Skip to content

Agricultor já começa a se preocupar com o tempo encoberto

13/02/2017

fotos-da-lavoura-438

A produção de soja, que tomou um forte alento na região do Matopiba depois do início de temporada com pouca chuva, agora, com tempo fechado, começa a se preocupar com a falta de luminosidade e aparecimento de doenças fúngicas.

Em áreas onde a cobertura de palhada sobre o solo é pouca, a chuva, com pingos fortes, joga terra para as folhas baixeiras, levando junto os patógenos do solo.

Enfermidades como ferrugem, mofo branco, mancha marrom, mancha púrpura da semente e bacteriose foliar podem aparecer de maneira isolada e em baixa intensidade. Também é preciso ficar alerta para aparecimento do Fusarium spp, causando morte súbita de folhas.

No milho, já praticamente em fim de ciclo, podem aparecer  bacteriose foliar, ferrugem e mancha foliar.

No final de fevereiro a grande maioria da soja deverá estar em fase de florescimento, canivete e enchimento do grão, fase crítica da produtividade.

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: