Skip to content

Bancos devem R$123 bilhões à União. Mas o trabalhador é quem vai pagar a conta da previdência.

08/07/2017

Entidades financeiras privadas são as maiores interessadas em abocanhar o mercado de aposentadorias e pensões caso o Congresso aprove as reformas do ilegítimo Michel

Por Carlos Tautz

Um ano após o governo ilegítimo de Michel Temer dizer que a previdência social teria déficit de 139 bilhões de reais em 2017, o Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional levantou, baseado na lei de Acesso à Informação, a lista das entidades financeiras que têm dívidas regulares e irregulares com a União.
A lista completa está no documento publicado abaixo.
Especialistas negam que a Previdência Social dê prejuízo.

Da lista constam, segundo informou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), “débitos em situação regular e irregular. As dívidas em “situação irregular” – aproximadamente R$ 82,6 bilhões – representam valores com cobrança em andamento, em razão da ausência de regularização mediante parcelamento, garantia ou penhora de bens nas execuções fiscais.

As dívidas em “situação regular” – cerca de R$ 41,8 bilhões – representam valores objeto de parcelamentos ordinários ou especiais (REFIS) anteriores, garantidos por depósito, carta de fiança ou seguro garantia, bem como com suspensão da cobrança por decisão judicial ou com penhora efetivada em execução fiscal”.

Ressalte-se que os bancos, maior categoria entre as entidades financeiras, são os maiores interessados em abocanhar o mercado de previdência privada, caso seja aprovada no Congresso Nacional a privatização da oferta de serviços previdenciários, conforme preconiza o ilegítimo presidente Michel Temer em suas propostas de reforma.

Veja a lista completa das entidades financeiras devedoras, fornecida pela PGFN, aqui:
relacao-de-instituicoes-financeiras-de-seguros-e-servicos-relacionados-com-debitos-inscritos-em-divida-ativa-da-uniao .

Para outras informações sobre dívidas exigíveis, consultar a lista de devedores da PGFN em https://www2.pgfn.fazenda.gov.br/ecac/contribuinte/devedores/listaDevedore

Quem sabe quantos empregos seriam alcançados com a injeção desse dinheiro na economia? Quem sabe quantos miseráveis seriam resgatados novamente da fome e incluídos na cadeia de consumo com esse dinheiro? 

 

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: