Pular para o conteúdo

Populares invadem fazendas em Correntina em protesto contra grande irrigação

02/11/2017

Um movimento comunitário de Correntina, ainda não identificado, invadiu, hoje pela manhã, duas grandes fazendas do Município. Eles se auto-denominam moradores da Comunidade Ribeirinha do Rio Arrojado.

Cerca de 500 pessoas, armadas de paus e facões, participam do movimento que pretende coibir a retirada de águas dos rios  pelos grandes projetos de irrigação da região. Uma das fazendas invadidas é conhecida como Igarashi e a outra como Curitiba.

A Fazenda Igarashi detém outorga de água (autorização para explorar) para irrigar uma área de 2.530 hectares com o volume de 180.203 metros cúbicos/dia. A autorização é de 32 pivôs de água superficial (retirada diretamente do Rio Arrojado).

As representações questionam a forma que as liberações de outorgas tem sido feita, sem discutir com a população, e sem nem um tipo de  estudo sério sobre a situação da região, que é berço das águas de um dos principais rio do Brasil, o Rio São Francisco.

Afirmam que o “bioma acumulou 1,9 milhão de hectares desmatados entre agosto de 2013 e julho de 2015, o equivalente a 1,7% da vegetação nativa remanescente. Apenas em 2015, uma área de 9.483 km² do Cerrado brasileiro foi devastada. Em um momento em que os olhos do mundo estão voltados para a Amazônia por conta de ações desastrosas do governo de Michel Temer, é urgente falarmos sobre o Cerrado e a sua proteção nessa região, as coisa por aqui estão a todo vapor. Temos que discutir qual é a consequência disso, não dá para falar só da economia e do lucro sem pensar nas pessoas, no futuro do nosso povo”, alertam.

“Nos só queremos o nosso rio. Ninguém vai morrer de sede.” Desabafa uma moradora.

Policiais da CIPE Cerrado tentam conter os manifestantes e reforços estão se deslocando para a região.

 

25 Comentários leave one →
  1. Wemerson dos santos Soares permalink
    02/11/2017 12:54

    Até que fim o povo se agilizaram

  2. César Lima permalink
    02/11/2017 13:16

    Absurdo cometido por criminosos. O melhor que existe para o meio ambiente é a agricultura irrigada. A produção é certa, a produtividade bem maior, sem riscos de perdas por causa da seca, o que gera mais empregos e renda. E quando chove não há a necessidade de irrigar. Em uma área muito menor se produz muito mais alimentos, o que evita que novas áreas sejam desmatadas.

    • Cezar Neitzke permalink
      02/11/2017 13:44

      Perfeito seu comentário… o
      Movimento é político!!!

      Que usam da falta de conhecimento destas pessoas e as usam para cometer estes crimes…

      • JESANES permalink
        02/11/2017 14:21

        Certamente nenhum de vocês moram as margens do rio arrojado e não sabem o quanto esses grandes produtores desmatam as suas margens.

        #SALVEoarrojado.

    • Renivan permalink
      03/11/2017 7:36

      O senhor está enganado, estuda mais um pouco sobre porcentagem de recursos hídricos e bacia hidrográfica, acho também que o povo tem que protestar mais violência também não leva a lugar algum. Aqui em Goiás está igual.

      • César Lima permalink
        05/11/2017 20:17

        Não estou enganado não. Pesquise antes de falar tanta asneira. Desmatar é uma coisa. Todos esses criminosos aí também desmatam e por causa deles também o rio está morrendo. Vamos parar de hipocrisia. A diferença é que eles desmatam sem licença ambiental e produzem pouco ou nada. Esse empreendimento tinha licença ambiental e apesar de desmatarem também a terra que foi desmatada iria produzir de forma eficaz evitando que novas áreas fossem desmatadas. Uma hectare que foi desmatada para ser irrigada produz vinte vezes mais que uma mesma hectare que esses criminosos também desmataram. Quer dizer, para se produzir alimentos muito menos vegetação nativa precisaria ser desmatada.

    • cici.1@bol.com.br permalink
      03/11/2017 14:40

      E se esse rio morrer?? O dinheiro recebido na safra não irá trazer o rio de volta!!

  3. Eduardo permalink
    02/11/2017 14:30

    E a água volta cheia de agrotóxico para os lençóis freáticos. E onde havia matas, verdadeiras usinas produtoras de nuvens, sobra apenas vegetação rala, dependente de eterna irrigação irrigação. E os lugares que dependiam da chuva viram deserto. Isso não é político, e sim científico. Que se danem essas lavouras!

  4. Stephanie permalink
    02/11/2017 14:42

    “O melhor que existe para o meio ambiente é a agricultura irrigada. ”

    Você tá de sacanagem né?! Vai estudar rapaz! E outra, k sistema de liberação de outorga de uso de água nunca funcionou na Bahia!!
    O que resulta nesses absurdos “legalizados” pelos órgãos ambientais!
    O uso da água é bem comum!! Não se pode restringir o consumo humano para beneficiar empresas privadas!!!
    Enquanto a nos pivôs não faltam água, a população ribeirinha morre de sede e vê o Rio secar pro bolso de um só fazendeiro!

    Tá na hora de se levar a sério os recursos hídricos do nosso Oeste Baiano! Antes que só teste deserto!

    • César Lima permalink
      02/11/2017 19:07

      Vá estudar vc criatura. Quem disse que o consumo humano foi restringido? Essa turma da esquerda só faz e fala merda em cima de merda. São sanguessugas do Estado e só vivem de falácias. Se não quer produção agrícola então deixe de comer. Agora quem vai pagar os prejuízos causados por esses bandidos que invadiram e destruíram o patrimônio que não lhes pertencia?

    • César Lima permalink
      03/11/2017 11:54

      Reproduzindo a informação para a ignorante que tem a cara de pau de mandar os outros irem estudar. Cezar Neitzke
      02/11/2017 23:10
      A título de informação aos que não sabem:
      – apenas 12% da área de cultivo no mundo é irrigada. Estes 12% produzem 40% dos alimentos do mundo.
      Esta informação está no site da FAO.
      No Brasil não irrigamos mais de 5%.
      Produzir irrigado significa desmatar menos, produzir mais por m2.
      Colocado isso, sem Irrigação o mundo passaria muito mais fome.
      Deixem de radicalizar e estudem mais.
      Invadir e destuir o que não lhe pertence, não é protestar é praticar terrorismo.
      Imagine, você que defende este tipo de atitude, e tenha um carro, vou queimar seu carro porque ele polui o ar que eu respiro… ora, vamos concordar que isso não seria legal!!

  5. Edivilson permalink
    02/11/2017 14:50

    Tudo política, que está faltando e chuva! Basta chover que os rios volta ao Normal. Água nós temos abundantes, mas está época e seca, e a chuva vira enchendo os rios como sempre. Mas não é desta maneira que resolve com badernas.

  6. jose de oliveira permalink
    02/11/2017 15:22

    Esses idiotas identificados acima, que defendem a mutilação do meio ambiente por parte de grandes grupos econômicos com prejuízo para o meio ambiente, para os ribeirinhos e para toda a sociedade exceto para os devastadores, poderiam assistir ao tape da reportagem que a Globo fez esta semana acerca da seca que acabou com o Rio Sao Francisco. Leia a reportagem, deve ter sido terça-feira salvo engano.

  7. Lobo permalink
    02/11/2017 16:39

    !80 mil litros de água por dia para alimentar 32 pivôs. Em que planeta isso beneficia a população e a natureza? A população de Correntina tem um histórico de lutas contra agressões produzidas ou tentativas por pessoas ligadas ao agronegócio. Não confundam! Ser contra atos predatórios como esse da notícia não é ser contra o agronegócio, muito pelo contrário. A população das cidades não podem simplesmente ter seus interesses e vontades esmagadas pelo interesse puramente econômico que muitas vezes tem como investidores pessoas e empresas de outros países, onde certamente não poderiam fazer o que tentam impor aqui no nosso país.

  8. Vanderlei da vitória Oliveira permalink
    02/11/2017 20:02

    Bem feito,e que não se atreva a voltar roubar a nossa água

    • César Lima permalink
      03/11/2017 11:56

      Apologia a fato criminoso como a invasão e vandalismo que praticaram também é crime. Agora é só fazer a denúncia.

  9. Ccccc permalink
    02/11/2017 20:06

    Chumbo neles

  10. Loirinho permalink
    02/11/2017 21:51

    Parabéns à população de Correntina. As outorgas dadas pelo Governo do PT, ou seja, não seria esquerda? Mas não, o cara é aliado de Leão, politico da velha Arena e seu filhote Cacá que votou a favor do Temer. Tudo farinha do mesmo saco. O problema dos rios não é a chuva, mas a retirada de água sem controle do INEMA que so atende ao agronegócio.
    Vamos inyerditar toda irrigação do oeste da Bahia e devolver a água pro povo. Os caras produzem soja pra porco chinês e vem falar em alimento, quem produz alimento sempre foi o pequeno produtor familiar.

  11. Cezar Neitzke permalink
    02/11/2017 23:04

    A título de informação aos que não sabem:

    – apenas 12% da área de cultivo no mundo é irrigada. Estes 12% produzem 40% dos alimentos do mundo.
    Esta informação está no site da FAO.
    Colocado isso, sem Irrigação o mundo passaria muito mais fome.
    Deixem de radicalizar e estudem mais.

  12. Cezar Neitzke permalink
    02/11/2017 23:10

    A título de informação aos que não sabem:

    – apenas 12% da área de cultivo no mundo é irrigada. Estes 12% produzem 40% dos alimentos do mundo.
    Esta informação está no site da FAO.
    No Brasil não irrigamos mais de 5%.
    Produzir irrigado significa desmatar menos, produzir mais por m2.
    Colocado isso, sem Irrigação o mundo passaria muito mais fome.
    Deixem de radicalizar e estudem mais.
    Invadir e destuir o que não lhe pertence, não é protestar é praticar terrorismo.
    Imagine, você que defende este tipo de atitude, e tenha um carro, vou queimar seu carro porque ele polui o ar que eu respiro… ora, vamos concordar que isso não seria legal!!

  13. 03/11/2017 0:48

    Postem o atestado de óbito de pessoas que morreram de sede por favor. Sem isso só posso pensar que são comunistas mentirosos, o que é um pleonasmo, querendo prejudicar quem trabalha.

  14. Gustavo permalink
    03/11/2017 5:35

    Eu não sei o cenário da região…mas aos ignorantes que criticam a técnica da irrigação, deveriam estudar mais para não ficar comentando asneiras na internet.
    Leiam esse texto http://sosriosdobrasil.blogspot.com.br/2008/12/importncia-da-gua-de-irrigao.html?m=1

  15. Ricardo permalink
    03/11/2017 8:01

    A produção agrícola que estão tentando criminalizar, gera alimentos, mas também impostos. Estes impostos é que pagam a conta da saúde, educação, bolsa família, verba para ONGs e etc.. . Assim este pessoal carente está dando um tiro no pé, cuspindo no prato e na comida que come. Pura massa de manobra de quem está tentando prejudicar nosso país.

  16. Adilio lopes permalink
    11/11/2017 14:51

    Reservatorio do urucuia e um dos mais importantes temos que proteger nossos rios estao morrendo

  17. 11/11/2017 20:56

    A culpa é do governo por não fazer a proteção das cabeceiras e da mata ciliar, enquanto faz a transposição do rio São Francisco. Os produtores agrícolas pagam o pato, o rio seca e governo da risada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: