Skip to content

Temer até renuncia, mas com garantia que será indultado e asilado

26/05/2017

O presidente Michel Temer (PMDB) topa renunciar ao cargo, mas desde que tenha a garantia de que não será preso. A informação é do jornal O Globo. O diário fluminense afirma que a renúncia do peemedebista vem sendo articulada pelos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso, José Sarney, e pelos senadores Romero Jucá e Renan Calheiros. Também estaria na mesa de negociação a realização de uma Assembleia Nacional Constituinte em 2018.

A questão que ainda não está fechada é o nome do substituto de Temer. O PMDB, de acordo com o jornal, quer Gilmar Mendes ou Nelson Jobim. O PSDB defende o nome de Tasso Jereissati. 

Na lista das condições propostas por Temer para deixar o posto de presidente estão, além da não prisão, “indulto e asilo”.

Lindo vai ser se o garantidores do acordão, Fernando Henrique Cardoso, José Sarney,  Romero Jucá e Renan Calheiros acabarem eles próprios presos. Dever, devem. Contas antigas e recentes. É só uma questão de devido processo legal.

Constituinte é uma boa ideia. Nelson Jobim já disse que não aceita e o motivo é ser sócio do banco Pactual. Gilmar Mendes? Afaste este cálice, Senhor!

 

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: