Skip to content

Embraer pode ter frustrada grande carteira de pedidos da nova linha E2

26/11/2016

embraer-e2-700x468

Os pilotos da segunda maior companhia aérea dos Estados Unidos, a Delta, poderão decidir o futuro da fabricante brasileira de aviões, a EMBRAER.

Acontece que o sindicato da classe, que abrange os pilotos das aéreas regionais American, Delta e United, firmou posição para a assinatura de novos contratos de trabalho com base na chamada cláusula de alcance, que limita o peso (88 mil libras) e o número de assentos de aeronaves (76) que servem as linhas aéreas regionais dos Estados Unidos.

Isso contraria frontalmente a decisão da Embraer no lançamento de sua nova linha, com os modelos E175-E2, E190-E2 e E195-E2.

Só a SkyWest, empresa que opera voos regionais para a Delta, tem 100 encomendas firmes do novo E175-E2.

Atualmente a Embraer domina 84% do mercado de 70 lugares com seu E175 e afirma que continuará a vende-los caso seja implantada a cláusula de alcance dos sindicatos norte-americanos.

As primeiras aeronaves  da classe E2 serão entregues em 2018 e, no layout padrão de classe única, podem levar de 88 a 132 passageiros. Algumas companhias aéreas já fizeram seus pedidos; por aqui, a Azul assinou uma carta de intenções para comprar até 50 aviões Embraer E195-E2. Com informações da Reuters e do site da EMBRAER.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: