Skip to content

Programa Desenvolve Barreiras é lançado com participação instituições da sociedade civil

07/08/2017

A proposta é integrar em um programa macro, ações de planejamento, gestão e desenvolvimento.

Representantes do Sebrae, CDL, UFOB, UNEB, igrejas católica e evangélicas, Aiba, Abapa, Polícia Militar, lojas maçônicas, instituto Evaldo Lodi, Instituto Aiba, ong’s, como Miquei, Lar de Emanuel e Casa de Recuperação Nova Vida, além de vereadores, secretários de governo, servidores municipais e a vice-prefeita Karlúcia Macêdo, participaram na manhã desta segunda-feira, 07, do lançamento do Projeto Desenvolve Barreiras apresentado pelo prefeito Zito Barbosa.

Idealizada pela atual gestão, a proposta é que o projeto abrigue uma série de ações e programas em diferentes áreas da administração pública funcionando como um “guarda-chuvas” para os 14 programas que compõem o projeto macro. Com foco no planejamento, gestão e desenvolvimento, as ações contemplaram saúde, educação, meio ambiente, turismo, agricultura familiar, agronegócio, infraestrutura, assistência social, segurança pública, cultura, esporte e lazer e ainda, geração de emprego e renda, e captação de investimentos. Cada uma das propostas será gerida pelas secretarias afinadas ao tema e pelo governo como um todo, em parceria com as instituições e a própria população.

Presente no evento, o gerente regional do Sebrae, Emerson Cardoso destacou a importância da participação das entidades no processo tanto de lançamento, quanto na execução. “Estamos vendo aqui a transparência das ações de todas as secretarias e todos aqui, iremos cobrar os resultados dessas ações, somos mais do que partícipes, somos vigilantes do sucesso deste projeto. Cada projeto precisa ter seus grupos gestores com a participação de pessoas da sociedade, tudo precisa ser acompanhado e monitorado. É assim que se constrói um projeto sólido”, destacou, após cumprimentar a gestão pela iniciativa.

A reitora da Universidade Federal do Oeste da Bahia – UFOB, Iracema Veloso acrescentou que a proposta pode ser determinante para suprir a carência de mão de obra qualificada em Barreiras.

Diariamente abrimos licitações para contratação de empresas e serviços, mas nem sempre conseguimos esses parceiros locais devido à falta de qualificação, a universidade contribui para absorver estes profissionais, e este projeto, que têm total apoio nosso, servirá para preparar a mão de obra que precisamos”, disse a reitora.

Em seu pronunciamento o prefeito Zito Barbosa falou da importância em ouvir a sociedade na realização das ações administrativa.

Em nossa campanha estivemos em todos os bairros e comunidades de Barreiras ouvindo a população para que pudéssemos conhecer suas necessidades. Hoje estamos aqui mais do que apresentando este importante projeto ouvindo cada uma das instituições que aqui se fazem presentes, para que possamos realiza-lo com o apoio e colaboração da sociedade. Nós temos um compromisso de criar um conselho de gestão, participativo e fiscalizador e o Desenvolve Barreiras irá proporcionar esta criação, todas as instituições aqui presentes hoje poderão indicar representantes para fazer parte deste conselho, fiscalizar e contribuir para o êxito da projeto”, comentou o prefeito Zito Barbosa.

O diretor da Universidade do Estado da Bahia, Joaquim Neto, chamou a atenção para a importância do evento, “Quer queira quer não, hoje estamos fazendo história, pois é a primeira vez que uma gestão lança um projeto com tamanha abrangência e envolve todos os seguimentos da sociedade como partícipes”. Neto registrou o interesse da parceria da UNEB destacando seu pioneirismo no desenvolvimento de Barreiras e da região.

Na oportunidade, o prefeito anunciou que em breve estará lançando um amplo programa de expansão no setor educacional. “Nos próximos três meses daremos início ao maior e mais arrojado programa de construção de escolas da Bahia, talvez, até mesmo do Brasil”, revelou o gestor. E acrescentou, “não iremos investir apenas em prédios modernos, funcionais e arrojados, vamos fazer com que o ensino da rede municipal alcance excelência, porque acreditamos que uma cidade e um país só se desenvolvem com educação de qualidade. E com a atração de alunos para rede de ensino pública municipal, vamos evitar a perda de recursos que hoje chega média de dois milhões mensais”, finalizou.

 

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: