Pular para o conteúdo

Postos começam a baixar estoques e combustível só chega para ônibus e aviões com escolta

24/05/2018

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) escoltam uma carga de combustível para aviação desde a Refinaria da Petrobras em Araucária (PR) até o Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais (PR).

Apesar da rápida providência da Câmara dos Deputados, que ontem mesmo votou pela retirada do PIS/CONFINS , esperando pela aprovação do Senado hoje, e da promessa canhestra de Pedro Parente, da Petrobras, a greve continua.

Em Brasília, 60% dos postos já não tem mais combustível e outros têm apenas álcool e diesel.

O aeroporto de Brasília garantiu abastecimento de aeronaves até amanhã. Depois, quem pousar na Capital terá que ter combustível para voltar ao seu destino.

Protestos de motoristas de carros pequenos trancou a avenida Paralela, em Salvador.

Fábricas de automóveis como a Chevrolet, de Gravataí – RS e da Fiat em Minas Gerais já pararam suas linhas de produção, com prejuízos enormes.

Com a continuidade da greve de caminhoneiros, a Fiat se viu obrigada a interromper hoje a produção de veículos nas suas duas fábricas instaladas no Brasil, uma em Betim, Minas Gerais, e a outra em Goiana, Pernambuco. Com as estradas bloqueadas, a montadora não consegue receber peças para concluir a produção dos veículos.

Antes do início da greve, as duas fábricas, juntas, vinham produzindo um pouco mais de 2 mil carros por dia, sendo 1,6 mil em Betim e cerca 500 em Goiana. Com o início da paralisação, a produção chegou a ser reduzida, pois o fornecimento de peças começou a ser feito de forma irregular. A partir de hoje, toda a produção está suspensa.

A exportação de grãos, principalmente soja, deve parar também.

Escoltas da PRF

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) escoltaram, no início da manhã de hoje (24), uma carga de combustível para aviação desde a refinaria da Petrobras em Araucária (PR) até o Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais (PR), na Região Metropolitana de Curitiba.

No quarto dia de paralisação dos caminhoneiros, a PRF participou ainda da escolta de caminhões-tanque até as garagens das empresas de ônibus de Curitiba para garantir o abastecimento dos ônibus do transporte coletivo.

Batizada de Operação Diesel, a ação contou também com a participação de viaturas da Polícia Militar e da Guarda Civil Metropolitana.

“A Operação Diesel foi feita em caráter emergencial e garante o funcionamento do sistema de transporte público de Curitiba e da região metropolitana por mais de uma semana”, informou a prefeitura de Curitiba em sua página na internet.

Desabastecimento de perecíveis

A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) informa que há desabastecimento de produtos perecíveis nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Ceará, Espírito Santo, Pernambuco, Tocantins, Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Em relação aos produtos não perecíveis, os estabelecimentos possuem um estoque médio de produtos não perecíveis e, por enquanto, ainda não há problemas.

Há supermercados que estão limitando o número de unidades a serem compradas. Todas as unidades da rede Carrefour no Brasil adotaram a medida de limitar os clientes à compra de até cinco unidades de um mesmo tipo de produto para evitar desabastecimento, em razão da paralisação dos caminhoneiros.

Em LEM, movimento ganha força

Neste momento, na BR 242, próximo à Bahia Farm Show, em Luís Eduardo Magalhães, existe uma grande aglomeração de caminhoneiros, agricultores e apoiadores da paralisação, conforme imagem de vídeo ao vivo de Augusto Isensee.

Em Luís Eduardo Magalhães todo o comércio fechou suas lojas a partir das 15 horas.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: