Pular para o conteúdo

LEM: Embasa retoma obra para expandir acesso à rede coletora de esgoto no bairro Santa Cruz

29/08/2019

Desde a última segunda-feira (26), a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) retomou as intervenções para expandir o acesso à rede de esgotamento sanitário no bairro Santa Cruz, em Luís Eduardo Magalhães, no Oeste da Bahia. Ao longo de toda a semana, a obra vai se concentrar na rua Ibitiba, segundo cronograma, sendo interrompido tráfego, das 8h às 18h para a implantação dos ramais prediais e das caixas de inspeção. O trabalho sempre será iniciado e concluído no mesmo dia. A recomposição do asfalto do trecho onde o asfalto foi danificado para a intervenção será recuperado nesta sexta-feira (30).

As obras no bairro Santa Cruz foram retomadas depois de finalizadas a fase de expansão no Centro de Luís Eduardo Magalhães junto aqueles imóveis que ainda não tinham acesso à rede por meio dos ramais prediais e as caixas de inspeção. Até o mês de outubro, a empresa responsável por executar os acessos para ligação dos imóveis à rede de esgoto deve concluir os trabalhos, permitindo que mais 5,5 mil imóveis sejam beneficiados com coleta e tratamento de esgoto doméstico.

O gerente regional da Embasa, Francisco Araújo, explica que a empresa está acelerando as intervenções na cidade até outubro, quando é previsto o início da retomadas chuvas, dificultando as escavações para a implantação na rede. “É uma obra necessária e vem sendo realizada em ruas onde já existe a rede coletora, mas que ainda não tem os ramais, que é a estrutura que vai coletar e transportar o esgoto dos imóveis para esta rede”, afirma.

Investimento

Nos últimos quatro anos, a empresa investiu R$ 21,6 milhões em reparos no sistema de esgotamento sanitário de Luís Eduardo Magalhães – rede coletora, estações de bombeamento e estação de tratamento – para garantir que os esgotos domésticos sejam coletados dos imóveis e transportados até a estação de tratamento para retornar de forma segura ao meio ambiente. Neste ritmo, a previsão é que até o final de deste ano a cobertura de atendimento do serviço de esgotamento sanitário atinja 68%, saindo dos atuais 40%.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: