Skip to content

O Brasil, auto-suficiente em combustíveis, sofre todo tipo de ataque dos poderosos

03/06/2018

Usina de etanol de milho no MT

O Brasil está entre as 77 nações com a gasolina mais cara do mundo, com o custo de 1,18 dólares por litro. Em compensação, noventa países, onde foi feito levantamento recente, vendem a gasolina com preços muito menores. Sem contar que a gasolina brasileira é batizada com 27% de álcool anidro, de produção mais em conta que o derivado de petróleo.

Para piorar todo o cenário, o País parou de investir em refinarias e deixou quebrar mais de 50 destilarias de etanol. No intervalo, financiou apenas uma destilaria de álcool de milho, no Mato Grosso, onde o cereal chega a custar apenas 10 reais a saca de 60 quilos, pela distância aos centros consumidores, estados do Nordeste e Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O milho produz 4.000 litros de álcool por hectare e os Estados Unidos transformam mais de 100 milhões de toneladas do cereal em etanol. Até nas corridas da Fórmula Indy os motores são alimentados com etanol de milho.

O Brasil tem futuro. Quem não têm são os homens do poder, que fazem qualquer coisa para entregar a capacidade energética e produtiva do País aos interesses estrangeiros.

One Comment leave one →
  1. Fatima Nogueira permalink
    03/06/2018 14:14

    Nesta tarde de domingo irei de mesóclise, rsrsrsrs [embora sendo correto e eu achando lindo, há quem o encare como ultrapassado por tratar-se de arcaísmo]
    Lembrando aqui de uma frase do presidente Temer em 2016: “Procurarei não errar, mas, se o fizer, conserta-lo-ei”, e isso era pra anunciar as primeiras medidas econômicas…É inconcebível que a democracia ( regime político incipiente) tenha entre seus aspectos político-partidário pessoas como esse presidente, e quanto tem representado um perigo às nossas instituições. O Brasileiro tem sofrido e sofrerá um outro revés caso eleja esse defensor do regime militar, com seus discursos de ódio e intolerância, chamado Bolsonaro. Mas, será que despois dessa destruição das nossas economias, como foi o caso das refinarias, razão pela qual exportamos e importamos nosso petróleo, conseguir-nos-emos recuperar? Ou como dizia Jânio Quadros: “Neste país, milhões e milhões de homens trabalham, trabalham para uns poucos comerem, comerem”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: