Skip to content

Comemore! A raça de jornalistas está em extinção.

07/04/2017

Escribas judeus antigos. Em extinção, como os jornalistas.

Hoje, dia 7 de abril, comemora-se o Dia do Jornalista. A profissão já deve estar inclusa em qualquer indicativo  social do País como extinta. Passou para a história. Por obra e graça do ministro Gilmar Mendes, a regulamentação da profissão, que só contemplava formados em faculdades reconhecidas pelo MEC, foi extinta junto com a famigerada Lei de Segurança Nacional.

De profissionais reconhecidos, com registro no Ministério do Trabalho, os jornalistas caíram no vácuo do artesanato, substituídos aos magotes por audaciosos blogueiros e amadores de qualquer calibre, que hoje se constituem na famosa “imprença”.

Ao par de não ter reconhecida a profissão, nenhum pai jornalista hoje recomenda a profissão aos filhos. Apenas alguns órgãos governamentais ainda exigem o diploma para contratar jornalistas. 

Agora só falta extinguir a data festiva, 07 de abril, ou a transferir para o dia 1º de abril, dia mundial da mentira e do faz de conta.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: