Pular para o conteúdo

Você viu o Queiroz por aí? Eu não, eu não!

17/06/2019

Deixou a prisão na semana passada o homem com quem a Polícia Civil do Rio de Janeiro encontrou, em março, 117 fuzis incompletos pertencentes ao sargento reformado da Polícia Militar Ronnie Lessa, réu pelo assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes.

Embora as armas não estivessem completas, tratou-se da maior apreensão de fuzis da história do estado.

Alexandre Motta de Souza teve a prisão preventiva revogada pela Justiça.

Segundo a Seap-RJ (Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro), ele deixou o Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste carioca, por volta do meio-dia.

Por falar em sargento e miliciano, alguém viu o Queiroz por aí? Ninguém viu, não é? Isso serve para a gente entender que Milícia, Polícia Civil, Polícia Federal e Justiça tem profundos laços de amizade e colaboração.

Já tentaram perguntar ao seu amigo de pescaria e churrascada, o capitão Jair Messias?

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: