Pular para o conteúdo

Os japoneses da Honda de volta ao pódio depois de 4 anos de sofrimento

17/03/2019

A Red Bull fez referência a uma das famosas frases de Fernando Alonso, depois que a Honda os colocou no pódio na Austrália, neste domingo.

“Agora podemos lutar!  P3 para @ Max33Verstappen em Melbourne garante um primeiro pódio para @ HondaRacingF1 desde o GP da Inglaterra de 2008!”

A frase refere-se às queixas de Alonso sobre o Motor Honda, quando a McLaren os usava: ao usar o motor Renault, o piloto espanhol elogiou a força da Renault.

A verdade é que a McLaren há muito tempo não tem um carro equilibrado (só 12ª colocada na Austrália) e só tem condições de disputar a zona inicial dos pontos. E que a Red Bull sacrificou toda a temporada passada da Toro Rosso, sua subsidiária, para testar à exaustão melhoramentos no motor Honda.

Verstappen: abrindo a temporada no pódio e com velocidade semelhante à Mercedes.

O fato de Verstappen ter feito uma corrida madura, ultrapassando Vettel com facilidade e pressionando Hamilton pelo segundo lugar, deixou a Red Bull e os japoneses da Honda eufóricos.

Período de glórias

A Honda retornou a Fórmula 1 como fornecedor de motores entre 1983 e 1992, para as equipes Spirit (1983), Williams (1983-87), Lotus (1987–88), McLaren (1988–92) e Tyrrell (1991). Seus motores eram considerados os melhores na época, potentes e confiáveis.

As vitórias dos carros que utilizaram os motores Honda somados contabilizam 71 vitórias até o fim de 92. Neste período os motores Honda conquistaram seis títulos de construtoras (duas vezes com a Williams e quatro com a McLaren) e cinco pilotos campeões (três vezes com Ayrton Senna, uma com Nelson Piquet e outra com Alain Prost).

A Honda retornou novamente em 2000, fornecendo motores para a British American Racing (BAR). Ela também forneceu motores para a Jordan nas temporadas de 2001 e 2002. Isso levaria a uma batalha pelo direito de usar os motores Honda a longo prazo. Em 2003, apesar de ter apresentado uma melhora em relação as duas temporadas anteriores, a Honda deixou de fornecer para a equipe Jordan. Em meados de novembro de 2004, a Honda comprou 45% da equipe BAR da British American Tobacco (BAT, fundadora e proprietária da BAR) após a melhor temporada da BAR, quando conseguiu o segundo lugar na temporada de 2004, um ano dominado por Michael Schumacher e Ferrari.

Honda Racing F1 Team (2006–2008)

Em 2004, ela adquiriu 45% das ações da equipe BAR, e em dezembro de 2005, a Honda comprou os 55% remanescentes. A equipe, rebatizada Honda Racing F1 Team, teve a primeira operação 100% Honda na Fórmula 1 desde 1968. A BAR continuou como patrocinador, com a marca Lucky Strike em 2006, mas se retirou em 2007.

Na primeira temporada após seu retorno com equipe própria, a Honda conquistou, com Jenson Button, a primeira vitória no GP da Hungria, em Hungaroring. Button terminou o ano em sexto lugar no campeonato com 56 pontos e Rubens Barrichello ficou em sétimo com 30 pontos. O total de 86 pontos marcados pelos dois pilotos, deram à equipe o quarto lugar no Campeonato Mundial de Construtores.

Veja os resultados do GP da Austrália a seguir:

1) # 77 Valtteri Bottas (Mercedes)
2) # 44 Lewis Hamilton (Mercedes)
3) # 33 Max Verstappen (Red Bull/Honda)
4) # 5 Sebastian Vettel (Ferrari)
5) # 16 Charles Leclerc (Ferrari)
6) # 20 Kevin Magnussen (Haas/Ferrari)
7) # 27 Nico Hülkenberg (Renault)
8) # 7 Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)
9) # 18 Lance Stroll (Racing Point/Mercedes)
10) # 26 Daniil Kvyat (Toro Rosso/Honda)
11) # 10 Pierre Gasly (Red Bull/Honda)
12) # 4 Lando Norris (McLaren/Renault)
13) # 11 Sergio Pérez (Racing Point/Mercedes)
14) # 23 Alexander Albon (Toro Rosso/Honda)
15) # 99 A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
16) # 63 George Russell (Williams/Mercedes)
17) # 88 Robert Kubica (Williams/Mercedes)
18) # 8 Romain Grosjean (Haas/Ferrari)
19) # 3 Daniel Ricciardo (Renault)
20) # 55 Carlos Sainz (McLaren/Renault)

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: