Pular para o conteúdo

As perigosas curvas da moral e das instituições na estrada da história do Brasil

07/04/2018

Do internauta Charles Nisz, no twitter:

Um lado foi fazer vigília num sindicato. Outro lado foi fazer farra num puteiro, com cerveja de graça. No puteiro, são homenageados o juiz Sérgio Moro e a presidente da Suprema Corte do País, Cármen Lúcia.

Estamos ou não numa perigosa e deslizante curva da história brasileira? A qualquer momento a carruagem das instituições e da moral coletiva poderá ser ejetada, pela força centrífuga, diretamente para a tragédia.

Hoje, o dono do lupanar, certamente um esquizofrênico desses de camisa-de-força, prometeu um prêmio especial para quem matar Lula.

Um pouco antes das 17 horas o ex-presidente, que deixou o poder com o maior índice de aprovação, se entregou à Polícia Federal.

 

5 Comentários leave one →
  1. Fátima Nogueira permalink
    07/04/2018 20:13

    Qual a moral de Alice?
    Qual a moral de um juiz que tentou minimizar o impacto da corrupção no país, levando à prisão um homem com o intuito de diminuir sua popularidade, ante as eleições que se aproximam. Egoico e dissimulado. Um descompensado emocional, amante da casa grande que se diz saber dos direitos e se nega a acompanhar os direitos dos brasileiros. Em direitos valem os fatos, não as várias versões dos fatos. Moro é somente uma peça desse país de Alice. Pronto, o Brasil está purificado agora.

  2. Edvaldo Ramos permalink
    07/04/2018 22:35

    Purificado ainda não, mas já evoluiu bastante!

  3. Zé da Luz permalink
    08/04/2018 9:50

    CHORA PETEZADA!!!

    Nota da Redação:
    O seu nível de argumentos só alcança isto. Pouco, não é? Tenho alguns imbecis entre meus leitores, justamente porque a exceção confirma a regra.

    • Zé da Luz permalink
      09/04/2018 20:06

      Chorar ou espernear? Isso é o que lhes resta! Têm um condenado por 9×0 com troféu, um ídolo. Todos os tesoureiros no xilindró! O que sobrou? Muito pouco… resta lamentar-se! e Vestir a carapuça dos perdedores. Assim como o seu CHOLORADO.

  4. Fátima Nogueira permalink
    09/04/2018 22:20

    …se Luiz Gonzaga estivesse vivo saberia como entoar um hino em vossa homenagem, ” O jumento é nosso irmão “, com todo respeito ao animal!
    Kkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: