Skip to content

PMDB e DEM já pensam na hipótese de apoiar Otto Alencar em 2018

20/02/2017
Político experiente, Otto não deve escorregar nas cascas de banana da oposição

Político experiente, Otto não deve escorregar nas cascas de banana da oposição

Tudo não deve passar de uma jogada rasteira para implodir a aliança de Rui, Otto e Leão. O baixinho ACM não abre mão da sua candidatura nem se o grande meteoro atingir a terra mas sobrar um pedaço da Bahia.

O vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (PMDB) voltou a comentar a possibilidade de apoiar uma eventual candidatura do senador Otto Alencar (PSD), em caso de o prefeito ACM Neto (DEM) não participar da disputa pelo governo do estado em 2018.

Dessa vez, mais ponderado, ele confirmou a chance de proximidade com o pessedista, mas negou que tenha iniciado tratativas nesse sentido. “Eu digo sempre que na política há hora de paquerar, hora de namorar e hora de casar, nem sequer as paqueras começaram ainda”, declarou em entrevista ao Bocão News, no Fuzuê deste sábado (18), na Barra.

Apesar da negativa, Reis diz que o deputado Angelo Coronel (PSD) só foi eleito presidente da Assembleia Legislativa da Bahia graças aos votos da bancada de oposição.

Cortejado à distância, Otto recentemente deu declarações de reforço à aliança que tem com o governador Rui Costa (T). “Essas juras de amor são normais nesse período da política, vamos ver em abril do ano que vem […] mas existem várias queixas sobre a condução política do governo. Casamento tem o dia que termina. Mas por enquanto está casado, então continua casado”, insistiu o vice-prefeito.

Ao inflar o nome de Otto, Reis, em certa medida, trabalha a estratégia de enfraquecer por dentro a base de sustentação de Rui, sob o frágil argumento de que o senador anseia pelo Palácio de Ondina para selar seu portifólio na vida pública.

“Estou aqui de fora analisando a conjuntura. Quem está há muito tempo na política tem naturalmente essa pretensão”, ventilou.

Além das demandas no município, Reis fala como representante da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia ao avaliar a novata gestão do correligionário de Otto Alencar.

“Angelo Coronel até então tem correspondido às expectativas da oposição. Enquanto ele corresponder, e eu acho que vai corresponder, nós daremos todo apoio e respaldo a ele.”

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: