Pular para o conteúdo

Kassab era freguês da JBS, assim como mais duas centenas de políticos

04/01/2019

A Polícia Federal identificou pagamentos na quantia de R$ 23 milhões da JBS a empresas ligadas ao ex-ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, do governo Michel Temer, Gilberto Kassab (PSD). A informação foi divulgada hoje (4) pela Folha. 

O valor consta no relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), no inquérito que investiga repasses de R$ 58 milhões feitos pelos irmãos Joesley e Wesley Batista a Kassab e a seu partido. 

Kassab trabalha atualmente como secretário da Casa Civil de São Paulo, no governo João Doria (PSDB), mas está licenciado para se defender das suspeitas de recebimento de propina pela JBS. 

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: