Pular para o conteúdo

Risco iminente de queda de barragem da Vale em Barão de Cocais interdita até ferrovia

19/05/2019

O risco de rompimento da barragem Sul Superior, na mina Gongo Soco, em Barão de Cocais (MG), fez a Vale interditar parte da ferrovia que liga Belo Horizonte a Vitória (ES).

Controladora da barragem e também da EFVM (Estrada de Ferro Vitória a Minas), a Vale interditou trecho da linha férrea que passa nas imediações da mina de Gongo Soco.

A ferrovia é uma das duas regulares no transporte de passageiros no país –a outra é a Estrada de Ferro Carajás, que liga Parauapebas (PA) a São Luís (MA).

Em um documento produzido pela mineradora, obtido pela Promotoria de Minas Gerais, a Vale estima que a barragem corre risco de rompimento entre domingo (19) e o dia 25 de maio. Foi identificada uma deformação no talude (encosta que garante estabilidade) na cava da mina, a cerca de 100 km da capital mineira.

A interdição na ferrovia ocorre desde esta quinta-feira (16) e é válida por tempo indeterminado, de acordo com a Vale. Quem parte da estação Belo Horizonte vai embarcar em ônibus disponibilizados pela Vale e será levado até a estação Dois Irmãos, em Barão de Cocais. As estações ficam cerca de 80 quilômetros distantes entre si. De lá, o passageiro seguirá a viagem por trem.

Já para quem faz a rota no sentido inverso, ou seja, Vitória-Belo Horizonte, o desembarque será na estação Dois Irmãos e o restante da viagem será feito por rodovia até a estação na capital mineira. Os trens têm partidas diárias: às 7h, deixa Cariacica, na região metropolitana de Vitória e, antes da interdição do trecho ferroviário, chegava a Belo Horizonte por volta das 20h10. Já as composições que viajam no sentido contrário deixam a capital mineira às 7h30 e chegam na última estação às 20h30.

De acordo com a Vale, com as alterações é possível que ocorra atraso nas viagens –passageiros poderão solicitar reembolso do valor pago. São 29 estações no trajeto, que passa por cidades como Ipatinga, Governador Valadares, Conselheiro Pena –todas em Minas– e Colatina, já no Espírito Santo. Da Folha Press, com edição do Bahia Notícias e O Expresso.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: