Skip to content

Imprensa internacional diz que situação de Temer é crítica.

22/05/2017

Editado pelo Correio do Povo

A imprensa internacional segue repercutindo os desdobramentos da mais recente crise política no Brasil, que atinge diretamente o presidente da República, Michel Temer. A Associated Press destacou que os pedidos pela renúncia ou impeachment de Temer “ganharam voz”, com a informação de que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) decidiu protocolar na Câmara pedido de impeachment. A AP também apontou que um grande protesto contra o presidente deve ocorrer em São Paulo e em outros locais do País neste domingo.

A agência de notícias ainda disse que o presidente está “cercado” desde o momento em que foram divulgadas as primeiras informações de que teria concordado, em gravação, com o pagamento de subornos ao ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

Já a britânica BBC fez uma análise em que aponta que Temer “está ganhando tempo” ao pedir para que o STF suspenda as investigações até que o áudio da conversa com Joesley Batista, da gigante de carnes JBS, seja verificado. “A decisão do juiz Edson Fachin de pedir a verificação do áudio pode dar à Temer algum espaço para respirar”, destaca.

No entanto, a mídia do Reino Unido alerta que a crise está se desenvolvendo “rapidamente”, com o primeiro partido da coalizão já tendo decidido deixar o governo no sábado, e que outros membros da coalizão analisam se é o momento de “abandonar o barco”. “Enquanto o presidente luta para permanecer em seu mandato, as elites política e econômica já discutem o dia de amanhã – e os possíveis cenários”, afirma a BCC.

O jornal argentino Clarín destacou que o principal partido aliado de Michel Temer, o PSDB, deve realizar uma reunião de emergência neste domingo para discutir se sai ou não do governo e que a decisão pode definir a continuidade do mandato de Temer.

“Se o partido decidir abandonar a aliança e retirar seus ministros do governo, Temer ficará praticamente sem sustentação, no ar. Nesse caso, não lhe restariam chances de continuar na presidência do Brasil”, segundo o Clarín.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: