Skip to content

Kenni Henke cobra a Prefeitura sobre Saúde e identificação de carros locados

11/04/2017

O vereado Kenni Henke foi entrevistado ontem pelo radialista Sigi Vilares:

Por uma hora o entrevistado falou sobre vários assuntos de interesses da população, entre eles o novo PDU (Plano Diretor Urbano),  fez uma avaliação dos 100 dias de governo de Oziel Oliveira e falou sobre a ‘quinta-feira dos milagres’ (dia que o prefeito recebe a população na prefeitura).

“Nada contra, mas acredito que se você quer dar uma vida digna à população de uma cidade que entra mais de um milhão por dia – como foi dito nas campanhas – precisa de fila para ter atendimento? Precisa fila para cirurgia? Precisa fila para passar a mão pra ter um carimbo? Eu não concordo e é a minha opinião, mais sei que tem gente que gosta, que continue. Falei no plenário da câmara e não volto atrás, política se faz com gestão, se faz dando condições para o secretário trabalhar, ter tinta na caneta”, disse o vereador que acrescentou: “Uma coisa eu concordava com Humberto Santa Cruz ele dava autonomia para o seu secretariado fazendo certo ou errado eles faziam. Não havia fila para pedir cirurgia, a saúde dele era boa e funcionava automaticamente”.


Kenny Henke

O vereador ainda fez ainda uma avaliação dos 100 dias do mandato do prefeito Oziel Oliveira à frente da prefeitura.  Kenny Henke disse que vai esperar. “Estou esperando o relatório da herança maldita que o prefeito tanta fala e do rombo que ainda não foi divulgado”, disse ele.

O vereador também falou do projeto de lei que está levando para apreciação do plenário onde obriga o executivo a colocar em todos os veículos que prestam serviços para o município a logomarca da prefeitura. “Assim sabermos quais veículos são da prefeitura e assim evitar que máquinas façam serviços particulares. Vamos evitar também a utilização por parte de funcionários ou terceiros de circularem com veículos da prefeitura e ainda utilizando combustível do município. O veículo, mesmo sendo locado, tem que ficar no pátio da prefeitura nos finais de semana e da cada expediente”, finalizou Kenny.

Quando vejo todos os municípios da Região trabalhando firme no combate ao aedes aegypti, na prevenção de doenças graves como a zika, a dengue e a chichungunya, fico deveras preocupado com oque pode acontecer na Saúde de Luís Eduardo Magalhães.

Werther Brandão, o antigo secretário, e Humberto Santa Cruz, então prefeito, também hesitaram um pouco em buscar recursos como o fumigador fornecido pelo Estado. Só um terceiro carro chegou a Luís Eduardo, depois de dois quebrarem na estrada. 

Aconteceu então uma explosão de demanda no Sistema de Saúde, levando-o à beira de um colapso. Os esforços da gestão da Saúde tiveram que ser multiplicados para atender tanta gente. A UPA chegou a atender 650 clientes em um único dia.

É de se temer que, se Oziel Oliveira não está fazendo um esforço extra,  aconteça o mesmo fenômeno multiplicado pelas chuvas de março.

Em ruas do bairro Mimoso, próximas à rua São Francisco, caminhões retiravam entulhos de terrenos baldios. Já é um começo. Mas a formação de grandes equipes de agentes de endemias para visitar as casas e estabelecimentos comerciais é uma ação em que não deve haver hesitação.

One Comment leave one →
  1. JOSE SILVA permalink
    11/04/2017 19:27

    ESSE É MEU VEREADOR JOGANDO DURO!!

    QUERIA VER ESSE RELATORIO DA HERANCA MALDITA ATE HOJE NADA

    BORA TRABALHAR OZIEL QUEM COME PILHA É ROBO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: