Skip to content

Secretaria de Saúde se mobiliza na luta contra a tuberculose em Barreiras

22/03/2017
 
A ação contra a Tuberculose realizada pelos profissionais da Vigilância Epidemiológica – VIEP e Atenção Básica, teve inicio hoje, 22, na unidade de saúde Dona Crispiniana Ferreira de Souza, na Morada da Lua de Cima e vai até amanhã, 23. O objetivo dessa mobilização é alertar e conscientizar as comunidades através de palestras, orientações de prevenção, identificação de possíveis fontes de infecção através da investigação de novos casos de tuberculose, diagnósticos precoces e tratamento adequado da doença.
O Dia Mundial de Combate a Tuberculose será na próxima sexta-feira, 24. A doença que é transmitida através da bactéria (Bacilo de Kock), pode ser transmitida ao falar, espirrar ou tossir, onde pequenas gotas de saliva que contêm o agente infectado podem ser aspiradas.Os principais sintomas da doença são: tosse seca por mais de uma semana, fraqueza, falta de apetite, emagrecimento acentuado, febre baixa geralmente à tarde e cansaço.Calcula-se que durante um ano, numa comunidade, um indivíduo infeccionado poderá infectar, em média, de 10 a 15 pessoas. A vacina BCG protege as formas graves da tuberculose, sendo indicada para crianças de 0 a 4 anos de idade.
Conforme dados da VIEP Barreiras, a Tuberculose é uma doença social e continua sendo uma das doenças mais mortais, estima-se que mais de dois bilhões de pessoas estão infectadas. Em 2016, foram registrados 47 casos em Barreiras, e atualmente cerca de 20 pacientes estão em tratamento pelo Programa de Combate a Tuberculose na Unidade de Saúde Leonídia Ayres.
O Secretário Municipal de Saúde reforça a importância dessa semana para o diagnóstico e tratamento, “temos o Programa de Combate a Tuberculose que acontece diariamente em todas as unidades de saúde, e os casos mais graves são encaminhados ao Leonídia Ayres. Essas palestras e panfletagens darão maior visibilidade aos problemas causados por essa doença e conscientizará a sociedade sobre a prevenção e o tratamento”, disse Tiê Araújo.
A tuberculose tem cura e o tratamento é oferecido gratuitamente pelo município durante todo ano.
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: