdo

Boeing já perdeu 8 bilhões de dólares com o 737 Max e pode perder muito mais até março

10/12/2019

Do InfoMoney, editado.

 A companhia aeroespacial Boeing apresentou a acionistas um plano de ação para lidar com os problemas do 737 Max, modelo de aeronave suspenso desde março deste ano após dois acidentes fatais em menos de cinco meses. Dentre os planos, que visam restaurar a confiança dos passageiros, pilotos e tripulação, a companhia menciona três reparos centrais no software de bordo. As informações foram obtidas pela CBS News.

Conhecido como MCAS, o software utilizado no modelo é considerado responsável pela falha que fez os pilotos perderem o controle das duas aeronaves acidentadas. O problema identificado foi que a ponta dos aviões apontava automaticamente para baixo logo após a decolagem.

Até pouco tempo atrás, a Boeing, que já perdeu mais de US$ 8 bilhões graças aos acidentes, estimava que o modelo estaria apto a voar normalmente (com todas as permissões da autoridade americana de aviação) já neste ano. Agora, representantes reconhecem a probabilidade de a meta não ser cumprida. A previsão dos reguladores é março de 2020.

Outra mudança será sobre o livre arbítrio dos pilotos para desativar o sensor após a ativação automática. Nesse caso, ele não será ligado automaticamente de novo – essa é a terceira mudança significativa no sistema.

A companhia disse aos acionistas que já realizou 1.850 horas de voo com a atualização do sistema e passou mais de 100.000 horas no desenvolvimento.

No Brasil, a única companhia aérea que possui aeronaves do modelo 737 Max em sua frota é a Gol, com 8 aeronaves paradas nos hangares de Belo Horizonte e mais 7 aeronaves esperando autorização de voo na fábrica da Boeing.

A sensação que existe no mercado internacional de aviação é que os crescentes prejuízos enfrentados pela Boeing possam levar a recém adquirida Embraer a uma situação de penúria, sem novos investimentos.

Atualmente a empresa brasileira, a joia da coroa da indústria tecnológica brasileira, entregue a Boeing por apenas 4,2 bilhões de dólares, se encontra em férias coletivas até janeiro e as suas ações tem encontrado oscilações abruptas na Bolsa de Valores.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: