Pular para o conteúdo

Lixão em chamas: saiba quais as substâncias nocivas contidas na fumaça

30/09/2017

Foto blogbraga

Um incêndio atingiu o lixão de Luís Eduardo Magalhães. A região noroeste da cidade continuou hoje atribulada pela fumaça resultante do grande incêndio que tomou conta, ontem, do lixão por mais de 7 horas. O fogo se iniciou às 13 horas e só foi debelado pelo Corpo de Bombeiros depois das 20 horas.

Segundo os bombeiros, uma pessoa que ateou fogo em pneus, nas proximidades do lixão, foi a responsável pelo grande incêndio. A fumaça desprendida da combustão de plásticos é altamente tóxica. O incêndio também é alimentado pelo metano da decomposição do lixo, altamente inflamável.

Outras substâncias tóxicas

No entanto o maior problema da incineração são os poluentes gerados e lançados na atmosfera. O dióxido de carbono, que é produzido em toda combustão completa de materiais orgânicos, é o grande responsável pelo efeito estufa e pelo aquecimento global.

Outros gases produzidos podem ser dióxido de enxofre (SO2) e dióxido de nitrogênio (NO2), que contribuem para a formação de chuvas ácidas. Os polímeros, tais como o PVC (policloreto de vinila) e os poliacrilatos, geram respectivamente HCl e HCN.

Um dos maiores poluentes resultantes da incineração do lixo são as dioxinas, um grupo de compostos organoclorados que são bioacumulativos e tóxicos. O mais perigoso é o  2,3,7,8-TCDD (2,3,7,8-tetraclorodibenzo-p-dioxina), mostrado a seguir:

Essa substância é liberada principalmente na incineração do PVC.

Além disso, se o lixo possuir pilhas ou baterias que foram descartadas incorretamente, substâncias derivadas de metais pesados também poderão ser geradas, tais como o mercúrio, o chumbo e o cádmio, que são muito tóxicos, mesmo em pequenas quantidades. Essas substâncias são bioacumulativas, carcinogênicas e teratogênicas (podem causar dano ao embrião ou ao feto durante a gravidez), podendo ser absorvidas pela pele, inaladas ou ingeridas.

O vento predominante de sudeste nesta época do ano, leva o mau odor e todas as substâncias tóxicas para os bairros situados no Norte e Noroeste da cidade.

Desde 2007, compromisso de eliminar

O agricultor Odacil Ranzi afirmou hoje, em conversa informal em um grupo de debates do whatsapp, que o atual prefeito, Oziel Oliveira, assinou em 2007, durante seu segundo mandato, um TAC – Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público da Bahia, no qual se comprometia a retirar o lixão do local.

Durante 8 anos o seu sucessor, prefeito Humberto Santa Cruz, não conseguiu retirar o lixão do local para transferir a deposição do lixo para um aterro sanitário. Humberto fez a primeira parte: financiou a coleta seletivo, organizou uma cooperativa de catadores e instalou a separação e prensagem dos resíduos em um galpão.

Durante a campanha eleitoral, Oziel Oliveira prometeu que no máximo em seis meses estaria com o aterro sanitário pronto para aterrar, em definitivo, o lixão da cidade.

4 Comentários leave one →
  1. MARCELO RUFINO AGOBAR permalink
    30/09/2017 16:34

    Primeiro que não pode se aterrar lixão.
    E necessário todo um estudo, retirada DD Parre do material, instalação de coletores de metano e chorume, liberação de uma Canadá superficial de pelo menos 50cm de solo, inoculação de bactérias, e plantio de especies vegetais biorremediadoras.
    Sem contar a construção do aterro e nova área, com toda estrutura de reciclagem e reaproveitamento. Isso depois dos estudos gravimétricos dos resíduos produzidos na cidade.
    A promessa de seis meses é mais una daquelas da lista para não cumprir.

  2. MARCELO RUFINO AGOBAR permalink
    30/09/2017 16:36

    Primeiro que não pode se aterrar lixão.
    E necessário todo um estudo, retirada de parte do material, instalação de coletores de metano e chorume, liberação de uma camada superficial de pelo menos 50cm de solo, inoculação de bactérias, e plantio de especies vegetais biorremediadoras.
    Sem contar a construção do aterro e nova área, com toda estrutura de reciclagem e reaproveitamento. Isso depois dos estudos gravimétricos dos resíduos produzidos na cidade.
    A promessa de seis meses é mais una daquelas da lista para não cumprir.

  3. DEILDO NERO DA SILVA permalink
    30/09/2017 21:41

    O que falta na maioria dos políticos é o compromisso verdadeiro com a população, possuir um visão de coletividade, senão de alguns que ele escolhe para está puxando o s… em todo o seu mandato. Se existem um país para ter e formar maus políticos é o Brasil é uma verdadeira faculdade e das melhores do mundo por excelência

  4. Mara elizane permalink
    01/10/2017 8:26

    Além de não fazer nada pelo lição em oito anos teve a insanidade e ganância de liberar loteamentos junto do lição maior desrespeito com os cidadãos agora nem tão mais por aqui é nos aguentando este problema só quem sabe o que problema do lição quem mora nas proximidades. Tenho a maior repulsa por todos quê participaram destes atos abomináveis garanto que estes e suas famílias estão em locais gastando dinheiro que ganharam aprovando os loteamentos aqui neste recanto mora gente é bem informada sobre nossos direitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: