Skip to content

Produtor de Luís Eduardo é campeão de produtividade de soja do norte/nordeste

13/06/2017

Leandro Ficagna produziu quase 96 sacas de soja por hectare e se tornou campeão, neste ano, de todo o amplo território do Norte e Nordeste do País.

O produtor Marcos Seitz, de Guarapuava (PR), é o campeão do Desafio de Máxima Produtividade 2016/2017 realizado pelo Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB). Além disso, o paranaense registrou o novo recorde nacional de produção de soja ao estabelecer 149,08 sacas por hectare (sc/ha). O recorde anterior era de 141,8 sc/ha, registrado na safra 2014/2015. Os números representam quase o triplo da média nacional de produção de soja. O anúncio do vencedor aconteceu nesta terça-feira (13/6), na cidade de Passo Fundo (RS).

Esta foi a quarta participação consecutiva de Marcos Seitz no Desafio, e a segunda vez que o produtor conquistou o título. Na safra 2012/2013 Seitz havia registrado a produção de 110,5 sc/ha, resultado que à época também o sagrou campeão e também configurou recorde nacional.

Neste ano o CESB recebeu mais de cinco mil inscrições de produtores rurais interessados em produzir mais soja na mesma área de plantio. O número é 12% maior que o total do ano passado. “O recorde de adesões representa a importância que as pesquisas, novas tecnologias e o uso da sustentabilidade no campo adquirem no dia a dia do produtor de soja”, explica o presidente do comitê Nery Ribas.

O evento de premiação também coroou os campeões de produtividade nas demais regiões do país. Na região Sudeste o campeão foi José Renato Nunes, da cidade de Capão Bonito (SP), com 108,26 sc/ha. Nas regiões Norte e Nordeste o vencedor do Desafio foi Leandro Ficagna, de Luís Eduardo Magalhães (BA), com 95,76 sc/ha. Na região Centro-oeste o produtor Elton Zanella atingiu, na cidade de Campos de Júlio (MT), a produção de 122,20 sc/ha, a segunda maior marca na safra 2016/2017.

Plataforma de conhecimento

Nos próximos anos o CESB pretende contribuir e influenciar ainda mais no aumento da produtividade agrícola nacional. Para isso iniciou o desenvolvimento de uma plataforma para disseminar esse objetivo, com a sustentabilidade e a rentabilidade dos campeões do Desafio. “O produtor sabe que o campo apresenta riscos e desafios. O nosso comprometimento é ajudá-lo a caminhar pela trilha da alta produtividade”, explica Nery.

One Comment leave one →
  1. ERASTO RIBEIRO DE SOUZA permalink
    14/06/2017 19:42

    Qual o tamanho das áreas?

    Nota da Redação:
    As áreas escolhidas pelo concurso tem em média 10 hectares.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: