Pular para o conteúdo

Professores de capoeira de projeto da Prefeitura são presos por abuso de vulnerável

08/05/2018

Do jornal Classe A, com inclusão de informações por O Expresso.

Foram presos nesta terça-feira (8) dois professores de capoeira de projetos sociais da prefeitura de Luís Eduardo Magalhães. Os professores que não tiveram seus nomes divulgados, estão ligados às secretarias de cultura e assistência social e são suspeitos de abusar de alunas entre 12 e 14 anos de idade.

O caso foi registrado na delegacia de Luís Eduardo Magalhães e vinha sendo investigado pela Polícia Civil. Após denúncia ao Ministério Público foi expedida a prisão preventiva na noite de ontem (7) pelo Juiz criminal do município Claudemir Pereira, que considerou os casos como estupro de vulnerável.

O estupro de vulnerável, de acordo com a regra estabelecida pelo artigo 217-A do Código Penal, consiste na prática de conjunção carnal ou outro ato libidinoso com menor de 14 anos ou contra pessoa que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência.

Os mandados foram cumpridos hoje (8), um dos professores foi preso pela manhã no local de trabalho e o outro preso em casa na durante a tarde.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: