Pular para o conteúdo

As mortes autorizadas, na ditadura, diretamente pelo Palácio do Planalto

11/05/2018

Zuzu Angel

A jornalista Hildegard Angel, num libelo emocionante nas mídias sociais:

“Zuzu Angel teve seu assassinato ordenado diretamente pelo gabinete de Ernesto Geisel, segundo o agente do DOPS Claudio Guerra, em depoimento à Comissão da Verdade. Ela incomodava os ditadores com suas denúncias, cartas para autoridades e sua moda de protesto político no exterior.”

A mãe de Hildegard, Zuzu, teve seu carro empurrado de um viaduto no Rio de Janeiro, depois de fortes protestos pela tortura e morte de Stuart Angel, o filho, na Base Aérea do Galeão.

A manifestação diz respeito à notícia de hoje, que revela documentos norte-americanos, onde o presidente Ernesto Geisel, ao assumir o poder, autorizou a continuidade da matança de inimigos do regime, desde que autorizados pelo Palácio do Planalto.

Veja aqui.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: