Pular para o conteúdo

Petrobrás fechará fábrica de fertilizantes instalada há 47 anos na Bahia

20/03/2018

Após apresentar resultado negativo de cerca de R$ 200 milhões em 2017, a Petrobras anunciou o fechamento da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados da Bahia (Fafen-BA), localizada no Polo Petroquímico de Camaçari. O anúncio foi feito na noite de segunda (19) e o fechamento deve ocorrer até o final do primeiro semestre deste ano.

A decisão foi tomada, devido ao fato de que nos últimos anos, a Petrobras implementou diversas ações para otimização de custos, aumento de produtividade e melhoria de desempenho operacional, mas o resultado continuou abaixo do esperado e o cenário ainda aponta que resultados negativos podem seguir para os próximos anos.

Além da fábrica da Bahia a decisão também inclui o fechamento da unidade produtiva de fertilizantes de Sergipe.

A Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados da Bahia é a primeira fábrica do Polo Petroquímico de Camaçari e foi a primeira fábrica de ureia do Brasil. Teve suas operações iniciadas em 1971. A fábrica é responsável pela produção de 474 mil toneladas/ano de ureia, 474 mil toneladas/ano de amônia e 60 mil toneladas/ano de gás carbônico.

O desmantelamento da Petrobras serve a quem? Aos acionistas? Ou aos interesses estrangeiros na obtenção de novos e rentáveis mercados? Imagine o impacto de uma medida dessa amplitude em termos de empregos, recolhimento de impostos e outros aspectos sociais. Os empregos diretos devem ser remanejados. E os terceirizados, que costumam ser uma grande maioria?

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: