Pular para o conteúdo

Haddad tem encontro com Comandante do Exército e lamenta fuga de Bolsonaro dos debates

11/10/2018

REUTERS/Rodolfo Buhrer

Em reunião com o PSB, em São Paulo, o presidenciável do PT, Fernando Haddad, confirmou nesta quarta-feira que esteve com o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas. “Foi uma boa conversa”, disse. “Vamos defender os direitos sociais, os direitos trabalhistas e as liberdades democráticas, o campo progressista unido pelo Brasil.”

Ao ser questionado sobre o diálogo com as Forças Armadas, Haddad disse que não usa emissários, pois ele próprio e a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), buscam o diálogo. Na conversa com o general Villas Bôas, o candidato afirmou ter “apreço” às Forças Armadas. “Não vamos ter um Brasil forte, sem defender os direitos do povo”, afirmou. “Ele (Villas Bôas) compreendeu.”

Pela manhã, Haddad se reuniu com os governadores de Pernambuco, Paulo Câmara, e da Paraíba, Ricardo Coutinho, ambos do PSB. Participou do encontro o governador eleito pelo PSB na Paraíba, João Azevedo. Também declararam apoio a Haddad o PSol e, de forma crítica, o PDT. Participaram do encontro, os governadores do Piauí, Wellington Dias, e Rui Costa, do PT.

Visita da Polícia Federal

O engraçadinho que postou um vídeo apertando as teclas da urna com uma arma, hoje recebeu uma visitinha da Polícia Federal. Ele foi identificado através de softwares de identificação de imagens e agora responderá por crime de queda do sigilo do voto e pode ser condenado até 4 anos de prisão. Maycon Santana é de Cornélio Procópio, no Paraná, e disse estar bêbado na hora da votação. Outros dois casos de ameaças ao candidatos estão sendo investigados por policiais federais. 

Debates frustrados

Ontem o candidato Fernando Haddad mostrou-se frustrado pela negativa de seu opositor, Jair Bolsonaro, em participar dos debates televisados. Bolsonaro providenciou laudos médicos que atestam sua “incapacidade” de participar dos debates.

– Vou debater até numa enfermaria, se for necessário, diz Haddad. 

Mais de 10 pontos percentuais atrás do seu adversário, conforme pesquisas divulgadas ontem, Haddad vê como única saída enfrentar Bolsonaro nos debates televisivos. O fato fica mais grave quando se noticia que a curriola dos partidos do Centrão e dos próprios ex-grandes partidos como PSDB e MDB estão migrando para a campanha. 

Mais uma vez se torna verídica a afirmação de que os brasileiros merecem os políticos que tem.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: