Skip to content

Juiz do Trabalho lamenta “molecagem” das novas leis trabalhistas

24/04/2017

O magistrado Andre Machado, juiz da 6a. Região e membro da Amatra – Associação dos Magistrados do Trabalho, tem uma opinião bem clara sobre a terceirização e outras alterações das relações trabalhistas:

“Acabei de ler o Substitutivo ao PL 6.787/16 que trata da reforma trabalhista.

Se pudesse resumir o que está acontecendo, eu diria que o direito do trabalho, como direito tutelar, deixará de existir. Se a natureza tutelar deixa de existir, o próprio direito do trabalho perde o sentido.

Todas as propostas foram elaboradas claramente com o intuito de defender os interesses do capital. Não se trata apenas de uma “molecagem” com o direito do trabalho, como pontuou de forma espirituosa um valoroso colega magistrado, nosso amigo aqui no Facebook.

Trata-se da aplicação do aspecto mais perverso do neoliberalismo que é a redução do trabalhador a um ser isolado, numa luta infindável pela sobrevivência, de todos contra todos.

Se a classe que vive do trabalho tivesse a noção do que está para acontecer essa greve geral do dia 28 seria por tempo indeterminado.”

 

16 Comentários leave one →
  1. lara permalink
    25/04/2017 19:23

    o juiz deixa claro que entende que não se trata de apenas uma molecagem e o jornalista faz esse título? poxa, o “jornalista” tem que ler e interpretar o que está escrevendo para não criar uma matéria e título contraditórios e de tão baixa qualidade.

  2. Moabe marques permalink
    26/04/2017 7:40

    Acho que este texto mostra-se parcial, e o jornalismo não precisa disto.

    Nota da Redação:
    Pelo jeito tosco, vc, meu caro leitor, entende tanto de jornalismo como eu entendo de nanotecnologia.

  3. Ricardo Stoicovick permalink
    26/04/2017 9:55

    Não é porque ele é um juiz que tenha razão, discordo completamente do seu posicionamento com relação as mudanças, acho que ele precisa ler mais, muito vaga sua resposta. Será que o trabalhador ainda gostaria de dar UM DIA POR ANO de seu salário suado para sindicatos? com a nova lei essa contribuição passa a ser opcional.
    Será que alguns trabalhadores não gostariam de ter férias divididas em 3 parcelas por ano? com a nova lei esta opção pode ser negociada CASO O TRABALHADOR QUEIRA ( quem trabalha longe da família sabe como é importante ir em casa 3 vezes por ano)
    Quem trabalha terceirizado hoje, muitas vezes, não tem direito nem de usar o banheiro ou a enfermaria das empresas contratantes, com a nova lei, funcionários terceirizados tem os mesmos direitos que os fixos, apenas fazem parte de um agencia que, por força da lei, precisa garantir todos os diretos fundamentais, além de muitas outros pontos favoráveis.
    Se lerem com atenção o projeto verão como as mudanças beneficiam a classe trabalhadora, o problema e essa cegueira politica que a esquerda tenta a todo custo enfiar goela abaixo de um povo. Uma dica, desamarrem as correntes que te cercam, tentem ver o mundo de fora desta caixa que os aprisiona, o mundo aqui fora vai te dar oportunidade se você realmente quiser

  4. Jason permalink
    26/04/2017 10:59

    Ricardo Stoicovick acho que vc não sabe mas, o terceirizado continua sem direito a usar nada na empresa contratante.Refeitório,banheiros ,áreas de descanso intrajornadas, o uso desses fica a critério da empresa contratante querer ou não disponibilizá-los.

    • Ricardo Stoicovick permalink
      26/04/2017 14:24

      Jason, copiei e colei fielmente o texto.

      O relatório cria uma quarentena, na qual o empregador não poderá demitir o trabalhador efetivo e recontratá-lo como terceirizado em menos de 18 meses. Além disso, o terceirizado terá que ter as mesmas condições de trabalho dos efetivos da empresa, como uso de ambulatório, alimentação e segurança.

  5. Kátia Motta permalink
    26/04/2017 19:25

    Ricardo Stoicovick deve ser empresário.

    • Valquiria permalink
      28/04/2017 14:53

      Deve ser mesmo. Apoiar a escravização do século XXI, só sendo.

  6. José Cunha permalink
    26/04/2017 22:45

    Se for empresário, com certeza empreende, toma crédito, dá empregos. Só quem tem uma empresa pra saber o quanto é difícil.

  7. Caroline permalink
    27/04/2017 1:10

    Quem Defende essa Covardia e crueldade que é essa reforma trabalhista concerteza são empresários , ricos e milionários . Nenhuma pessoa dá classe Trabalhadora vai apoiar mas esses moralistas sem moral Citados e Investigados. Mudarem as leis que foram anos e anos de luta para conseguirmos. Daí vem esses urubus destruir tudo . Tristeza que dá na gente .

    • Lisandri Paixao permalink
      28/04/2017 0:59

      Quanta sandice. Vai procurar se informar melhor sobre as mudanças propostas,
      para ter um melhor censo crítico.

  8. Ricardo Stoicovick permalink
    28/04/2017 11:38

    Sou trabalhador, trabalho com carteira registrada, estudei com dificuldade e nunca dependi de governo, seja de direita ou de esquerda. De uma coisa eu não abro mão! Da minha liberdade de pensamento, sei que a reforma trabalhista não afeta os direitos dos trabalhadores, aposto meu emprego que conquistei com muito suor se alguém postar onde esta reforma afeta a constituição, se querem continuar dando dinheiro a sindicatos que não representam ninguém, vão em frente. Sinceramente me da pena ver tantas pessoas sendo manipuladas como no dia de hoje! Hoje, 28/04/17, é um dia triste para a nação!

  9. Valquiria permalink
    28/04/2017 14:55

    Pra apoiar a ” escravização do século XXI”, só sendo empresário ou trabalhador muito mal informado.

  10. 28/04/2017 17:18

    Alguém tem o artigo original ou entrevista do Juiz André Machado sobre este tema? Só encontro réplicas do Facebook…

  11. Ricardo Stoicovick permalink
    29/04/2017 9:41

    Muito bem então! sejamos lúcidos aqui, vamos deixar as acusações e tendencias partidárias de lado, proponho um desafio, um debate em auto nível, sem gritos de ” É Golpe!”, ” Escravização do século XXI” mostrem 1 ponto sequer na lei trabalhista que altera a constituição ou que prejudica os trabalhadores, se lerem minhas postagens verão que apontei 3 situações que beneficiam a classe trabalhadora. Valquíria, se você quer continua dando seu dinheiro para sindicatos, fique a vontade, aliás, acho que você nem trabalha, ou trabalha em alguma secretaria, tenho certeza que você recebe uma boquinha do governo e está morrendo de medo de ter que trabalhar.

Trackbacks

  1. Reforma trabalhista é “molecagem” e vai isolar o trabalhador, alerta juiz - Siempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: