Skip to content

Câmara de LEM realiza última sessão do semestre. Agora, férias para todos.

27/06/2017

Na última sessão do recesso, com plenário cheio, os vereadores foram pródigos em auto-elogios e trocaram congratulações entre si pelos bons resultados do Legislativo no primeiro semestre desta legislatura.

A totalidade dos vereadores aprovou, em segundo turno, dois projetos importantes: o 053/2017, de autoria de todos os vereadores, que regulariza a identificação de veículos e máquinas próprias e locadas da Prefeitura. E o projeto que autoriza o executivo a realizar a Regularização dos Débitos Fiscais (REFIS) que hoje alcança quase R$300 milhões e deve permitir um aumento significativo de arrecadação aos cofres públicos no segundo semestre.

O vereador Carlos Koch pediu o cumprimento da lei que protege os comerciantes locais frente ao fenômeno das feiras alienígenas:

“Só durante o primeiro semestre do ano tivemos a realização de três feiras de flores na cidade, influenciando de maneira negativa nos sete estabelecimentos especializados de Luís Eduardo Magalhães.”

Ônibus à gasolina, uma novidade!

Filipe

Filipe Fernandes pediu socorro ao Secretário de Segurança e Trânsito, relatando mais um acidente na esquina da avenida JK com Salvador. E implorou a construção de dois quebra-molas.

É claro que quebra-molas não são solução para acidentes. São anacronismos. O local deve ser provido de um semáforo. Semáforos modernos completos, com luzes de led, contagem regressiva e até no-breaks para eventuais faltas de luz custam um pouco acima de R$30 mil.

Pra quem gastou R$650 mil numa festa de São João ou R$1.300.000,00 em viaturas ainda sem utilidade, fica fácil encher a cidade de semáforos e trazer mais segurança ao usuário.

Uma nova policlínica

O vereador Filipe também pediu a instalação de uma nova policlínica no Mimoso II:

“A policlínica do Santa Cruz é distante e está sempre lotada, com capacidade de atendimento limitada.”

Fernandes também solicitou ao Prefeito que esclareça a licitação dos carregadores e pilhas para a Prefeitura:

“Ninguém sabe quantos carregadores e quantas pilhas foram compradas por R$8.000,00.”

E citou novos erros “de digitação” da Prefeitura, além da motocicleta que consumiu quase 400 litros de gasolina em um mês:

“No início do ano, uma máquina pesada usou 300 litros de gasolina; mais tarde, um microonibus gastou 511 litros de gasolina; outro microonibus gastou 872 litros de gasolina em um mês, quando se sabe que todos esses veículos são movidos a óleo diesel.”

O vereador Irmão Deusdete relatou os horrores em que foi transformado o canal do Santa Cruz, cheio de lixo e animais mortos:

“O mau cheiro é insuportável. O pior é que tudo isso vai parar no Rio de Pedras nas próximas chuvas”.

O presidente da Câmara garantiu que vai encontrar uma solução para a greve dos agentes administrativos do Departamento de Tributos. E garantiu também solução rápida para um novo concurso de guardas municipais, para completar um efetivo que poderá ser de 150 homens, treinados, com perfil psicológico aprovado, no que ele diz ser a única solução para a crescente onda de assaltos na cidade:

“Duvido que o Estado possa, a curto prazo, trazer um efetivo com esse número de homens para Luís Eduardo.”

One Comment leave one →
  1. Helen permalink
    28/06/2017 9:12

    O prefeito Oziel do bem tenta enganar os otários que é alucinado por ele, fica postando nota que está tudo ok ,,,,palhaçada,,,,,,,,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: