Skip to content

Prefeitura de Barreiras participa do Conselho Gestor da APA do Rio de Janeiro

02/05/2017

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo – Sematur juntamente com a Secretaria Municipal de Agricultura, Tecnologia, Indústria e Comércio-Sematic estarão representando o poder público de Barreiras, na composição do Conselho Gestor da APA da Bacia do Rio de Janeiro. A escolha foi resultante da Plenária Eleitoral realizada pelo Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – Inema, para escolha dos membros do Conselho Gestor, que aconteceu na última quinta-feira, 26, no Campus IX – UNEB/Barreiras.

O conselho gestor é um fórum qualificado para tratar das questões ambientais, sociais, econômicas, culturais e políticas da área ambiental, constituídas por representantes dos órgãos públicos, de organização da sociedade civil, do setor produtivo e pela população residente, assegurando sempre que possível, a participação paritária desses segmentos, e sendo presidido pelo órgão gestor da APA.

A APA da Bacia do Rio de Janeiro é uma unidade de conservação localizada entre os municípios de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, que tem como objetivo ordenar e disciplinar as atividades humana, proteger a diversidade biológica, valorizar as belezas naturais e incentivar o turismo ecológico. Essa área ambiental ocupa aproximadamente 350 mil hectares, e engloba toda a bacia hidrográfica do Rio de Janeiro, desde a sua nascente, situada nas proximidades da Serra Geral, fronteira natural dos estados da Bahia e do Tocantins, até a sua confluência com o Rio Branco.

Novo conselho gestor da APA

O subsecretário Demósthenes Júnior será o representante da Sematur como membro titular no Conselho, tendo como seu suplente o técnico ambiental Ronaldo Ursulino. A Sematic será representada pela engenheira agrônoma Lucy Lopes Será e a suplente assessora técnica Manoela Araújo Maia.

As demais cadeiras do setor público serão ocupadas pela Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura do município de Luís Eduardo Magalhães. O poder público estadual ficará a cargo do Inema, Embasa, CAR, UNEB e Bahiater, e o IFBA representará a esfera federal. Os demais conselheiros serão os empreendedores locais e a sociedade civil, também eleitos no processo eleitoral.

Para o subsecretário da SEMATUR, o mais importante papel do Conselho Gestor é contribuir para a proteção da unidade de conservação, acompanhando e opinando sobre seu funcionamento.  “O Conselho Gestor tem o papel de acompanhar a elaboração do plano de manejo da APA, compatibilizar e aperfeiçoar os interesses dos diversos segmentos sociais, e além disso se manifestar sobre obra ou atividade potencialmente causadora de impacto na unidade de conservação”, ressaltou Demósthenes.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: