Skip to content

Um dia depois de amanhã: o futuro próximo do País em jogo.

02/04/2017

No jogo entre os nefastos da direita, do capital e dos interesses estrangeiros, a briga já é cruenta.

Aécio, Alckmin e Serra parecem estar fora da liça, depois de robustas denuncias de corrupção.

Sobra Dória e um incerto Bolsonaro, que faz continência a Moro, mas não recebe um cumprimento em troca.

Na oposição, Ciro se coloca na primeira reserva, afirmando que se Lula concorrer, desiste da candidatura.

Ainda temos a incógnita Marina Silva, que certamente não repetirá os 20 milhões de votos das duas últimas campanhas para a Presidência.

Agora,  ela está comprometida com a delação do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, que está pronto a dissecar o assunto Caixa 2 na campanha de Marina. Léo afirma que Guilherme Leal, um dos donos da Natura e vice de Marina na campanha de 2014, insistiu na propina.

O pior disso tudo é que não existe nenhum registro de doação da OAS no Tribunal Superior Eleitoral. Isso significa que Santa Marina do Acre também deve ser julgada por fraude eleitoral.

O Brasil da democracia não conhece, no entanto, o Brasil dos conflitos, dos golpes e da luta popular generalizada. Um perigo iminente.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: