Skip to content

O homem aposta contra a sua sobrevivência na Terra.

14/02/2017
Crustáceos de águas profundas, base de uma grande cadeia alimentar.

Crustáceos de águas profundas, base de uma grande cadeia alimentar.

Cientistas descobriram mais uma prova que o gênero humano está com seus dias contados sobre a terra: crustáceos de duas enormes fossas do Pacífico, a das Marianas, a mais profunda conhecida (cerca de 11 km), perto da ilha de Guam, e a fossa de Kermadec (mais de 10 km), ao Norte da Nova Zelândia estão com alto nível de contaminação por PCBs – Bifenilos policlorados ou organoclorados, conhecidos pela marca comercial, no Brasil, Ascarel.

Os venenos tiveram sua fabricação proibida há 40 anos, mas entre os anos 1930 e 1970 foram produzidas 1,3 milhão de toneladas de PCB no mundo. Desde então, em torno de 35% acabaram chegando ao oceano e aos sedimentos terrestres.
Segundo a Wikipédia, o efeito mais comum de exposição aos PCBs é o cloroacne, uma escamação dolorosa que desfigura a pele, semelhante a acne. Essas substâncias quando dentro do organismo dos seres vivos são transportados pela corrente sanguínea até aos músculos e fígado. E por serem extremamente lipofílicos, tendem a acumular-se nos tecidos adiposos viscerais onde, estimulando as enzimas hepáticas, causam alterações na função do fígado. Nos seres humanos além do cloroacne, são observados os seguintes efeitos: hiperpigmentação, problemas oculares, elevação do índice de mortalidade por cancro do fígado e vesícula biliar, dores abdominais, tosse crónica, irregularidade menstrual, fadiga, dor de cabeça e nascimentos prematuros com deformações.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: