Skip to content

Fazer palestras pode ser legal. Mas é ético?

23/06/2017

Deltan Dallagnol, no twitter, às 01h52m desta madrugada: 

“Palestras e aulas remuneradas de juízes e procuradores são perfeitamente legais. Constituição, Resolução 37 do CNJ e Resolução 73 do CNMP.”

A pergunta não é essa, senhor Procurador Federal. A pergunta é: “São éticas e morais, quando está em julgamento um dos mais rumorosos casos judiciais da história da República?”. Fazer palestras em que muitas vezes a remuneração ultrapassa de largo os seus vencimentos como servidor federal podem dar uma ideia distorcida ao contribuinte. O procurador Dallagnol recebeu R$ 219 mil por palestras em 2016.

Por menos disso, Júlio César pediu o divórcio de Pompeia Sula e asseverou:

“À mulher de César não basta ser honesta, tem de parecer honesta”

3 Comentários leave one →
  1. Zé da Luz permalink
    23/06/2017 10:53

    O Deltan tá cobrando bem menos que o Molusco. Precisa de um papo com ele pra aprender como cobrar.

  2. Lobo permalink
    23/06/2017 11:44

    A pergunta continua sem resposta. Um agente público realizar palestras remuneradas pela iniciativa privada é ético e aceitável?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: