Pular para o conteúdo

Gilmar Mendes diz que réu pode ser candidato à Presidência

29/08/2018

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou, na tarde desta quarta-feira (29/8), ao Correio Braziliense, que “não existe impedimento para que réus em ação penal sejam candidatos à Presidência”.

O ministro fez as declarações em conversa com jornalistas pouco antes da sessão plenária, que começou por volta das 14h20. O deputado Jair Bolsonaro, que disputa as eleições pelo PSL é réu em duas ações penais na Corte, e uma denúncia que o acusa de racismo será julgada na próxima semana pelo Tribunal.

Gilmar afirmou que existe “um assanhamento” para que o Poder Judiciário atue nas questões eleitorais. O magistrado afirmou que se for adotada a prática de impedir réus na corrida eleitoral, não sobrará ninguém para ser candidato.

“Judicializando isso tudo, vocês vão entregar o poder a quem? Daqui a pouco vão dizer o Haddad também tem uma ação, o Alckmin também tem uma ação… Vamos pegar o que o texto constitucional diz. Não existe impedimento. Existe um assanhamento sobre isso. Vocês estão contribuindo para a vitimização”, afirma.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: