Skip to content

Estudantes de São Desidério participam de projeto Ciranda da Leitura sobre a obra ‘A Tramóia’

27/06/2017

Durante esta semana, a Secretaria Municipal de Educação (SEDUC), preparou uma programação pedagógica especial. Por meio da Escola Municipal Presidente Castelo Branco, foi realizado no Centro Cultural, em São Desidério, na manhã desta terça, 27, a primeira atividade, com a culminância do Projeto Ciranda da Leitura “A arte de ler com prazer”, desenvolvido pela escola na II Unidade. O evento contou com a presença do escritor barreirense, Denizar Nogueira, autor da obra “A tramóia”.

A partir do livro, os alunos fizeram releituras por meio de apresentações teatrais, leituras de textos da obra e de produção de cordel. O autor relatou acerca da experiência de escrever a obra e em seguida houve um momento de interação entre estudantes e o escritor. “Muitas vezes, para muitos alunos a figura de um escritor ainda é distante, por isso a escola realiza a proposta de trazer o autor da obra trabalhada para o contexto do aluno, para que haja interação, e isto é bem positivo”, destacou a professora Andreia Kelly.

 

 

De acordo com a coordenadora pedagógica da escola, Ediane Carvalho, a oportunidade de trabalhar o projeto Ciranda de Leitura valoriza e incentiva o hábito da leitura no alunado. “Realizamos este projeto pedagógico voltado para estudantes do 6º ao 9º ano, no sentido de trabalhar livros paradidáticos, para que haja uma interação de educandos com a leitura, ao tempo em que também buscamos valorizar autores da região”, explicou.

 

 

Thiago Bispo dos Santos, aluno do 6º ano, fez uma releitura da obra e produziu um cordel a partir de um capítulo do livro. “Não foi difícil escrever este cordel porque li o livro, e um dos capítulos que gostei foi “O roubo da galinha”. Achei engraçado e tem muitas tramas”, afirmou.

 

 

“É sempre bom fazer parte de momentos literários como este. Agradeço aos educadores e a todos que leram a obra, e pelas belíssimas apresentações realizadas aqui hoje. “A Tramóia” é uma peça de teatro. A escrita nos dá margem para viajarmos para onde a gente quiser. E nesse livro busquei falar um pouco da região, alguns personagens são fictícios e outros são reais, conhecidos meus. É uma trama que envolve todos os personagens e que deu certo”, relatou o autor sobre a obra. Ao final houve um momento para autógrafos.

 

Texto e fotos: Ana Lúcia Souza

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: