Skip to content

Buritirama: menina de 8 anos é estuprada e morre no Hospital do Oeste

30/07/2017

imagem representativa

Mais um crime bárbaro de violência contra criança chocou os atendentes do Departamento de polícia Técnica e do Hospital do Oeste. O caso foi registrado no complexo policial do bairro Aratu, na cidade de Barreiras, na região Oeste da Bahia. Segundo dados registrados em relatórios médicos, uma menina de oito anos foi internada às pressas no Hospital Municipal de Barra/BA, de onde foi transferida imediatamente para o HO, com lesões graves em seus órgãos genitais provocadas por estupro.
O crime ocorreu no município de Buritirama-BA, onde a criança morava com sua mãe, que a levou às pressas para o Hospital e denunciou o caso na delegacia local. Ela diz que percebeu algo de errado no comportamento da menina durante o banho, quando tentou tocar em suas partes intimas e foi impedida. Os laudos médicos constataram que o ato de violência sexual perfurou o intestino da menor. Ela faleceu na manhã deste sábado (29). O caso está sendo investigado pelo Conselho Tutelar e Polícia Civil do Município de origem do crime. Fonte: Alô Alô Salomão
A ex-deputada e ativista política, Kelly Magalhães, assim se pronunciou, hoje, nas redes sociais, sobre a barbárie:
“É chocante a notícia da menina estuprada em Buritirama, cuja brutalidade levou à morte; é chocante que tenhamos que ler diariamente notícias sobre estupros e abusos contra crianças e adolescentes na região oeste; é chocante que não se tenha uma rede de proteção e vigilância que proporcione denúncias sobre os inúmeros casos que acontecem diariamente, em muitos lares com o silêncio criminoso de parentes e até mesmo mães dessas crianças.
É inaceitável que esses casos fiquem impunes.
Salvem as crianças e adolescentes, tirem essas pequenas mulheres do medo, da tragédia, da incerteza, ou melhor, da certeza de um futuro sombrio.
Prefeitos, prefeitas, câmara de vereadores, autoridades policiais e qualquer pessoa que tenha um mínimo de compaixão, não permita um crime tão hediondo como esse contra nossas crianças.
A morte trágica e brutal dessa criança de Buritirama, me dói profundamente. A dor dilacerante de me colocar no lugar de uma pequena que não merecia esse fim horrível.
2 Comentários leave one →
  1. JOUBERTH permalink
    01/08/2017 11:41

    E daí?? o que vai ser feito? prender um padrasto (ou outro idiota qualquer) e fica por isso mesmo? onde tava a mãe? essa ativista politica, ex-deputada, o que fez ou vai fazer? só mensagenzinha sem sentido? Revoltante viu…

  2. Jamira Alves Muniz permalink
    02/08/2017 9:18

    Precisamos buscar prevenir, com o modelo de gestão compartilhada, movimento social e estado. Responsabilizar só nao diminui os atos que vem acontecendo dentro do próprio lá. Queremos proteger nossas crianças mas esquecemos que a prevenção garante a diminuição dos casos. Financiar s

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: