Pular para o conteúdo

Que Deus tenha piedade do povo de Cotegipe

15/12/2017

Por Fernando Machado, em ZDA

A vilania política, o provincianismo intelectual e a deterioração ética que permeiam o interesse público no Brasil deram o ar da graça, em tons trágico e maldoso, no início deste dezembro em Cotegipe, no Oeste da Bahia.

Em meio ao esforço coletivo no sentido de buscar caminhos para melhorar o atendimento médico as pessoas necessitadas através do Sistema Único de Saúde (SUS), os vereadores da cidade votaram contra o projeto que repactua a oferta dos serviços de consultas, exames e procedimentos médicos na região, dessa forma, abandonando a população à própria sorte.

Assim como se faz necessário beber água para evitar a desidratação e consequentemente à morte, os vereadores de Cotegipe votaram contra a proposta. Não porque era ruim, não porque não mitigaria a sede, mas sim porque fazem oposição ao governo da atual gestora do município.

Os vereadores de Cotegipe não pensaram no povo que sofre por falta de atendimento médico, que pena dias por uma consulta, que se contorce de dores por meses à espera de um exame, que padece anos em busca de uma cirurgia.

Aos vereadores de Cotegipe coube somente fazer sangrar o governo, como se isso fosse biologicamente obrigação parlamentar.

Mas, infelizmente, quem de fato continuará doente é a comunidade. Ao votar contra a participação de Cotegipe no consórcio regional de saúde, os vereadores não apresentaram proposta diferente, não indicaram uma solução qualquer.

Fizeram somente porque os seus interesses pessoais, mesquinhos e amorais não foram atendidos.

A postura dos atuais vereadores de Cotegipe não condiz em nada com o passado áureo da moderna, pujante e rica Campo Largo.

Que Deus tenha piedade do povo de Cotegipe.

2 Comentários leave one →
  1. Lobo permalink
    16/12/2017 11:47

    Não seria interessante buscar as justificativas dos tais vereadores que votaram contra. Nós sabemos que em busca de interesses, nem sempre claros, tenta-se vender o paraíso para a população e quem é contra vira vilão. A reforma da previdência está aí para provar isso, onde o próprio patrão (o governo) difama dia e noite seus funcionários (servidores) para conseguir o almejado objetivo, ainda que um dos maiores defensores disso, bata ponto no governo ainda que mantenha seu vínculo com uma empresa de previdência privada.
    Pode até ser que seja um caso clássico de oposição pela oposição prejudicando a cidade, mas também pode ter algo mais nessa decisão dos vereadores.

  2. Julio permalink
    16/12/2017 16:22

    Deve ser que eles queriam ou querem dinheiro,para aprovar o projeto.Vereadores bolofento.E tambem são contra a prefeita a ja viu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: